$$$$

Seguidores

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

PMMG estuda mudança de modelo de farda



Os alunos do terceiro e quarto períodos do curso de design de moda do Centro universitário Una foram convidados para criar o novo uniforme da PMMG. Os futuros estilistas vão acompanhar e desenvolver todo o processo, desde a pesquisa, escolha do tecido, contrato com indústrias têxteis, negociação, até a entrega do material.
De acordo com a coordenadora do curso, Renata Abreu Gomes Lunkes, a grande dificuldade do projeto é encontrar o tecido certo: com menos poliéster e mais algodão, que proporcione mais flexibilidade e menos calor.
Os alunos irão desenvolver o desenho do colete a prova de balas, uniforme de gala e a farda operacional de mais de 35 mil militares.
As propostas e croquis foram apresentados à PMMG no final do primeiro semestre deste ano e os uniformes poderão ser entregues no fim do ano.
fonte:Blog Bocadesapo

6 comentários:

Anônimo disse...

A PENAS UMA SUGESTAO.PODERIA MUDAR O TECIDO DA GANDOLA. PODERIA SER CAKI MAIS FINO DE COR CLARO.A POLICIA AMBIENTAL.PODERIA SER O UNIFORME VERDE CAMUFLADO.O UNIFORME SOCIAL A CAMISA PODERIA SER DA COR BEGE.A BONIA PODERIA SER AZUL MARINHO ESCURO.ou bone.o uso do cinto modelo robocope.

Anônimo disse...

nA REALIDADE PODERIA ERA SER TUDO ROSA CHOQUE!

Anônimo disse...

Sim é hora de se pensar em algo mais confortável e personalisado já que a cada dia aparece um com a nossa farda, ou é um vigilante com uma farda igual ao GATE,BOPE, ou até mesmo empresas de vigilância usando coletes identicos ao da gloriosa, sugiro que seja criado um distintivo personalizado como é lá fora que é fornecido quando o policial forma com número inclusive provando a autenticidade do uniforme!!

dodge4 disse...

DEVEMOS COPIAR O QUE É BOM RECENTEMENTE A PM GOIÁS MUDOU DE FARDA DA UMA OLHADA."SUGESTÃO" TECIDO ALGODÃO E ACOCHOADO GANDOLA SOBRE O CINTO.

Anônimo disse...

Já passsou da hora de mudar a cor dessa camiseta, de branca para caqui, da cor da foarda.
Assim, evitaria-se o problema de aparecer sujo de sangue (quando se veste após um eventual corte ao barbear), suja de terra, ou mesmo oleosidade, oriunda da transpiração. a farda da Policia Ambiental deveria ser camuflada, como a do COMAF, a exemplo das policias ambientais da maioria dos estados brasileiros.

Anônimo disse...

Com todo o respeito, com essa policial eu nem prestei atenção ao modelo da farda.