Seguidores

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Somente 8% dos presos no Brasil vão à escola, revela pesquisa


Estados não estão preparados para aplicar nova lei que diminui a pena de quem estuda na prisão

SÃO PAULO - Desde junho, os presos brasileiros têm direito a reduzir um dia da sua pena a cada três dias dedicados ao estudo. O objetivo é ajudar os detentos a conseguir emprego quando forem soltos e diminuir a reincidência, mas a medida corre risco de não sair do papel. Dos cerca de 500 mil presos no Brasil, apenas 8% estudam, segundo pesquisa. A demanda por ensino é muito maior - 64% dos presos não completaram o ensino fundamental - mas faltam recursos para levar as salas de aula para dentro dos presídios. Quem ganha com isso, segundo especialistas, é a escola do crime.

Bruno Lupion e Ricardo Chapola, do estadão.com.br

Continue lendo>>>

Nenhum comentário: