Seguidores

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Parada gay homenageia comandante de batalhão da PM

Tenente-coronel recebe honraria por dar apoio aos eventos LGBT em Madureira

Rio - A Parada Gay de Madureira surpreendeu ontem ao escolher um policial militar para homenagear. A honraria, que é novidade nos 11 anos do evento, foi concedida ao comandante do 9º BPM (Rocha Miranda), o tenente-coronel Cláudio dos Santos. O motivo é o apoio que ele sempre dá aos eventos LGBT do bairro.

A homenagem foi feita pela organizadora do evento, Loren Alexander, em cima do trio elétrico: “O comandante age de igual para igual sempre”. Santos foi efusivamente aplaudido pela multidão que tomou as ruas de Madureira. Fardado, o militar destacou em seu agradecimento que seu papel é garantir a segurança, independente do evento: “Os frequentadores da Parada podem contar com a Polícia Militar. Qualquer problema que tiverem em relação à segurança, não hesitem em chamar um de nós”. Santos recebeu a homenagem no único dos 10 trios elétricos em que não havia drag queens, dançarinos, jogo de luz e bolas coloridas.
O tema da festa era por um Rio de Janeiro sem preconceito. E preconceito era o que não se via. Para Adriana Barbosa, 25 anos, a Parada é fundamental para mostrar o apoio dos heterossexuais à causa: “Venho com a minha família todo o ano para lutar contra a homofobia”.

Em maio, o governador Sérgio Cabral avisou que militares homossexuais do estado poderiam desfilar fardados na Parada Gay, o que não se viu em Madureira. Dia 9 de outubro, o mesmo evento acontece na orla de Copacabana.

ODIA

Um comentário:

Anônimo disse...

ELE TEM É MAIS QUE AGRADAR O GOVERNADOR QUE SAIU NA PARADA GAY REBOLANDO PRA TODOS VEREM.NOTA ZERO!!!"