Seguidores

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Cid Gomes garante que vai se reunir com policiais civis do Ceará em greve

Governador Cid Gomes e o secretário de segurança pública do Ceará conversaram com policiais civis em greve após inauguração de delegacia nesta segunda-feira (17) (Foto: Elias Bruno/ G1)Governador Cid Gomes e o secretário de segurança pública do Ceará conversaram com policiais civis em greve após inauguração de delegacia nesta segunda-feira (17) (Foto: Elias Bruno/ G1)
Em conversa com representantes do sindicato dos policiais civis do Ceará (Sinpoci) na noite desta segunda-feira (17), o governador Cid Gomes (PSB) garantiu à categoria que irá recebê-los para uma reunião de negociações. “Marquem uma reunião com o coronel Bezerra (referindo-se ao secretário de segurança pública) que eu prometo que recebo”, afirmou Cid Gomes durante conversa com os policiais. O encontro ocorreu após a inauguração da nova delegacia da Polícia Civil no município de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza.
Após discursar, o governador foi, acompanhado do secretário de segurança, Coronel Francisco Bezerra, ao encontro dos policiais civis em greve, com quem conversou sobre as reivindicações da categoria. Foi solicitada ainda a realização de concurso público para inspetores. A questão foi também garantida pelo secretário de segurança pública, que assegurou a divulgação do edital até dezembro deste ano.
Os grevistas não se manifestaram durante a cerimônia de entrega do novo prédio, mas permaneceram apenas com uma faixa de protesto levantada. “Nosso manifesto é calado porque o governador também ficou em silêncio e não nos recebeu durante os 72 dias de suspensão da greve”, disse a presidente do Sinpoci, Inês Romero. A presidente alegou ainda que a categoria suspendeu a paralisação a pedido do governador que interveio no Ministério Público, mas ainda não recebeu uma proposta concreta do governo.
Grevistas não se manifestaram durante discurso do governador, mas permaneceram com uma faixa de protesto levantada (Foto: Elias Bruno/ G1)Grevistas não se manifestaram durante discurso do governador, mas permaneceram com uma faixa de protesto levantada (Foto: Elias Bruno/ G1)
Reivindicações
Os policiais civis do Estado do Ceará decidiram em assembleia na sexta-feira (14) retomar a greve, suspensa em 3 de outubro. Os sindicalistas exigem que o salário de um policial seja o equivalente a 60% do salário de delegado. Atualmente, o salário do policial representa 30% do salário de um delegado. O Governo do Estado argumenta que a reivindicação exigida é “impraticável”, já que o aumento seria de 100%. Representantes do governo defenderam em reunião na quinta-feira (13) que a reestruturação exigida pela categoria só pode ser realizada em 2012.
“Nos receba também, governador”
Um dos momento tensos da conversa foi quando Cid disse que já havia dado aumento para a categoria, afirmação que foi recebida com a indagação “que aumento, governador?” por parte dos manifestantes. A assessoria do Sinpoci esclareceu ao G1 que o aumento ao qual se referia Cid era o dos delegados e não dos policiais.
Elias BrunoDo G1 CE

Nenhum comentário: