Seguidores

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

PM RJ: Redução nos tempos de promoção e Soldados podem chegar a Sub-Tenente em 25 anos de serviço

O governador Sérgio Cabral assinou decreto reduzindo os tempos para a promoção dos praças e suboficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. A medida vai beneficiar de imediato 17.829 militares das duas corporações que poderão antecipar suas promoções em até cinco anos. A partir de agora, um soldado poderá chegar a subtenente em 25 anos. Antes, esse prazo era de 30 anos. O decreto está publicado na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, 11 de janeiro.Continue lendo no Jornal do Brasil:>>>>>>>>>>>>>
Jornal ODIA

Arte: O Dia
Arte: O Dia
Com a mudança, um soldado poderá chegar a subtenente em 25 anos — a exigência anterior era de 30 anos. Os soldados que forem elevados a cabo receberão 19,4% de reajuste, por exemplo. Segundo a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) , o aumento vai incidir também sobre triênios e gratificações. A mudança na progressão dos militares vai representar adicional de R$ 75,5 milhões por ano no orçamento do Estado do Rio.
Para adquirir direito ao benefício, militares têm que ter, no mínimo, comportamento “bom”. O novo soldo será proporcional aos 20 dias trabalhados neste mês — ou seja, do dia 11 em diante, vale o novo patamar. Caberá à corporação instituir o procedimento para regulamentar a elevação do posto do militar — segundo critérios individuais de merecimento, vida funcional e outros parâmetros.


A Seplag explicou, em nota, que, na prática, o tempo máximo de serviço efetivo prestado para que um soldado seja promovido a cabo passará de oito para seis anos; cabo para 3º sargento, será de 15 para 12 anos; 3º sargento para 2º sargento, de 20 para 16 anos; 2º sargento para 1º sargento, de 25 para 20 anos; e 1º sargento para subtenente, de 30 para 25 anos. 

Concurso interno
O comandante-geral dos Bombeiros, Sérgio Simões, determinou ontem a composição de um grupo de trabalho para rever o intervalo da promoção por mérito, conquistada nos concursos internos.

Mais incentivos

Segundo Simões, aqueles que “lograrem êxito nos concursos internos terão ampla perspectiva de ascensão ao oficialato”. O comandante informou que há outras iniciativas em andamento.

Outros benefícios

Para o comandante geral da PM, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, a medida é importante para os militares porque implica também na conquista de outros benefícios. 

Cursos a distância

O coronel informou ainda que a PM inicia a partir de março o curso de confirmação de divisas para cerca de 10 mil cabos. Em junho, será o de aperfeiçoamento de sargentos, para 4 mil 2º sargentos.
Comentário do blog: Essa iniciativa do governador Sérgio Cabral é "belíssima"...mas, por quê não veio antes? Por quê não ouviu os Bombeiros cariocas até hoje? Por quê o anuncio dessas medidas coincidem com a possível paralisação da PM dia 10/02/12? Colegas da PM do RIO, não caiam nessa armadilha do CABRAL, mantenham-se unidos, principalmente com os Bombeiros, e usem os frutos dessa manifestação no dia 10/12, para reivindicar outros benefícios, tais como o aumento real, escalonado até 2014, (não o 1% por mês), regulamentação da jornada de trabalho em 40 horas, criação do Códico de Ética. O governador quer desmobilizar a tropa...pensem nisso...vejam como a gente é forte: apenas o burburinho na internet sobre a manifestação no dia 10/02 e o governador começou a ceder. É a força dos blogs. Mas, temos que sair do mundo virtual para o real.

Um comentário:

nilton robson pinto disse...

bom dia a todos,gostaria muito de saber como fica a situaçao dos companheiros que tiveram
sua carreira interrompida como a minha com 18 anos de serviço fui alvejado por tres meliantes que tentaram ceifar minha vida era terceiro sgt tinha toda uma carreira pela frente que fora freiada pelo ato.Será que seremos esquecidos por este governo o que fizemos pela corporaçao fora apagado.ficaremos excluidos do estatuto que vigora ate quando nao pedi para ser reformado,pelocomtrario se pudesse estaria nas ruas ate hoje,pois gosto do que fazia.assim como eu existem muitos.fui reformado em ato de serviço nao estava brincando nao tava na condiçao de policial militar que sou.por favor quando pensarem em qualquer exigencias lembrem-se tambem daqueles que deram o sangue por esta corporaçao.principalmente os que cumpriram fielmente com suas obrigaçoes obrigado.