Seguidores

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

GUARDA MUNICIPAL DE FORTALEZA PODE PARALISAR AS ATIVIDADES DIA 04/02


Clique para Ampliar
MARÍLIA CAMELO

Os servidores da Guarda Municipal e Defesa Civil reivindicam, principalmente, melhores condições de trabalho. A expectativa é de que, hoje, seja feita uma nova manifestação em outro Terminal de Integração
Servidores da Guarda Municipal, Frotinhas, Gonzaguinhas e da Usina de Asfalto dizem que podem parar

Os agentes da Guarda Municipal e Defesa Civil de Fortaleza paralisaram as suas atividades na manhã de ontem. Todo o efetivo que atua nos cinco Terminais de Integração da Capital se concentrou na Parangaba e obstruiu a entrada e saída dos ônibus. A expectativa é de que, hoje, seja feita uma nova manifestação em outro Terminal. O principal objetivo dos servidores é fazer com que a Prefeitura ofereça melhores condições de trabalho.

Após sair do Terminal, os guardas continuaram seus protestos na Avenida Gomes de Matos, onde fica o local de reabastecimento das viaturas do órgão. Depois da manifestação, os servidores retomaram as atividades.

Reivindicação

"Nossos equipamentos são sucateados, não temos porte de arma, além do salário e gratificação baixos", disse o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metropolitana de Fortaleza (Sindiguardas), Márcio Cruz.

O presidente do Sindiguardas explicou que, diariamente, a categoria enfrenta perigos e sem o porte de arma a situação fica mais complicada. "No último domingo, dois guardas foram agredidos por membros de uma torcida, pois estavam fazendo a proteção de um torcedor rival".

Márcio Cruz relatou outros problemas, como a falta de segurança e apoio nos hospitais, postos de saúde e sedes dos órgãos onde a Guarda Municipal atua.

Ele afirmou ainda que, no próximo sábado, será feita uma assembleia geral com a categoria para ser votada a possibilidade de greve. "Se as nossas reivindicações não forem atendidas, com certeza teremos greve geral", prevê.

A assessoria de imprensa da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informou que, durante a mobilização dos servidores da Guarda Municipal e Defesa Civil, no Terminal da Parangaba, agentes do órgão esquematizaram o embarque e desembarque dos passageiros na via para que assim ninguém fosse prejudicado. Continue lendo no Blog do Inspetor Gustavo:>>>>>>>>>

Um comentário:

edlane disse...

estou com voces apesar de nao ser guarda mais dou meu apoio.