Seguidores

quinta-feira, 22 de março de 2012

Sargento da PM é preso por criticar novo sistema de segurança adotado na Capital

Sargento da PM é preso em Palmas por criticar novo sistema de segurança adotado na Capital;

Domingos Pereira Machado foi preso em flagrante na última sexta-feira, 16, após criticar a nova metodologia adotada em distribuir viaturas policiais nas principais rotatórias de Palmas 

Thaís Ramalho

Especial para o CT

Está preso no 6º Batalhão de Polícia Militar de Palmas desde a última sexta, 16, o sargento Domingos Pereira Machado. Segundo o CT apurou, Machado teria sido preso em flagrante após criticar o novo sistema de segurança adotado na Capital, que distribui viaturas policiais nas principais rotatórias da cidade. De acordo com o presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Tocantins (Asspmeto), subtenente Marconi Pereira de Sousa, o sargento Machado teria apenas “convidado a população a refletir sobre o novo sistema de segurança adotado”.

Em entrevista ao CT na manhã desta quarta-feira, 21, Marconi disse que existe uma grande dificuldade no quadro efetivo policial no Estado, motivo da crítica proferida pelo sargento Machado. Segundo ele, o sargento foi punido de forma “equivocada” e “precipitada”.

“O Estado tem uma grande dificuldade do quadro efetivo policial. Talvez tenha sido este o motivo do sargento fazer a crítica com relação ano novo sistema de segurança adotado. Realmente as pessoas precisam refletir sobre o que está acontecendo e se isso é realmente necessário. A associação é contra essa nova metodologia e, principalmente, contra a prisão do sargento Machado enquanto existem problemas maiores a serem solucionados no nosso Estado”, argumentou Marconi, ressaltando ainda que já tramita um habeas corpus no Tribunal de Justiça do Tocantins e a Assessoria Jurídica está buscando meios para solucionar o caso.

Crise
Questionado sobre a situação de trabalho dos policiais militares que ficam nas rotatórias da cidade, o presidente da Asspmeto disse que, apesar do trabalho estar sendo executado, muitos policiais que já estão com idade avançada, reclamam de fortes dores nas costas e outros “estão adoecendo”. “Esse pessoal está trabalhando excessivamente, excedendo a escala de expediente. A quantidade de policial que chega doente na Junta Média é impressionante. Não concordamos nova metodologia adotada, está acima das condições de trabalho de um ser humano normal”, concluiu.

Nota
Em nota encaminha ao CT, o comando da PM informou que o sargento Domingos Pereira Machado foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (16), por volta das 8h40, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar – QCG - do Tocantins em Palmas, por crime militar. "Pesa contra o sargento os crimes previstos nos artigos 155, 160 e 166 do Código Penal Militar – crimes contra a autoridade e disciplina militar. O fato que levou à prisão do militar foi a divulgação de uma mensagem no “correio eletrônico interno”, a qual fazia críticas indevidas a atos e ações do Comando da Corporação", diz a nota. 

Segundo a nota da PM, após a divulgação indevida na rede de computadores interna do Quartel do Comando Geral, o sargento Machado recebeu voz de prisão do oficial Subcomandante do QCG, major Antonio Carlos da Silva Ferreira, e foi conduzido à Corregedoria da Polícia Militar para ser ouvido sobre o caso e feita realização dos trâmites legais da ação.

"Em seguida a família do policial militar foi informada da prisão, assim como a Associação dos Subtenentes e Sargentos da PMTO, da qual é membro. A Associação providenciou o advogado, doutor Marcos Vinicius Moreira, que está prestando a devida assistência jurídica ao acusado. O comando da PMTO enfatiza que toda a ação ocorreu dentro da legalidade e de acordo com o que prevê o Código penal Militar, a qual todos os policiais militares estão sujeitos. Tendo o acusado o direito a ampla defesa e ao contraditório como estabelece a constituição", diz a nota. 

Confira a íntegra da nota da PM.

"NOTA/PMTO

Nota 025, Palmas 21 de março de 2012 – Ascom/PMTO

A respeito da prisão do Policial militar sargento Machado, o Comando da Polícia Militar do Tocantins esclarece: Continue lendo no Blog do Adeilton

Nenhum comentário: