Seguidores

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Plano Nacional, aposta em tecnologia e mais policiamento para reduzir criminalidade

O governo federal lança nesta quarta-feira (27) um programa específico para tentar reduzir os índices "epidêmicos" de homicídios no país. O "Brasil Mais Seguro" será apresentado em Maceió pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Por ser o mais violento do país, o Estado de Alagoas será o piloto do novo plano, que aposta na maior participação do governo para reduzir a taxa anual de assassinatos no país, que hoje chega a 26,2 para cada 100 mil habitantes. Segundo o Ministério da Justiça, o “Brasil Mais Seguro” terá três eixos de atuação: a melhoria da investigação das mortes violentas (com investimento em tecnologia), o fortalecimento do policiamento ostensivo e comunitário e o controle de armas. As áreas de maiores índices de criminalidade serão, a partir de agora, monitoradas. Com o novo plano, que será apresentado com detalhes na manhã de hoje, foi elaborado após a análise de projetos e levando em conta as boas práticas de Estados que já conseguiram reduzir as taxas de violência. Segundo o ministério, Pernambuco --que lançou o Pacto pela Vida e reduziu em mais de 40% a taxa de homicídios no Recife--, Rio Grande do Sul e Minas Gerais contribuíram com boas experiências, que devem ser replicadas para os demais Estados do país. 


“Nenhum Estado brasileiro está no padrão adequado internacional em relação a homicídios, nós temos índices alarmantes. Alguns Estados um pouco menos, outros um pouco mais. Mas nenhum Estado atende uma faixa satisfatória em relação a essa questão. Então uma das nossas preocupações é exatamente desenvolver um programa que possa apoiar os Estados e dar uma política indutiva de ações que possam reduzir a violência”, explicou o ministro, em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, no início do mês, no projeto "Poder e Política", do UOL e da Folha. Como o UOL antecipou em março, a partir de agora o governo federal vai tomar a frente da execução das ações de combate à violência dos órgãos ligados à União, e não será mais apenas um “financiador” de projetos. “Nós, até agora, temos sido repassadores de recursos em segurança pública, repasse de equipamentos. Nós não podemos ser meros repassadores de recursos, temos que ter uma política parceira com os Estados a partir de uma realidade diagnosticada de índices que medem resultados, onde cada centavo aplicado pelo governo federal e pelo governo estadual possam ser medidas as consequências. Ou seja, não é apenas dar coletes, apenas dar viaturas, é você ter um plano”, explicou Cardozo. Alagoas piloto Para Alagoas, que vive uma grave crise na segurança pública, o Ministério da Justiça vai anunciar hoje um investimento de R$ 25 milhões para melhorias no sistema de Justiça, nas polícias Federal e Rodoviária Federal e para aquisição de equipamentos. Além disso, estão previstas capacitação e aperfeiçoamento da polícia técnica, além de instalação de bases fixas e móveis de videomonitoramento. Continue lendo Blog do CABO JEOÁS

Um comentário:

Anônimo disse...

NÓS ESPOSAS,FILHAS,FILHOS,PARENTES E AMIGOS DOS TRÊS PILARES PRIMORDIAIS NO RIO DE JANEIRO,SAÚDE,EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PÚBLICA,QUE VIVEM NOS TEMPOS DE HOJE SEUS NOMES INVERTIDOS(DESSAÚDE,DESEDUCAÇÃO E DESSEGURANÇA PÚBLICA),NÃO VOTAREMOS NOS SEGUINTES PARTIDOS PT,PMDB E PSDB,POIS ESTAMOS CANSADAS DE ENGOLIR SAPOS E FICARMOS CALADAS,VENDO TODOS NOSSOS PARENTES E ESPOSOS SEJAM DA SAÚDE,DA EDUCAÇÃO OU DA SEGURANÇA PÚBLICA SEREM LITERALMENTE HUMILHADOS POR O GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO SÉRGIO CABRAL E SEUS FECHAMENTOS E VENDO HOJE O PT SE ALIANDO,UM DIA FOI PARTIDO DE ESQUERDA,PORÉM VIVENDO ATUALMENTE O INTERESSE PRÓPRIO,CANSAMOS E DAMOS A VOCÊ BLOG DO ANASTÁCIO A POSIÇÃO A NÍVEL BRASIL COMO VAI SER DAQUI PARA FRENTE NAS ELEIÇÕES,POIS CANSAMOS DE VERMOS PARENTES MORRENDO NAS PORTAS DOS HOSPITAIS,AS CRIANÇAS SEM NÍVEL ESCOLAR,E A SEGURANÇA PÚBLICA UMA VERDADEIRA VERGONHA!!!ELEIÇÕES 2012!!!VOTO DA DEMOCRACIA DE VERDADE!!!POIS CANSAMOS DE SERMOS ENGANADOS E VIVERMOS UMA DITADURA EM PLENO SÉCULO XXI,NA PMERJ E NO CBMERJ NOSSOS MARIDOS VIVENDO UMA VERDADEIRA ESCRAVIDÃO ONDE ESTÃO ESPALHANDO CÂMERAS EM TODAS AS UNIDADES SEJA PMERJ OU CBMERJ,NOSSOS MARIDOS ESTÃO ACUADOS.