Seguidores

terça-feira, 10 de julho de 2012

POLICIAIS MILITARES DO RIO, REQUEREM HORA EXTRA DA ESCALA 24 X 48

As reclamações dos Policiais Militares contra o RAS (serviço extra remunerado, não voluntário) é o tema do momento em todos os quartéis e na internet. Os problemas são tantos que eu cheguei a sugerir em artigo anterior que o comando da PMERJ puxasse o freio de mão, fizesse um diagnóstico das causas de tantas reclamações e, sobretudo, transformasse o projeto em voluntariado. 
Paralelamente, com a implantação das horas extras remuneradas, começou-se a discutir no seio da tropa que as horas extras decorrentes da escala 24 x 48 horas também mereceiam uma remuneração, algo que considero justíssimo.
Nessa direção, Policiais Militares do Interior deram início ao protocolo de requerimentos solicitando o pagamento dessas horas extras, conforme o modelo abaixo. Continue lendo no BLOG DO CORONEL PAÚL

Um comentário:

Anônimo disse...

sei que é muito legal termos uma cidade
bem policiada no carnaval, todos gostamos.
porém para isso, acontecem certas
arbitrariedades que não vemos. meu pai
por exemplo é do 14° batalhão em bangu
no rio de janeiro ele trabalharia dois dias
de carnaval em sua escala normal os outros
dois ficaria com a família, mais foi obrigado
a tirar serviço extra sem direito de
reclamar ,ficando assim apenas um dia em
casa diferente de qualquer outro trabalho
que respeitam as horas semanais e outros
direitos do trabalhador a pm com seu
militarismo, faz oque quer com seus
homens.