Seguidores

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Policial rodoviário federal é baleado em abordagem da PM


O agente da PRF estava no carro com a namorada quando foi atingido pelos disparos de militares às margens da BR-262

Luana Cruz/em.com.br

Um policial rodoviário federal foi baleado na cabeça durante um abordagem da Polícia Militar (PM) em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O agente ferido estava de folga com a namorada em seu carro particular. A bala passou de raspão pelo ombro e atingiu a cabeça ficando alojada no crânio sem atingir o cérebro. 

Na madrugada desta quinta-feira, a PM fazia um rastreamento pela BR-262 em busca de um BMW que havia sido roubado em uma casa da cidade. Na altura do Bairro Residencial 2.000, os militares viram dois carros estacionados em uma estrada vicinal às marges da rodovia. A PM cercou os dois veículos, um Audi A4 e um Fiat Siena. 

Os militares disseram que ouviram dois disparos e revidaram os tiros na direção do Audi. Dentro do carro estava o policial rodoviário José Alano Leal da Silva, 50, e a companheira. Ele foi atingido por um único tiro que passou pelo ombro e acertou a cabeça sendo socorrido para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM). O agente passa bem e já esta conversando com familiares. 

Segundo a PM, o Siena estava parado na frente do Audi e foram vistos dois homens fugindo para o matagal. No entanto, na versão da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o casal estava sozinho, sendo que o Audi pertencia ao policial e o Siena era da namorada. 

Na versão as duas corporações não houve troca de tiros e José Alano não estava armado. Os sete PMs envolvidos na ocorrência estão detidos no 4º Batalhão da PM em Uberaba para prestar esclarecimentos e depois serão liberados. As armas usada na operação foram recolhidas. 

Conforme a PM, ainda não foi possível identificar a autoria dos disparo que atingiu José Alano porque os miliares efetuaram vários tiros na direção do Audi. O carro está coberto de marcas de tiros, conforme informou a PRF.

Nenhum comentário: