$$$$

Seguidores

sábado, 30 de março de 2013

Coronel Telhada: Vocês querem saber quantos eu matei? E quantos tiros eu tomei?


Ao coronel são imputadas 36 mortes durante o período em que atuou no Tático Móvel e depois como policial da Rota:

Você quer que eu conte quantos eu matei, eu não sei. Filha, eu sou um policial de 34 anos de serviço. Você sabia quantas vezes eu fui baleado? Você nunca perguntou… Vocês querem saber quantos eu matei, mas nunca perguntaram quantas vezes eu fui baleado. Você sabe quantas alças de caixão de policial eu já carreguei? Nunca perguntaram. Isso não interessa. Isso não interessa para vocês… O que interessa é que o coronel é um assassino, o coronel matou 48, 50 alguns falam 36, não sei onde arrumaram esse número… Eu não sei, eu nunca contei.

 Questionado sobre o paradoxo entre matar e frequentar igreja, Telhada afirma:

Eu estou em paz. Todos os caras que eu matei eram bandido. Não foi nenhum inocente. Essas mãos, aqui, filha, estão suja…de lama e sangue…Não tem nenhum sangue de inocente aqui.


Blog VIOMUNDO/Foto Blog da Renata

12 comentários:

Anônimo disse...

Falou tudo, eles só querem saber quantos o policial matou, pois além de vender jornal o pm ainda vai responder alguma coisa. Ninguém quer saber se o policial foi baleado,quantos colegas ele perdeu, se ele teve medo etc ...

Anônimo disse...

Parabéns CORONEL! Gostaria de ter um comandante com essa atitude e coragem, não esse bando de baba-ovo que tem por aqui em Minas!

Anônimo disse...

Parabéns coronel, faltam homens iguais ao senhor,que DEUS ilumine sua vida e continue a matar estes vagabundos.

Anônimo disse...

Esse é o trabalho da liberdade de imprensa, falar de todo mundo mas não plantam uma árvore, não ajuda ninguém, só fala mal da sociedade para vender o seu produto. policiais não repassem informações sobre o seu serviço pois eles só querem falar mal de vcs. Nunca vi um programa de televisão dar apoio a alguma família de policial, somente falam mal pois polícia dá ibope.

Anônimo disse...

bala nas vagabundagem coronel tras paz pra quem realmente merece o sr tem meu apoio AÇO NELES

Anônimo disse...

Se aqui em MG tivessem pelo menos 10 Coroneis como este estavamos feitos. Infelizmente aqui eles so sabem bajular civis querendo levar alguma. Se for politico entao...Parabens CEL Telhada!

Anônimo disse...

Bom dia a todos. Penso que a imprensa nos dias de hoje só servi de fonte sensacionalista é uma prensa contra o polícia, pois quando um pai de família e alvejado, problema dele, quando é um vagabundo alvejado por um policial em serviço a imprensa logo trata de querer saber o que os direitos humanos farão. Jornalistas hipócritas, quando precisão, logo tratam de acionar a polícia, mas quando podem logo tratam de acabar com o policial.

Paulo disse...

É isso ai Coronel Telhada, também sou policial, já fui da PMES e hoje sou Agente da Polícia Federal e também sou cristão. Cumprir com nosso dever não é, de forma nenhuma errada, mais uma vez meus parabéns que que Deus te abençoe.

Paulo disse...

É isso ai Coronel Telhada, também sou policial, já fui da PMES e hoje sou Agente da Polícia Federal e também sou cristão. Cumprir com nosso dever não é, de forma nenhuma errada, mais uma vez meus parabéns que que Deus te abençoe.

Anônimo disse...

policia acha que bandido nao e gente pois e vcs e que sao vermes da raça mais podre que eu ja conheci em toda minha vida

Anônimo disse...

seus bando de comedor de carnissa em vez de ficar enquadrando um inocente vai cuida da suas vidas suas raça do caralho

Anônimo disse...

policia me serviu uma vez quando meu filho caiu da laje ele tinha 3 anos agradeco a ajuda do policial de santo andre sp