Seguidores

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

MP denuncia PMs de Uberlândia, por danos a veículo estacionado

 Especial para o CORREIO

Seis policiais militares de Uberlândia foram denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPE) por abuso de poder e improbidade administrativa. Os policiais foram flagrados por uma câmera de vigilância danificando um veículo estacionado em via pública.

O registro, que tem pouco mais de uma hora de duração, mostra três policiais analisando o carro e saindo da rua logo em seguida. Minutos depois, cinco policiais militares voltam, observam se tem alguém por perto e começam a danificar o veículo. A maçaneta, as portas e a lataria ficaram estragadas e os pneus foram rasgados. O caso foi no dia 7 de dezembro do ano passado.

Em entrevista à TV Paranaíba, o promotor Adriano Bozola informou que não houve registro de boletim de ocorrência do caso e que as imagens foram entregues ao Ministério Público, que entrou com a ação contra os militares. “O MP apela pela incompatibilidade da atitude desses policiais”, disse.

Ainda na reportagem, o proprietário do veículo disse ter deixado o carro estacionado no local e percebeu o estrago na manhã do dia seguinte quando saiu para levar a mulher para cortar o cabelo.

O promotor disse que os policiais se defenderam e disseram ter confundido o carro da vítima com o de um suspeito de homicídio, mas o argumento não foi aceito pelos promotores.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da 9ª Região da Polícia Militar, no início do ano, assim que a Polícia Militar tomou conhecimento dos fatos, instaurou o inquérito, em que foi apurado o envolvimento dos militares. Eles foram indiciados e condenados na justiça militar pelo crime de dano. A pena foi convertida em prestação de serviço. Os militares envolvidos na ação ressarciram o dono do carro dos prejuízos. Sobre a ação do Ministério Público, a polícia não comenta por se tratar de esferas diferentes, mas vai acatar a decisão da justiça quando ela for proferida.

Nenhum comentário: