Seguidores

Mostrando postagens com marcador BM. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BM. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 8 de maio de 2014

COMPANHIA DOS BOMBEIROS É ASSALTADA EM MONTES CLAROS - MG

MONTES CLAROS (10º BPM) em 074036Mai2014-Qua, no Bairro ACÁCIAS, os bombeiros militares que encontravam-se de serviço CIA ESCOLA do 7º BBM, instalada nas dependências do SEST/SENAT, foram abordados por três indivíduos armados. Os autores após amarrarem as vítimas em um alojamento, subtraíram um revólver cal. .38  nº de série: ZK433576 e dez cartuchos do mesmo calibre, da carga do CBMMG, além de três aparelhos celulares, um GPS tela 7" e R$125,00. (REDS nº 009754965).

blogdarenata

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Coronel do Bombeiro que fez campanha fardado é transferido para Uberlândia depois de um ano



Comento: Depois dessa campanha eleitoral, o coronel foi transferido assim que o prefeito Gilmar Machado assumiu a prefeitura de Uberlândia. Um ano depois o oficial retorna a cidade e a pergunta que não quer calar: Será que Uberlândia vai inaugurar o SAMU, ou ele só funciona na França como diz o comandante do Bombeiro?

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

RONDÔNIA INSTITUI CARREIRA ÚNICA E PADRÃO SALARIAL PM/BM

sertaonamidia.blogspot.com.br

O Governador do Estado de Rondônia, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 65° da Constituição Estadual, adota a seguinte medida.

Art. 1º Fica instituída a carreira única da Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia a qual incia- se como soldado e encerra-se como Coronel de Polícia.
Art. 2º – A Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia criará normas e mecanismos para a ascensão profissional.
Art. 3º – Unificam-se todos os quadros da Polícia e Bombeiro Militar ao Quadro de Policiais e Bombeiro Militares Combatentes, exceto o Quadro dos médicos que permanecesse conforme se encontra na lei.
Art. 4º – Deixa de existir o número de vagas para promoção, havendo progressão funcional conforme tabela em anexo.
Art. 5º – Todos os benefícios contidos nesta lei estendem-se aos policiais e bombeiro militares inativos, da reserva remunerada e as pensionistas.
Art. 6º – Deixa de existir o interstício e passa a ter progressão funcional conforme tabela do anexo I.
Art. 7º – Estabelece o Mês Março como sendo a data base do reajuste dos Policiais e Bombeiros Militares de Rondônia.
Art. 8º – Institui o reajuste anual para os Policiais e Bombeiro Militares no mesmo percentual concedido ao Fundo Estadual.
Art. 9º – A promoção para 2º Ten. será exclusiva dos subtenentes ou, quando não houver subtenente habilitado, deverá ser primeiro Sargento obedecendo ao critério da antiguidade.
Art. 10º – Cria-se a gratificação para os policiais e bombeiro militares que estejam exercendo função de monitor, instrutor e ou comandante de pelotões dos cursos de formação e profissionalização.
Art. 11º – Cria-se a gratificação de escolaridade para curso acima de 120horas/aulas no mesmo valor pago referente a um serviço voluntário. Os cursos ministrados serão os seguintes:
I – a Curso de Formação de Praças, o Curso de Formação de Soldado;
II – a Curso de Aperfeiçoamento de Praças, o Curso de Formação de Sargentos;
III – a Curso de Altos Estudos de Praça, o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos;
IV – a Curso de Formação, os cursos superiores exigidos para o ingresso dos militares dos Quadros de Oficiais Militares QOPMA e ESPECIALISTAS.
Art. 12º – O Policial e Bombeiro Militar, quando completar trinta anos de efetivo serviço à Corporação, será promovido automaticamente ao posto ou graduação seguinte na escala hierárquica.
Art. 13º – Cria-se a gratificação de escolaridade para os cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado, bacharelado no valor pago referente a dois serviços voluntários por cada certificado apresentado.
Art. 14º – Para a progressão funcional ao posto de coronel será exigido os cursos de bacharel em direito, Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais, Curso de Altos Estudos de Oficiais, curso superior de oficial, que serão ministrados a partir do posto de capitão pela PM/BMRO..
Art. 15º- Excepcionalmente, os (PM/BM), que a partir da publicação desta lei,farão jus à designação para os cursos constantes no Art.11, respeitando critério de antiguidade, na modalidade de Ensino à Distância para as disciplinas teóricas no âmbito de seus respectivos batalhões, sem prejuízo de suas atividades funcionais.
Art. 16° – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 17° -Revogam-se as disposições em contrário.
TABELA DOS QUADROS DE POSTOS E GRADUAÇÕES DA PM/BMRO E SEUS RESPECTIVOS VENCIMENTOS
Coronel PM
NÍVEL ÚNICO R$ 18.275,00
Tenente-Coronel PM
03 ANOS /NÍVEL 03 R$17.947,00
02 ANOS/ NÍVEL 02 R$17.321,50
01 ANO / NÍVEL 01 R$17.021,00
Major PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 16.832,50
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 16.521,00
01 ANO / NÍVEL 01 R$ 16.075,75
Capitães PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 15.887,25
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 15.530,75
01 ANO/NÍVEL 01 R$ 15.085,25
Primeiro-Tenente PM
03 ANO/NÍVEL 01 R$ 14.935,00
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 14.600,00
01 ANO/NÍVEL 03 R$ 14.150,50
Segundo-Tenente PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 13.854,00
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 13.542,00
01 ANO/NÍVEL 01 R$ 13.175,00
SubtenentePM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 12.827,00
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 12.361,50
01 ANO/NÍVEL 01 R$12.130.50
1º Sargentos PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 11.965,00
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 11.499,50
01 ANO/NÍVEL 01 R$ 11.034,00
2º Sargentos PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 10.968,50
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 10.375,25
01 ANO/NÍVEL 01 R$ 10.026,75
3º Sargentos PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 9.939,25
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 9.473,75
01 ANO/NÍVEL 01 R$ 9.008,25
Cabos PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 8.892,70
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 8.310,00
01 ANO/NÍVEL 01 R$ 8.198,00
Soldado PM
03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 7.238,20
02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 6.850,00
1 ANO/NÍVEL 01 R$ 5.952,20

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Bombeiros de Uberaba se mobilizam para salvar capitão com leucemia

Capitão foi diagnosticado com doença em janeiro (Foto: 8ºBBM/ Arquivo)Acostumados a salvarem vidas, os integrantes do 8º Batalhão de Bombeiros Militar deUberaba realizam duas ações nos próximos dias para conseguirem um transplante de medula óssea para o Capitão Renato Lúcio de Aguiar Tiradentes, de 35 anos, diagnosticado com leucemia em janeiro.
Nesta segunda-feira (18), o comando recebe visita do Hemocentro para a coleta de material destinado ao teste de compatibilidade.
De acordo com o Capitão Ricardo Marisguia, subcomandante do batalhão, o militar constatou a doença quando suspeitava de uma anemia profunda e foi realizar exames. Ele iniciou tratamento em janeiro e atualmente está internado no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). “Ele é um irmão de farda muito positivo, muito bom. Apesar de essa doença ter entrado na vida dele, ele não se abalou como a gente pensava que iria acontecer. Mas infelizmente ele está piorando”, disse.
A mãe do oficial, Sônia Aguiar, afirmou que a família se mobilizou e todos fizeram testes, mas não encotraram doador compatível. Ela acompanha o filho no hospital e comemorou todas as pequenas evoluções. "Ele está andando e conversando. Era pra ter alta, mas ele teve febre na noite anterior e o médico preferiu deixar em observação", concluiu.
O procedimento no batalhão do Corpo de Bombeiros ocorre na a partir das 8h, na Sede do batalhão, na Rua Treze de Maio, 74. Na quinta-feira (21), às 13h30, a equipe de coleta estará no Centro de Treinamento, na Avenida Doutor Randolfo Borges Júnior, 2.800.