Seguidores

Mostrando postagens com marcador MLST. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MLST. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Policia Civil de Uberlândia faz um servição e apresenta presos do triplo homicidio

Suspeitos de matar agricultores do MLST são apresentados pela polícia (Foto: Felipe Santos/G1)
Acusados de triplo homicídio de sem-terras são apresentados em MG


Cinco envolvidos no triplo homicídio de integrantes do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) no dia 24 de março deste ano, na MGC-455, próximo a Uberlândia, foram apresentados nesta quinta-feira (21) na delegacia da Polícia Civil do município. Os delegados envolvidos na ação revelaram a motivação do crime e detalhes de como ocorreu o triplo homicídio. Em seguida, todos foram encaminhados ao presídio Jacy de Assis.
Além do suspeito preso em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre (RS), nesta quarta-feira (20), outros quatro envolvidos, entre eles os dois supostos mandantes do crime, presos em ações anteriores, também foram apresentados pela polícia.
O chefe do 9º Departamento de Polícia Civil, delegado Samuel Barreto de Souza, afirmou que foram adotadas diversas linhas de investigação durante o trabalho. Entre elas, a possibilidade de o homicídio ter sido resultado de uma disputa de terra. "No início, nenhuma hipótese podia ser descartada e trabalhávamos com várias linhas de investigação. A suposta briga com fazendeiros, envolvendo conflito foi suposição, não consta nada disso nos autos e fomos desenvolvendo outra linha, onde conseguimos chegar até a solução do caso", revelou. Continue lendo no G1
Comentário: Parabéns a equipe comandada pelo delegado chefe Dr Samuel Barreto, ao delegado Dr Hélder Carneiro e toda a equipe de investigadores pela excelente investigação. Se houvesse o efetivo maior, mais viaturas, além de um salário compatível, com certeza os índices de violência seriam outros. Os profissionais da segurança fazem milagre. Outro fato digno de elogio, foi a postura dos delegados de não revelar detalhes da investigação, pois, quando se explica muito, acaba, sem perceber, revelando o modus operandi e consequentemente, demonstra a maneira de se burlar uma futura investigação policial. Nem tudo a imprensa tem que saber. 

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Polícia divulga retratos falados de 3 suspeitos de chacina no Triângulo

Retrato falado suspeito de chacina no Triângulo. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Retrato falado suspeitos de chacina no Triângulo. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (26) os retratos falados de três suspeitos de assassinar integrantes do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) no dia 24 de março. Um homem e um casal foram assassinados em uma estrada de terra perto de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Uma criança presenciou os assassinatos.

Os desenhos com as características dos suspeitos foram apresentados em Belo Horizonte pelo delegado Kleyderson Rezende, da Delegacia de Homicídios de Betim e que preside o inquérito. Ele explicou que, após diversas diligências, foi possível confeccionar os retratos falados.

Segundo Rezende, os suspeitos estiveram um dia antes no assentamento do MLST em Prata, também no Triângulo, e conversaram com as vítimas com a desculpa de que queriam ficar alojados no local. Ainda de acordo com as investigações, eles chegaram a simular a montagem de barracas de lona. No dia do crime, os suspeitos não foram mais vistos no assentamento, segundo informações de outros integrantes do movimento.

domingo, 25 de março de 2012

Tragédia: Três integrantes do MLST são assassinados em Uberlândia

Duas vítimas foram mortas dentro de veículo (Foto: Reprodução/TV Integração)Duas vítimas foram mortas dentro do veículo
(Foto: Reprodução/TV Integração)
Três pessoas foram encontradas mortas na MGC-455, neste sábado (24), próximo aUberlândia. Segundo a Polícia Militar (PM), as vítimas fazem parte do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) e moram em um assentamento na cidade de Prata. Uma criança de 5 anos foi encontrada no veículo sem ferimentos.
Ainda de acordo com PM, a criança encontrada no local presenciou os assassinatos. Em depoimento ela informou que o carro foi parado na rodovia por um veículo prata. Um homem desceu do veículo e atirou na cabeça do motorista e da avó. O avô, um dos líderes do movimento, tentou fugir, mas também foi baleado às margens da rodovia.

A polícia ainda investiga quem são os autores e a motivação do triplo homicídio. A criança foi entregue pelos militares do Corpo de Bombeiros para os pais.