Seguidores

Mostrando postagens com marcador arrombamento de caixas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador arrombamento de caixas. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Uberlândia: três caixas eletrônicos foram arrombados nas últimas horas



 Nas últimas horas, segundo o apresentador André Potinho do programa "Chumbo Grosso", três caixas eletrônicos foram arrombados, inclusive, sendo dois deles na mesma avenida. 


  Apesar das operações conjuntas da Polícia Civil e PM, no final de 2013, que resultou em várias prisões da chamada "quadrilha do bum"; esta modalidade criminosa está na moda, e seus comparsas a cada dia perdem o medo da polícia. 

   No começo de 2013 alguns policiais militares de Uberlândia chegaram a ser presos em flagrante, quando ainda arrombavam caixa eletrônicos na cidade de Guimarânia -MG. Será que tem mais policiais envolvidos?

Foto meramente ilustrativa. Texto produzido pelo blog.
Clique aqui e assista os vídeos no UIPI

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Caixa eletrônico é explodido a poucos metros do batalhão PM


Bairro Santa Mônica Uberlândia MG explosão caixa eletrônico agência bancária  (Foto: Reprodução/TV Integração)
Criminosos explodiram um caixa eletrônico na madrugada desta quarta-feira (1°), no Bairro Santa Mônica em Uberlândia. De acordo com a Polícia Militar (PM), com o impacto, a frente da agência ficou destruída, mas o dinheiro não foi levado. As imagens do circuito interno não foram danificadas e serão usadas para identificar os suspeitos.

Parte do teto da agência desabou com a explosão e as paredes internas de vidro foram quebradas. Os estilhaços se espalharam pelo interior e na calçada. Testemunhas disseram à Polícia Militar terem visto um veículo branco passar pelo local em alta velocidade após a explosão.
Caixa eletrônico na mira dos criminosos
Nesta madrugada, outro caixa eletrônico foi alvo de criminosos em Uberlândia. As câmeras do circuito interno de uma agência na Avenida Seme Simão filmaram toda a movimentação de três suspeitos. A empresa que faz a vigilância da agência informou à Polícia Militar que o grupo chegou a danificar um caixa eletrônico, quebrando os vidros de proteção, mas fugiram do local. Segundo a PM, a perícia chegou a ser acionada, mas não compareceu.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Tentam explodir caixa eletrônico, trocam tiros com a PM e acabam detidos


A Polícia Militar prendeu quatro jovens e aprendeu um menor na madrugada desta terça-feira (24), suspeitos de tentativa de explosão a um caixa eletrônico no bairro Jardim Patrícia, em Uberlândia.
Os suspeitos chegaram armados em uma agência bancária localizada na Avenida José Fonseca, arrombaram as portas e logo sem seguida, tentaram explodir os caixas eletrônicos. A explosão não deu certo, mas os caixas ficaram danificados.
Os suspeitos fugiram em um veículo Gol em alta velocidade e os militares seguiram em perseguição. Eles trocaram tiros com a Polícia Militar até as divisas do bairro Planalto com o Santo Inácio, local em que perderam a direção do carro e bateram em um meio fio.
Na abordagem, foram encontrados com eles uma arma calibre 38, seis munições deflagradas, cinco toucas ninjas, um pé de cabra, um HT na freqüência da PM e um artefato explosivo.
Durante a troca de tiros, três dos suspeitos foram baleados e encaminhados ao Hospital de Clinicas da UFU,mas não correm risco de morte. Os outros dois foram encaminhados à delegacia com ferimentos leves.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Médico morre baleado em ação criminosa com explosão de caixa em Uberlândia


Durante uma ação criminosa com explosão de caixa eletrônico ocorrida nesta madrugada de quinta-feira (18), um médico de 52 anos foi baleado e morto, na avenida Fernando Vilela, bairro Martins, região central de Uberlândia. Marcos Vinícius Galante Buissa, dermatologista e atendia na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do mesmo bairro da ocorrência, foi atingido por um tiro no peito. Buissa era irmão da vereadora Gláucia Buissa, a Gláucia da Saúde. A ocorrência configura o homicídio de número 115 na cidade este ano.
 
A Polícia Militar foi acionada para mais uma ocorrência de ataque a banco, mas ao chegar no local, encontrou a vítima ferida. Durante a fuga, os bandidos tinham atirado no homem, que estava passando pela rua. Os militares prestaram socorro até a UAI, que fica a 100 metros do caixa e os próprios colegas de trabalho de Buissa o atenderam. O médico ainda chegou a ser levado para Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, mas ele não resistiu. Nas imagens, muita fumaça e o cenário de destruição. Os bandidos entraram pela frente da agência onde funciona o auto-atendimento. Um caixa foi estourado. A gaveta de dinheiro não foi atingida e os bandidos fugiram sem levar nada e deixando o saldo de uma morte. Uma testemunha disse à Polícia ter visto um carro preto com pelo menos quatro indivíduos. Ninguém foi preso. 

Esta é a primeira vez que uma pessoa morre em função desse tipo de crime. De janeiro de 2012 até o começo de julho desse ano foram registrados 89 casos de explosões a caixas eletrônicos na região, de acordo com a Polícia Militar. Em Minas Gerais, só em 2012, foram 274 ocorrências.

 Ainda durante essa madrugada, outra agência bancária foi alvo dos bandidos, na avenida José Fonseca e Silva, bairro Jardim Patrícia, cerca de 10 minutos depois da primeira ocorrência no Martins. De acordo com testemunhas, cinco homens chegaram em dois carros, um Pálio branco e um Peugeot vermelho, e cometeram o crime. Dois caixas foram estourados. Não se sabe sobre a quantia levada e a polícia não descarta a possibilidade de ser a mesma quadrilha agindo em Uberlândia e região. A polícia não tem outras pistas dos autores deste crime.

*Texto de Carolina Vilela e Flávio Soares, Portal UIPI

Comento: Bravo trabalho da Polícia Militar, que chegou a trocar tiros com os marginais. Lembrando que no começo do ano, alguns criminosos, que se escondiam na farda foram presos em flagrante no cometimento do mesmo crime. Coincidência ou não, assim como na cidade de Guimarania, os autores alvejaram um transeunte para desviar as atenções e conseguir desta vez, êxito na fuga.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Presos mais dois suspeitos de tentar arrombar banco em Guimarânia, MG


Mais dois suspeitos de participação na tentativa de arrombamento a uma agência bancária em Guimarânia, no Alto Paranaíba, foram presos. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (13) pelo comandante da 9ª Região de PM, coronel Dilmar Crovato. As prisões ocorreram durante o cumprimento de mandados realizados em Uberlândia na semana passada. Ao todo, cinco suspeitos já foram detidos, dentre eles dois policiais militares de Uberlândia que eram lotados no 17º e 32º Batalhões da PM, além do chefe da quadrilha.


Sobre os policiais presos, Crovato informou que eles continuam no presídio militar de Belo Horizonte e as buscas por mais suspeitos continuam.

A tentativa de arrombamento em Guimarânia ocorreu por volta das 3h do dia 17 do mês passado. A PM foi acionada, e ao fazer a abordagem dos suspeitos houve troca de tiros. Durante o tiroteio, o proprietário de um bar, localizado a 50 metros da agência, foi feito refém junto com um funcionário. Ele levou um tiro de raspão no braço e o funcionário foi atingido por um tiro na cabeça e morreu no local. Na ocasião, dois policiais e mais um suspeito foram presos. Leia mais no G1

Clique aqui e relembre o caso>>>

quarta-feira, 17 de abril de 2013

"PMs" de Uberlândia foram presos por arrombamento a caixas eletrônicos, latrocínio e trocam tiros com PM



O Comando da Polícia Militar de Uberlândia confirmou no início da tarde desta quarta-feira (17) a participação de dois militares na tentativa de arrombamento a um caixa eletrônico na cidade de Guimarânia – a 174 quilômetros de Uberlândia. A ação acabou em troca de tiros entre os bandidos e a polícia e resultou na morte de um refém. Outras duas pessoas ficaram feridas – um suspeito (que acabou preso) e outro refém – mas ambas passam bem e não correm risco de morrer.
Militares envolvidos
Os militares envolvidos no crime foram detidos durante a operação em Guimarânia. Eles foram surpreendidos no interior de um veículo, estacionado próximo ao banco e não esboçaram reação.

Os nomes não foram divulgados pelo Comando da Polícia, mas informou que eles são lotados no 17º BPM e 32º BPM. Ambos foram encaminhados à delegacia local.

Um dos policiais envolvidos está há a cinco anos anos na Corporação e o outro há seis e, inclusive, já responde por processo demissionário.

Agora, além de responderem na Justiça Comum, os dois ainda serão submetidos a Processo Administrativo Disciplinar, que poderá culminar com a demissão de ambos.

Em decorrência da ação policial militar foram apreendidos ainda dois veículos, um GM Vectra produto de crime ocorrido em Uberlândia e um Gol, armas de fogo e artefatos explosivos. A ocorrência ainda está em andamento na captura de outros supostos integrantes da quadrilha.A ação

A ação em Guimarânia ocorreu na madrugada desta quarta-feira por volta de 3h30. Dois carros, um Vectra e um Gol, ambos com placas de Uberlândia, chegaram à cidade e foram direto para a agência do Banco do Brasil.

Imagens de segurança de uma câmera instalada na rua onde a ação ocorreu registram o momento que o Vectra para em frente à agência e cinco bandidos encapuzados descem do veículo. Duas pessoas, que estavam em um bar ao lado da agência foram feitas reféns. O dono do estabelecimento e Renato Paulo Rosa, de 20 anos, foram abordados e obrigados a deitar no chão.

Três homens entraram para dentro da agência com o objetivo de explodir os caixas. No entanto, antes que pudesse concluir o crime, duas viaturas da Polícia Militar surpreenderam o bando.

Houve tiroteio entre os bandidos e os policiais e um disparo acabou atingindo Renato Paulo Rosa na cabeça, que não resistiu e morreu. O dono do bar foi atingido de raspão.

Os bandidos fugiram no Vectra e foram perseguidos pelos policiais. Eles abandonaram o veículo em uma estrada próxima à cidade de Guimarânia e entrou na mata. Com o auxilio de policiais civis e da Polícia Rodoviária Federal foram feitas buscas pela região que culminou na prisão de um dos acusados, que segundo informações da PM seria um dos chefes do bando. Ele é de Uberlândia e foi ferido na mão e no pé.

No outro carro usado durante a ação, o Gol, que dava cobertura ao Vectra, estavam os dois policiais de Uberlândia. Os nomes deles ainda não foram divulgados pelo Comando da PM, mas eles estão presos em Guimarânia e após serem ouvidos, devem ser transferidos para Belo Horizonte, para o presídio militar.

Policiais continuam as buscas pela área rural de Guimarânia e cidades vizinhas à procura dos outros envolvidos. Pelo menos cinco homens podem estar escondidos.

Correio de Uberlândia


Resumo da ocorrência REDS 2013-000796963-001 e BO M1604-2013-0000669



Em GUIMARÂNIA, dia 17Abr13, por volta das 04h00min, após obter a informação de que alguém iria explodir um caixa eletrônico na Área do 46º BPM, a PM visualizou os veículos VW/Gol, cor branca, placa JHR-XXXX/UBERLÂNDIA, e GM/Vectra, cor preta, placa HGT-XXXX/UBERLÂNDIA, em situação de suspeição e, ao tentar abordá-los, eles tentaram evadir, momento em que o veículo VW/Gol foi contido e os ocupantes do veículo GM/Vectra efetuaram vários disparos de arma de fogo contra as guarnições PM, que revidaram. Nesse instante, o veículo GM/Vectra, com aproximadamente 05 (cinco) indivíduos, evadiu-se derramando óleo na pista, sendo ele acompanhado pelas guarnições. A aproximadamente 05 (cinco) quilômetros de GUIMARÂNIA, tais indivíduos abandonaram o veículo e se homiziaram em um mato.


Dentro do veículo VW/Gol abordado foram localizados os militares, Sd PM xxxxx, lotado no 32º BPM/UBERLÂNDIA, e , Sd PM xxxxxx, lotado no 17º BPM, sendo que o automóvel está registrado no nome do Sd PM xxxxx. Tais militares foram presos. Durante a “troca” de tiros foram alvejados ANTÔNIO CARLOS DE CAMARGO, proprietário de um bar próximo ao local, e RENATO DE PAULA ROSA, freqüentador do mencionado bar. RENATO foi vitimado fatalmente e ANTÔNIO teve lesões leves. No veículo GM/Vectra, abandonado pelos autores, havia marcas de sangue, sendo encontrados dentro dele munições 9 mm, calibre 12 e artefatos explosivos.

A Perícia Técnica está realizando seus trabalhos no local do evento, onde foram encontradas várias cápsulas de munições de vários calibres, artefato explosivo e labanca. Até o momento foram apreendidas 03 armas de fogo, sendo dois revólveres e uma PT, porém, a PM continua com intenso rastreamento aos demais autores. No momento da confecção desta mensagem, foi obtida a informação de que mais um dos autores foi preso homiziado em meio ao matagal próximo ao veículo (smd).

Repercussão regional: Clique aqui e assista o vídeo"

Repercussão nacional:Clique aqui e assista o vídeo



Comento: A gente pode chamar esses caras usando qualquer adjetivo, menos policiais. Isso envergonha a classe, especialmente a guarnição de Uberlândia, tão destemida, aguerrida e pró-ativa, sendo confundida com eles. Isso é bom para que o serviço de inteligência se ocupe, não de blogueiros, de eleições em associações ou de lideranças que lutam pela classe. Mas, que a inteligência faça a necessária separação do joio e o trigo...entre os que defendem a tropa e os que denigrem a mesma. Acho que fatos como este, deixam claro as posições antagônicas. E parabéns aos bravos militares de Guimarânia que honraram a PMMG.

terça-feira, 19 de março de 2013

Explosão de caixa interdita prédio da Justiça do Trabalho



O prédio da Justiça do Trabalho de Uberlândia, na avenida Cesário Alvim, região central da cidade, foi interditado e todos os serviços suspensos por tempo indeterminado, após uma explosão de caixa eletrônico. Por volta das 3h desta segunda-feira (18), bandidos arrombaram o portão do órgão, invadiram, e foram até o posto com várias agências bancárias. Usando explosivos, os criminosos destruíram um equipamento eletrônico do Banco do Brasil.
O local ficou parcialmente destruído, parte do teto caiu. O impacto foi tão forte que quebrou a vidraça do prédio, na parte que fica do lado da companhia do corpo bombeiros. Os próprios bombeiros acionaram a Polícia Militar (PM) e disseram ter se assustado com o barulho provocado pela explosão.
A ação danificou ainda a sala da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Uberlândia. Os bandidos conseguiram levar o dinheiro, mas não foi possível contabilizar o prejuízo.
De acordo com a polícia federal, que também esteve no local, na cena do crime ficaram marcas de sangue, que podem auxiliar a Polícia a encontrar os autores. Não há outras pistas dos mesmos.
Não há previsão de quando a Justiça do Trabalho voltará a oferecer seus serviços.
Por Carolina Vilela/UIPI

quarta-feira, 13 de março de 2013

Nota 10: PM de Uberlândia prende ladrões de caixa eletrônico

Armas de fogo e artefatos explosivos foram apreendidos em Uberlândia (Foto: Reprodução/TV Integração)

Quatro suspeitos de furtos em caixas eletrônicos da região foram presos na tarde desta terça-feira (12) em um posto de combustíveis, na Avenida Floriano Peixoto, região central de Uberlândia. Três armas de fogo e dois artefatos explosivos foram apreendidos.
De acordo com a Polícia Militar (PM), há indícios de que os suspeitos tenham participado da explosão de um caixa eletrônico em Ibiá, no Alto Paranaíba, nesta madrugada, além de outros crimes em Indianópolis, Araguari e em Uberlândia, na Avenida João Naves.
Segundo os militares, um homem preso na ação em Ibiá é de Uberlândia. Ele foi baleado e encaminhado ao em estado grave para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) em Uberaba. A PM ainda informou que mais um suspeito ainda é procurado em Uberlândia.
G1 Triângulo Mineiro

uipi

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Dois caixas eletrônicos são explodidos em Uberlândia


Dois caixas eletrônicos do Banco Santander foram explodidos por criminosos durante a madrugada desta sexta-feira (22), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Por volta de quatro horas da manhã, os criminosos invadiram a agência bancária, localizada na rua Arthur Bernardes, no bairro Martins. Em poucos minutos, os bandidos usaram dinamite para detonar os terminais.

De acordo com a Polícia Militar, os cofres dos dois caixas foram violados, mas o valor roubado não foi informado pela gerente do banco.

Devido ao forte impacto da explosão, os dois equipamentos bancários ficaram destruídos, assim como parte da estrutura da agência.

Toda a ação criminosa foi gravada pelas câmeras de segurança da instituição financeira, mas os criminosos ainda não foram identificados ou presos. As imagens foram encaminhadas à Polícia Civil.

O Tempo
 

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Criminosos explodem caixa eletrônico em Estrela do Sul, MG. Um PM foi baleado

Um terminal de caixa eletrônico foi alvo dos criminosos na madrugada desta quarta-feira (23), em Estrela do Sul, no Alto Paranaíba. Segundo a Polícia Militar (PM), três suspeitos, dois homens e uma mulher, entraram em uma agencia bancária, que fica no Centro da cidade, e explodiram um dos terminais.


Ainda conforme a polícia, os suspeitos estavam em um carro branco, mas fora da agência outro veículo dava cobertura. Ao saírem do banco os criminosos se depararam com uma equipe da PM e dispararam vários tiros contra eles. Um dos militares foi atingido nas duas mãos e precisou ser socorrido.
Os suspeitos abandonaram o carro branco em que estavam e fugiram no outro veículo. As polícias das cidades vizinhas montaram um cerco para prendê-los, mas ninguém foi localizado. A quantia levada pelos suspeitos não foi divulgada.
G1/Triângulo Mineiro

domingo, 18 de novembro de 2012

Facção infiltra criminosos em curso de explosivos em SP


O PCC (Primeiro Comando da Capital) infiltrou integrantes em cursos que ensinam a manusear explosivos, realizados em pedreiras do Estado de São Paulo. A informação consta de investigações da Polícia Federal e do setor de inteligência do Exército.

Os documentos, sigilosos, informam que o objetivo da facção é aumentar a eficácia de suas ações em explosões de caixas eletrônicos.

Suspeita-se, no entanto, que a técnica também possa ser usada pelos criminosos para atacar policiais.

O treinamento para o uso de explosivos pode estar sendo feito por membros do PCC há, pelo menos, quatro anos. Continue lendo na Folha de São Paulo

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Polícia Federal apreende quase 200 bananas de dinamite no Sul de Minas

A Polícia Federal apreendeu uma grande quantidade de dinamite em Três Corações, Sul de Minas. Os explosivos estavam no quintal de uma casa e em uma mata fechada. Três homens foram presos e, segundo a polícia, as 190 bananas de dinamite seriam usadas por uma quadrilha de São Paulo para explodir caixas eletrônicos. Os explosivos foram roubados de uma pedreira em São Thomé das Letras, no Sul de Minas. 


Assista no G1

terça-feira, 19 de junho de 2012

Quatro presos explodir por arrombamento a caixa eletrônico em Uberlândia


Quatro suspeitos de explodir caixas eletrônicos em Uberlândia foram apresentados pela Polícia Militar (PM) na manhã desta segunda-feira (18). Eles foram presos enquanto tentavam arrombar um caixa eletrônico de uma agência bancária no bairro Santa Mônica, na zona leste da cidade na madrugada de hoje. Com os suspeitos, os policiais encontraram diversos objetos usados para explosão de caixas e uma arma de fogo. Segundo a PM, o quarteto é suspeito de envolvimento em outros crimes na cidade.
A prisão aconteceu por volta das 3h, segundo a Polícia Militar, quando uma viatura se deparou com os suspeitos na porta da agência localizada na esquina da avenida Segismundo Pereira com a rua Nordau Gonçalves de Melo. “Estávamos fazendo patrulhamento quando vimos três homens com material nas mãos. Ao se deparar com a viatura, eles fugiram a pé”, afirmou o sargento Luciano Tadeu Brum.
O primeiro abordado foi Douglas Rodrigues dos Reis, 25 anos, que foi imobilizado e outros dois correram. “Em um jardim em frente ao banco encontramos uma emulsão explosiva, um revólver com cinco munições e o pé de cabra”, disse o sargento.
Depois de receberem denúncias de que suspeitos teriam invadido algumas casas no bairro, a PM realizou um cerco com o apoio de outras viaturas e encontrou Flávio Lúcio de Souza, 34 anos e Lucas Duarte de Oliveira, 28 anos, embaixo de uma mesa em uma das casas.
O 4º suspeito foi perseguido por um tenente que saía do trabalho e viu a atitude suspeita. “O oficial que passava pelo local viu um Monza fugindo, o perseguiu e efetuou a abordagem junto com outra viatura”, afirmou sargento Brum.
Suspeitos confessam crime
A Polícia Militar afirmou que o Leonardo Medeiros Melo, 26 anos, abordado dentro do Monza confessou que daria fuga para os comparsas após o crime. “O primeiro suspeito, Douglas, contido confessou que ele e os comparsas estavam ali para explodir o caixa e pegar o dinheiro”, afirmou o sargento.
Na casa dele, os policiais encontraram outra emulsão explosiva e 20 gramas de maconha. “Primeiro ele afirmou que teria comprado esse material em São Paulo, mas depois disse ter comprado em Uberlândia de um indivíduo que ele chamou de Paulistinha que não conseguimos localizar”, afirmou o sargento. Os quatro têm passagens por furto e roubo, e um deles, por aluguel de armas de fogo.

Suspeitos podem ter envolvimento em outros arrombamentos, diz PM

O comandante do 17º Batalhão, tenente-coronel Wesley Barbosa, afirmou que existe a suspeita da participação dos envolvidos em outros crimes na cidade. “Pelo modus operandis apresentado, existe a suspeita de que eles tenham participação em pelo menos quatro delitos desta natureza na cidade”, afirmou o oficial.
Segundo a PM, eles são suspeitos de arrombar o caixa eletrônico dentro da sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), na região central da cidade no dia 8 de junho; em uma agência na avenida Fernando Vilela, também na região central de Uberlândia; e duas vezes nas agências na avenida Monsenhor Eduardo, inclusive, o do último domingo. Questionados sobre participação no crime, apenas Lucas Oliveira negou envolvimento. Os outros suspeitos não quiseram falar.

terça-feira, 5 de junho de 2012

PMs de Carmo do Paranaíba prendem 03 arrombadores de caixa eletrônicos

Três jovens com idades entre 21 e 24 anos e um homem de 36 anos foram presos na madrugada desta terça-feira (5) em Carmo do Paranaíba, no Alto Paranaíba, suspeitos de tentar arrombar o caixa eletrônico localizado no prédio da Prefeitura. Um quinto envolvido conseguiu fugir.

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos chegaram ao local em dois carros e anunciaram o assalto. Antes, porém, o guarda havia percebido a atitude suspeita e chamou a polícia.

Os bandidos tentaram fugir, mas quatro deles foram pegos. Eles contaram que moram em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e confessaram que queriam arrombar o caixa eletrônico. O quinto integrante do grupo, um jovem de 29 anos, fugiu em um carro de cor vermelha e está sendo procurado pela polícia.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Quadrilha de MG que explodia caixas eletrônicos era uma das principais

Suspeitos de arrombar caixas eletrônicos são presos (Foto: Reprodução/TV Integração)
A Polícia Civil de Uberlândia apresentou nesta segunda-feira (7) detalhes da operação que resultou na prisão de uma quadrilha suspeita de explodir caixas eletrônicos no Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e no estado de Goiás. Os cinco envolvidos, entre eles uma jovem de 23 anos, foram detidos na BR-365 na última sexta-feira (4), próximo a Patos de Minas, no Alto Paranaíba, em ação conjunta das Polícias Civil e Rodoviária Federal (PRF). Na ocasião, o sexto suspeito foi morto durante troca de tiros com a polícia. Com mandado de busca e apreensão, uma outra mulher também foi presa em Uberlândia, além de cinco carros de luxo apreendidos.