Seguidores

Mostrando postagens com marcador bolsa formaçao. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bolsa formaçao. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 12 de março de 2012

Informações sobre o Bolsa Copa I

1. A SENASP disponibilizou 20 temáticas (cursos presenciais) para compor o processo de capacitação para a COPA 2014; 


2. Cada temática (curso presencial) será complementada por vários cursos EAD, dependendo da tenmátiva; 


3. Em virtude da quantidade de cursos EAD e do tempo até a Copa 2014, ficou estabelecido pela SENASP que cada profissional indicado deve ser inscrito em dois cursos EAD por ciclo para completar a quantidade de cursos EAD até a Copa 2014; 


4. Em virtude disso, todos os indicados foram inscritos em dois cursos neste ciclo e assim será nos demais ciclos. 


5. Quem solicitou desistência em algum curso e foi indicado pela respectiva Corporação deve solicitar, com urgência, o cancelamento da desistência, para não ser prejudicado em sua indicação.


Está no SITE da ACIDES as 20 temáticas (cursos presenciais) com os seus respectivos cursos EAD (geral e específicos). Cada temática tem cursos EDA Geral e EAD Específicos. Verifiquem. É fácil identificar se foi ou não indicado pela Corporação: basta verificar se você fez ou não as inscrições nos cursos este ciclo. Caso você não tenha realizado as inscrições nos cursos em que você foi inscrito, então você foi inscrito automaticamente pelo sistema (nesse caso, você foi indicado pela sua Corporação). 

Fonte: BLOG DO ADEILTON

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Bolsa Formação abre novo ciclo de inscrições e militares do RN não poderão mais renovar benefício


Por Sd Glaucia
O Projeto Bolsa Formação abriu novo ciclo de inscrições para o recebimento do benefício.
As inscrições estarão abertas no período de 17 de outubro a 17 de novembro de 2011. No entanto, só poderão participar os profissionais que percebam uma remuneração até R$ 1,7 mil, excluindo-se apenas as férias e o 13º salário.
Essa nova dinâmica do Bolsa Formação, contudo, exclui a maioria dos policiais e bombeiros do Brasil, incluindo os militares norte-riograndenses que atualmente recebem uma remuneração de R$ 1,8 mil.
Dessa forma, apenas os alunos-soldados e os alunos-a-oficiais poderão dar entrada ou renovar o requerimento para recebimento do benefício.
Para participar do programa, os profissionais deverão receber remuneração mensal bruta de até R$ 1,7 mil, excluindo férias e 13º; não ter sido responsabilizado ou condenado pela prática de infração administrativa grave, nos últimos cinco anos; não possuir condenação penal nos últimos cinco anos; e frequentar a cada 12 meses, ao menos um dos cursos oferecidos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública ou pelo Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça.
Para o novo ciclo de inscrições o Ministério da Justiça publicou uma nova portaria que disciplina a execução do Projeto Bolsa Formação para o ano de 2012. Pela Portaria nº 2.306, de 13/10/2011, os profissionais que estiverem recebendo o benefício não poderão solicitar participação no Projeto Bolsa Formação para o ano de 2012.
glauciapaiva.com