Seguidores

Mostrando postagens com marcador delta. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador delta. Mostrar todas as postagens

sábado, 5 de maio de 2012

DELTA TAMBÉM FINANCIOU A CAMPANHA DA PRESIDENTE DILMA

SITE 247. 
Delta também financiou a campanha de Dilma. 

Jornalista Claudio Humberto revela que a empresa de Fernando Cavendish doou oficialmente R$ 1,150 milhão ao PT em 2010, segundo a Justiça Eleitoral.

247 – Nem mesmo a presidente Dilma Rousseff parece estar imune contra a lamaceira política que o esquema ilegal de Carlinhos Cachoeira e da Delta tem causado. O PT já se tornara alvo da oposição por uma suposta doação de R$ 1 milhão à campanha presidencial de Lula em 2002 de "empresários dos jogos". Ao que parece, Dilma também foi beneficiada por uma generosa doação. Desta vez, da Delta. Segundo registrou a Justiça Eleitoral, a empresa de Fernando Cavendish doou oficialmente R$ 1,150 milhão à campanha de Dilma Rousseff à presidência, em 2010. 

A Delta se transformou na empresa que mais recebeu recursos para tocar obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Estima-se que esses valores podem ter chegado a R$ 4 bilhões. As informações são do jornalista Claudio Humberto. Há duas semanas, o ex-assessor e amigo de Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda do governo passado, Rogério Buratti apontou o angolano Roberto Kurzweil como intermediário da suposta doação de R$ 1 milhão à campanha presidencial em 2002, sob o compromisso de o presidente legalizar os bingos. O doador, disse Buratti, foi o bicheiro Carlinhos Cachoeira. "A doação de Cachoeira, que revelou Rogério Buratti à CPI dos Bingos, seria para o caixa dois (“recursos não contabilizados”) da campanha. 

Na operação Xeque-Mate da PF, até Vavá, irmão de Lula, se enrolou nos bingos de Dario Morelli Filho, compadre preso do ex-presidente." Incentivador da CPI do Cachoeira, Lula pode virar um dos focos da comissão de inquérito. A oposição quer trazer à tona a revelação feita pelo advogado Rogério Buratti à CPI dos Bingos, em 2005. Ele afirmou que o senhor Waldomiro Diniz, representando José Dirceu, arrecadou R$ 1 milhão de "empresários dos jogos" do Rio e de São Paulo para a campanha de Lula em 2002.
Juntos Somos Fortes!