Seguidores

Mostrando postagens com marcador grecia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador grecia. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 2 de março de 2012

Grécia nos mostra como protestar contra um sistema falido

Manifestações gregas inspiram todos que sofrem com os privilégios dos bancos e dos ricos
Por John Holloway
Eu não gosto de violência. Eu não acho que se ganha muito queimando bancos e estourando janelas. Ainda assim sinto uma onda de prazer ao ver a reação em Atenas e outras cidades gregas frente a aceitação do parlamento da Grécia às medidas impostas pela União Europeia. E mais: se não tivesse havido uma explosão de raiva, eu teria afundado em um mar de depressão.
Atentado à vida
A alegria é a alegria de ver aquelas cujas bochechas foram estapeadas milhares de vezes, estapeando de volta. Como podemos pedir às pessoas que aceitem docilmente os ferozes cortes nas condições de vida que as medidas de austeridade impõem? Queremos que elas simplesmente concordem que o enorme potencial criativo de tantos jovens seja simplesmente eliminado, seus talentos presos em uma vida de longa duração de desemprego? Tudo isso apenas para que bancos sejam reembolsados, para que ricos fiquem mais ricos? Tudo isso apenas para manter o sistema capitalista que há muito já passou seu prazo de validade, que agora oferece ao mundo nada além de destruição? Se os gregos aceitassem docilmente as medidas, significaria multiplicar depressão por depressão, a depressão de um sistema falido agravado pela depressão da dignidade perdida.
Ecos em todo o mundo
A violência da reação na Grécia é um grito que ecoa no mundo. Até quando ficaremos sentados parados assistindo o mundo ser dilacerado por esses bárbaros, os ricos, os bancos? Até quando ficaremos vendo o aumento das injustiças, o desmantelamento dos serviços de saúde, a educação ser reduzida a uma bobagem acrítica, os recursos hídricos do mundo serem privatizados, comunidades serem dizimadas e a terra destruída em nome dos lucros de empresas de mineração? Continue lendo no Caros Amigos:>>>>>>>>>>>