Seguidores

Mostrando postagens com marcador lei organica. dignidade salarial. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador lei organica. dignidade salarial. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Agentes de trânsito pedem aumento e ameaçam fazer “pente-fino” em Uberlândia

Agentes da Settran pedem piso salarial de R$ 3.051 para fiscais e operadores de trânsito (Foto: Paulo Augusto - 2003)Com a promessa de realizarem protestos do tipo “pente-fino”, com a aplicação de multas com rigor intensificado, caso não sejam atendidos, cerca de 200 servidores da Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran) fizeram manifestação, nesta quinta-feira (21), com apitaço na sede da Prefeitura de Uberlândia e no saguão da Câmara Municipal. Eles reivindicam a aplicação do piso salarial de R$ 3.051 para as categorias dos fiscais e operadores de trânsito.

Segundo os organizadores da paralisação, o prefeito Gilmar Machado, em reunião realizada na quarta-feira (20), acenou com a possibilidade de oferecer piso de R$ 1,5 mil, que não é aceito pelas duas categorias profissionais dentro da Settran.

“Ninguém trabalhou hoje, estamos todos parados”, afirmou o agente de trânsito Marcos Mendes, que estava na organização da manifestação. Os representantes do movimento também ameaçam fazer a aplicação de multas com o rigor reforçado para pressionar o governo municipal. Atualmente, o salário inicial das duas categorias de nível, mas, com formação específica, é de R$ 1.272,22.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Uberlândia informou, por meio da Secretaria de Comunicação, que manifestações deste tipo têm ocorrido com frequência neste período de negociações e que os pisos que serão oferecidos para as mais diversas categorias ainda não foram definidos e que constarão em lei que será enviada para a Câmara Municipal. A previsão é que o projeto dê entrada na Câmara em dezembro. Sobre a ameaça de operação “pente-fino” dos agentes de trânsito, a administração municipal informou que não vai se manifestar sobre essa possibilidade suscitada pelos funcionários da Settran.