Seguidores

Mostrando postagens com marcador linchamento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador linchamento. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 6 de maio de 2014

BRASIL DE VOLTA A IDADE MÉDIA

Centenas de pessoas acompanharam, na manhã desta terça-feira (6), o enterro de Fabiane Maria de Jesus, que foi espancada e morta no último sábado (3) em Guarujá, no litoral de São Paulo, ao ser confundida com uma suposta sequestradora de crianças que praticava rituais de magia negra. A cerimônia reuniu familiares e amigos que não se conformam com a crueldade do crime.

Um novo vídeo sobre o caso foi divulgado na manhã desta terça-feira (6). Nas imagens, registradas por um cinegrafista amador, a dona de casa aparece tentando pronunciar algumas palavras, na tentativa de impedir que as agressões continuem. Um homem aparece interrogando Fabiane no vídeo. “Nós temos conhecimentos desse vídeo, que foi levado para o delegado, e está anexado nas investigações. Não conseguimos identificar o que ela fala, porque a Fabiane estava muito ferida. Foi uma barbaridade o que aconteceu”, diz o advogado da família da vítima, Airton Sinto.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

A PM e o Linchamento Moral

Mais uma vez, sem apurar os fatos, sem uma prova técnica/pericial e sem qualquer indício de autoria, muita gente se adiantou e culpou a Polícia Militar pelo atentado gravíssimo contra o repórter da Rede Bandeirantes, atingido covardemente durante mais um protesto violento nas ruas do Rio. 

Embora o artefato não tenha nenhuma semelhança com bombas de efeito moral (essas sim, usadas pela PM), a polícia foi julgada sumariamente, e o veredito, revelado: a culpa pela tragédia é da PM: a PM despreparada, a PM violenta, a PM assassina...

Infelizmente, esse é, hoje, o retrato falado e distorcido da Polícia Militar Brasileira. 

Mas, quem é que ganha com o linchamento moral das forças armadas e das polícias, que garantem o pouco de ordem e de segurança que resta a este país? 

Vândalos, baderneiros, criminosos, black-blocs, e todos os grupos - políticos ou não - que os manipulam. 

A pergunta que não quer calar: a que interesses servem os mascarados que se infiltram num protesto pacífico e transformam uma passeata numa guerra civil? 

Porque eles jogam a população contra suas polícias e não contra os bandidos? 

Quem são os senhores desta guerra?