Rio -  O técnico da Seleção Brasileira de futebol, Mano Menezes, de 49 anos, foi parado em uma blitz da operação Lei Seca, na Praça Nossa Senhora Auxiliadora, em frente à sede do Flamengo, na Gávea, Zona Sul do Rio, no início da madrugada desta quarta-feira. O treinador estava sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Segundo um agente que participou da operação, Mano foi parado no local por volta de meia-noite. Em nota oficial, o Governo do Estado informou que o treinador se recusou a realizar o teste do bafômetro. Como já ocorreu com outras personalidades, ele foi multado em R$ 957,70 e perderá sete pontos na CNH. A infração é considerada gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A cópia da CNH foi levada ao local pela mulher de Mano. O carro dele foi liberado após um condutor habilitado ter sido apresentado.
Treinador convocou oito jogadores com idade olímpica | Foto: EFE
Mano Menezes em recente convocação da Seleção | Foto: EFE
 Mais cedo, o coordenador-geral da operação, major Marco Andrade, havia confirmado a informação de que Mano Menezes teve a carteira de habilitação apreendida.Continue lendo no jornal O DIA:>>>>