Seguidores

Mostrando postagens com marcador nota derepúdio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador nota derepúdio. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Nota de Repúdio contra as elites brasileiras, que tentam criminalizar a PEC 300

     É lastimável a tentativa de parte da mídia brasileira que tenta criminalizar um dos maiores movimentos sociais e políticos ocorridos no Brasil contemporâneo, desdas "Diretas Já". Milhares de militares com suas famílias viajaram até mais de dois dias consecutivos, alguns morreram na estrada em acidentes, outros passaram fome em Brasília, e sempre foram literalmente enganados pela classe política brasileira. Nesses momentos, jamais vimos a grande mídia, fazer qualquer tipo de cobertura jornalística, a não ser quando há algum fato sensacionalista, que possa render alguns pontos de audiência.

     Constantemente vemos policiais e bombeiros morrendo em serviço, muitos dessas famílias sequer têm o dinheiro para fazer o sepultamento, mas, novamente as grandes mídias desses país ignoram. Contudo, sempre dão destaque aos desvios de conduta, justamente para os profissionais que NUNCA lutarão pela PEC 300, pois, a corrupção já os sustenta e bem.

     A maioria da classe política se vale do cargo para roubar o povo brasileiro, e a mesma classe, na maioria dos casos, chega ao poder financiados pelas grandes empreiteiras, ou pelo crime organizado. Já instalados no poder, buscam o suporte de emissoras cujo o nixo cultural, são baseados na pornografia, no sucesso fácil, (que as novelas mostram) ou no sensacionalismo barato de programas apelativos. E o pior, ainda recebem, em muitos casos, patrocínios de governos corruptos, que lhe enchem as contas com as várias propagandas milionárias. Enquanto isso, sem que os problemas sociais se resolvam, tudo recai  nos ombros da Segurança Pública, como se tivéssemos a "varinha magica" para resolver todos os problemas.

     E parte das "elites" brasileiras, que se valem do poder econômico para cada vez mais acumular riquezas, ora fraudando o Estado nas licitações, contratos ou envolvimentos com o crime organizado. Enquanto isso, os muros cada vez mais altos, carros blindados, sonegação de impostos, crimes do colarinho branco, "falência de bancos" e alguns banco falindo muita gente com seus juros, diria quase criminosos.

     É terrível ver colegas assassinados, como na Bahia já foram três, só durante a greve, e vocês ainda querem criminalizar todo o movimento? O que foi que o Cabo Daciolo falou de errado ao telefone? Pediu para colocar a PEC 300 na pauta de votações, para que não houvesse novas greves, isso é crime? E o dinheiro na cueca do José Genuíno, que acabou reeleito? E a tentativa de assassinato ao blogueiro Ricardo Gama no Rio, que até hoje não foi apurada? E o terrorista italiano César Battistti que foi anistiado no Brasil? E a conduta mentirosa da excelentíssima Presidente Dilma Rousseff que prometeu apoiar a votação da PEC 300? 

     Esse país precisa lavar a sua história...hoje nos sentimos muito pior do que eventualmente a senhora presidente Dilma se sentiu quando foi presa...nos anos 60...porque não matamos, não roubamos bancos, não sequestramos ninguém...essa culpa não temos...por isso não tente criminalizar o movimento justo e tão originário do trabalhador do ABC, quanto é a PEC 300. As polícias nunca mais serão as mesmas...graças a vocês, ao mesmo tempo, para desespero dos senhores. Não somos "o povão"...Dignidade já!

       Marcelo Anastácio - Blog No Q.A.P