Seguidores

Mostrando postagens com marcador piso nacional dos professores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador piso nacional dos professores. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Professores iniciam greve nacional para cobrar o cumprimento do piso, (enquanto PMs lutam pela PEC 300)



Professores da rede pública de todo o País iniciaram nesta terça-feira uma greve nacional de três dias para cobrar o cumprimento da Lei do Piso, sancionada há quase cinco anos e que ainda não é cumprida por boa parte dos Estados e municípios. Levantamento feito pelo Terra com base em dados fornecidos pelas secretarias da educação e pelos sindicatos aponta que 11 Estados pagam abaixo de 1.567,00 para um docente com jornada de 40 horas semanais.

A pior situação é verificada no Rio Grande do Sul, onde um professor com o ensino médio ganha míseros R$ 977,05 como vencimento básico. Sem condições de cumprir com a lei sem alterar o plano decarreira da categoria, o governo gaúcho optou por pagar um complemento para quem recebe menos que o piso. Situação semelhante enfrentam o Paraná, Goiás, Rondônia, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Piauí, Sergipe, Rio Grande do Norte e Maranhão, que também precisam reajustar os salários do magistério para se adequar à lei.Leia mais no Jornal do Brasil

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Professores e policiais podem estar juntos em Brasília, lutando do mesmo lado


  Está marcado para os dias 23 e 24 de abril grande manifestação para policiais e bombeiros do Brasil que lutam pela aprovação em segundo turno da PEC 300/446, que cria o Piso Nacional da Segurança Pública. Várias caravanas estão se organizando para pressionar os parlamentares a colocar na pauta do Congresso essa emenda.

  O inusitado é que nas mesmas datas, os profissionais da educação estarão reunidos para reivindicar o aumento de 10% do PIB (Produto Interno Bruto), para a educação, dentre outras reivindicações.

    Se no passado policias e professores caminharam em lados opostos, desta vez poderão marchar juntos pela dignidade, cidadania e busca de direitos comuns para o bem deles e da nação brasileira. Teremos uma grande oportunidade para aproximar a segurança pública dos sindicatos e os professores da realidade combalida da segurança pública no Brasil.

Leia mais...