Seguidores

Mostrando postagens com marcador reconvocação de reformados. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador reconvocação de reformados. Mostrar todas as postagens

sábado, 16 de maio de 2015

"Sempre alerta": para que não mexam na previdência militar



        Imaginem o trabalhador que se aposenta cedo, (não tanto quanto deveria, pois é uma categoria que tem garantido na Constituição o direito ao pagamento da periculosidade/insalubridade, porém este direito é propositalmente esquecido pelos governos). Então imaginemos um cidadão que entra na PM com 18 anos e se aposenta com 48 anos, (quando deveria se aposentar com 43 se os 25 anos de serviços fossem respeitados). Então o Estado se valendo da experiência do militar que se aposentou "precocemente", lhe propõe 30% de abono permanência. Ou seja, o policial trabalharia para ganhar 30% do valor do que alguém da ativa, que na maioria  das vezes não tem, é claro, a experiência dos reconvocados. Nesse aspecto o Estado além de não precisar contratar, ainda paga um salario 70% mais baixo para o reformado. 


       Com o tempo será óbvio que o reformado reconvocado estará acostumando mal os governos, que logicamente tenderão a mexer na previdência, não para garantir os 25 anos reconhecidos pelo STF; mas, para estender o tempo de contribuição dos policiais. O fato é que ser policial não é tão simples como ser político por exemplo. Associações fiquem atentas!!! O lema escoteiro nos cabe muito bem nesta hora: "sempre alerta"!

 O mesmo poderíamos dizer do infeliz projeto que sugere ao policial que venda suas folgas. Com o tempo, mesmo o policial sendo voluntarioso, o Estado planejaria aumento salarial porquê? Basta o policial vender suas folgas, abdicar do tempo com seus parentes e amigos e enfim, vender sua paz, para suprir em dobro, a falta de efetivo, a falta de recursos do Estado para conceder aumento. Sinceramente, são projetos que nada trazem de evolução. Muito pelo contrário...Associações: "sempre alerta!".

terça-feira, 5 de junho de 2012

A reconvocação dos aposentados para o serviço ativo da PMMG vale apena?

Para aqueles que acham que após a aposentadoria na PMMG, compensa voltar ao serviço ativo, através da reconvocação, vai uma conta feita com o salário de 2º sargento PM, com todos os benefícios, ou seja, 06 quinquênios, e trintenário, por uma contadora. O Estado paga 1/3 o que equivale a 33% do salário total. 
                                                                                                                                                                                                                                                                                                
Salário bruto de 2º sargento aposentado: 5777,00

Salário liquido de 2º sargento já deduzido o IPSM e o imposto de renda; 4976,00

Vejamos para voltar ao serviço ativo o 2º sargento receberia o valor de 1906,00, equivalente a 1/3

Somando os dois salários o total será de 7683,41

Excelente salário se não fosse por duas questões a dedução de IPSM e o Imposto de Renda.

O IPSM desconta 8%, do valor total, ou seja, 614,67;

O imposto de renda desconta 27,5%, ou seja, 1384,54;

Total dos descontos: 1999,21

Salário liquido que recebera o 2º sargento com retorno a PMMG será de 5684,00;

No final 2º sargento recebera o valor de 708,00 liquido, para retornar ao serviço ativo e ter todas as responsabilidades inerentes ao cargo.

Esse valor sem contar com gasto de combustível, alimentação, escala de educação física duas vezes por semana, o estresse emocional do dia a dia.

Certifica-se que o Policial Militar seja qual for sua graduação estará na verdade pagando ao Estado para trabalhar, já estava esquecendo, ao retornar ao serviço ativo, não tem promoção, não tem direito a qüinqüênio, ao chegar os sessenta anos de idade não pode mais renovar o contrato e não pode requerer outra aposentadoria.

Diferente se o Policial Militar aposentado, que conseguir emprego de em uma empresa privada, terá todos os beneficio trabalhista garantidos pela CLT, como FGTS, 13º salário, Férias + 1/3, aviso prévio, seguro desemprego, etc., bem como poderá requerer outra aposentadoria aos 65 anos de idade, muito diferente para aqueles que são reconvocados para o serviço ativo novamente.

E ainda existe alguém que acha que vale a pena voltar ao serviço ativo da PMMG?

E como dizem os Gaúchos: “Barbaridade tchê. To fora”