Seguidores

Mostrando postagens com marcador sp. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sp. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Tenente desabafa após bombeiros serem assaltados: 'Nojo deste país'

Bombeiro falou sobre o assalto durante o incêndio (Foto: Reprodução/Facebook)
Vários bombeiros que participaram das operações para apagar as chamas do incêndio na comunidade México 70, no bairro Vila Margarida, em São Vicente, no litoral de São Paulo, foram assaltados, durante o trabalho, por criminosos que estavam no local. Após a ação, um tenente da corporação fez um forte desabafo pelas redes sociais.
"Eu achava que tinha visto muita coisa inacreditável. Mas assaltarem uma viatura do Corpo de Bombeiros, a metros de distância do local da ocorrência, colocando duas armas no peito do bombeiro enquanto ele reabastecia a viatura com água para dar continuidade ao combate a um incêndio gigantesco que ocorria naquele mesmo bairro? Na boa? Nojo deste país! Não aconteceu nada de mais grave com o bombeiro. A nós resta dar continuidade a nosso trabalho, pois ainda existem pessoas as quais devemos ajudar", publicou o tenente no Facebook.
De acordo com informações passadas pelos bombeiros de São Vicente, os profissionais tiveram relógios, carteiras e celulares roubados. O caso ocorreu quando a viatura passava pela Avenida Nações Unidas. Segundo informações da polícia, ninguém havia sido preso até às 7h desta quarta-feira (12).
Incêndio
Mais de 80 barracos foram destruídos após um incêndio na comunidade do México 70, no bairro Vila Margarida, em São Vicente, no litoral de São Paulo. As chamas foram extinguidas pelos bombeiros às 17h45 desta terça-feira (11). Em meio à fumaça e as chamas algumas pessoas acabaram se desentendendo e policiais militares dispersaram a multidão com bombas de efeito moral e balas de borracha.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Chacinas no interior de São Paulo matou 12 (no país da copa...)

Munição encontrada em uma dos homicídios registrados em Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)
Assassinatos em série deixam mortos na periferia de Campinas

Doze homens foram mortos em um período de quatro horas, numa série de assassinatos entre a noite de domingo (12) e a madrugada desta segunda-feira (13), em bairros da periferia de  Campinas (SP), segundo a Polícia Militar e a Guarda Municipal, que atenderam as ocorrências.
Na manhã desta segunda-feira,  a polícia chegou a divulgar que eram 13 mortes, mas numa entrevista coletiva por volta do meio-dia o delegado Licurgo Nunes Costa confirmou 12 mortes.  Sem dar explicação, a Polícia Civil informou que a imprensa não terá acesso aos boletins de ocorrência.Continue lendo no G1

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Secretário da Segurança Pública de São Paulo "pede pra sair"


Secretário de Segurança Pública de SP deixa o cargo (Kléber Tomaz/G1)O Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, pediu exoneração do cargo nesta quarta-feira (21), segundo a TV Globo. A mudança no gabinete de Segurança acontece no momento em que o estado passa por uma onda de violência.

Entre a noite desta terça (20) e a madrugada desta quarta-feira (21), sete pessoas morreram na capital paulista e em Itaquaquecetuba, Guarulhos e Osasco, na Grande São Paulo. Quatro dessas vítimas foram mortas em ataques feitos por criminosos em motos. Um ônibus foi incendiado na Zona Leste - ninguém ficou ferido. CONTINUE LENDO NO G1