$$$$

Seguidores

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A era da corrupção...



      Muito se fala da culpa dos políticos brasileiros diante da corrupção desenfreada que assola a sociedade. Especialmente nesta época de campanha eleitoral, afloram as acusações mútuas que acabam por ocupar o tempo que deveria ser usado para apresentar novos projetos e visões sobre o Brasil que queremos. Diante de tanta lama, (e tem até um condenado no escândalo do mensalão do PT, que tem o sobrenome "Jacinto Lamas", pode isso Arnaldo?) 

       O fato é que talvez a maior mazela que uma sociedade pode viver é a degradação moral, o que no Brasil parece ser endêmico. Geralmente acusamos o outro, o governo até para nos esquivarmos de assumir parte da responsabilidade diante desse ou daquele problema. Ao acusar fulano, quem acusa continua no invólucro de uma postura pseudo-correta, convenientemente politicamente honrosa.  
       Decididamente o país precisa mais de educação, novos paradigmas morais do que de equipamentos para a saúde. Nossa doença não é no corpo é na alma corrompida e maculada pelo jeitinho, pelo faz de conta, pelo "cafezinho".  
         Recentemente o Brasil viveu dois exemplos, sintomas dessa doença moral. Uma no Rio de Janeiro, com a prisão do atual chefe do COE - Comando de Operações Especiais (clique e leia no R7). Além deste caso, o diretor da casa de detenção da cidade de Pedrinhas no Maranhão, (clique e leia no G1), que viveu horrores no início do ano, onde presos foram decapitados e no final de semana último, parte do muro daquela penitenciária foi demolido por criminosos que jogaram um caminhão contra o muro. Em ambos exemplos a corrupção contaminou as chefias, provando que muito mais do que equipamentos, aqueles profissionais precisariam de algo que o Estado não pode lhes fornecer: educação, não a acadêmica, escolar; mas, aquela que vem do berço, dos pais, da família.

            Não adiantarão investimentos num corpo em estado de putrefação...

 Foto: R7

sábado, 13 de setembro de 2014

Assédio Moral, perseguições nos quartéis têm que ser denunciados


Os maus OFICIAIS que me refiro...são apenas ALGUNS...não a maioria!!!!.........E os praças......são apenas dois!!!.....( Os nomes estão na correge...e quem falar besteira...vai ter que provar ) .....os dois que faziam segurança no POSTO FAZE QUATRO.....Agora ...quem se sentiu incomodado com o vídeo.... VESTE A CARAPUÇA.....porque é pilantra também!!!

youtube.com/Reginaldo Carvalho

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Com Bombeiro como Vice, candidato ao governo do Rio garante: "Vou implantar a PEC 300"


"Vou implantar no Rio, independentemente dos rumos da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 300 no Congresso, a isonomia salarial dos PMs e bombeiros, uma antiga reivindicação das duas categorias. A PEC 300 é direito desses policiais e bombeiros que durante a vida toda lutaram em defesa da população. Vou implantar no Rio mesmo se o PT e o PMDB continuarem a obstruir a votação na Câmara".
" E agora nós da ÁREA da SEGURANÇA PÚBLICA temos uma proposta concreta !!! E Vocês tem um motivo para se empenhar e votar no Anthony Garotinho.

Att: Subtenente BM Valdelei Duarte.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

COLÉGIO TIRADENTES EM UBERLÂDIA


Caros Integrantes da 9ª RPM, bom dia. 


Com imensa alegria divulgamos a todos mais uma conquista para a família policial militar da 9ª RPM. 



O Excelentíssimo Sr. Comandante-Geral da PMMG, conforme publicado no BGPM nº 68, criou em Uberlândia uma unidade do Colégio Tiradentes da Polícia Militar de Minas Gerais para atendimento à demanda de vagas, no Ensino Fundamental e Médio, para policiais militares e seus dependentes legais. 



Ressalta-se que esta conquista é fruto do empenho de todos e do Comando da 9ª RPM que, desde fevereiro de 2013, com a designação de uma comissão para realizar estudo técnico objetivando a instalação de uma Unidade do Colégio Tiradentes (CTPM) na cidade de Uberlândia, vem trabalhando incessantemente em parceria com o Comando da PMMG e com a Diretoria de Educação Escolar e Assistência Social (DEEAS) para a efetiva instalação do educandário e início das aulas já em fevereiro de 2015. 



Este grande passo está em consonância com o Plano de Gestão da 9ª RPM o qual prevê que "a gestão de recursos humanos com a valorização das pessoas é o foco principal do plano de gestão a ser desenvolvido na 9ª RPM" e possibilitará à família policial militar o oferecimento gratuito de educação escolar de qualidade aos militares e seus dependentes. 



Ainda temos muito trabalho à frente, mas também a certeza de que juntos tornaremos realidade mais este sonho! 



Att. 



Volney Halan Marques, Cel PM 
Comandante 


intranetpm

domingo, 7 de setembro de 2014

Parabéns aos militares da 200ª Cia PM Tático Móvel do 32° BPM: 500 quilos de maconha




Parabéns aos militares da 200ª Cia PM, 32° BPM pela excelente ocorrência de grande apreensão de 500 quilos drogas. Quando a tropa está motivada os resultados aparecem. Parabéns aos comandos em especial ao senhor Coronel Wolney que sabe liderar e motivar a tropa.
A Polícia Militar (PM) apreendeu na noite deste sábado (06) cerca de 500 quilos de maconha em uma casa no bairro Morada Nova, zona oeste de Uberlândia. A polícia chegou até o local após receber denúncia de que a droga estava escondida em um cômodo nos fundos da casa. Um homem foi preso e mais de R$ 8 mil em dinheiro foram apreendidos além de munição, balança de precisão, dois rádios comunicadores e uma faca.
Correio de Uberlândia

sábado, 6 de setembro de 2014

Estudante policial é expulsa de sala de aula por está fardada


Estudante policial é expulsa de sala de aula por está fardada
A aluna da Universidade Federal do Ceará (UFC) que alegou ter sido expulsa do Campus do Benfica por estar fardada, na noite da última quarta-feira, 3, teria sido orientada a guardar sua arma no cofre da Divisão de Segurança da universidade, conforme a UFC. Em nota enviada nesta quinta-feira, 4, a instituição disse que ela optou por não assistir à aula sem sua arma.

De acordo com a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Ceará (ACSMCE), a estudante não teria guardado sua arma no carro "por motivos de segurança". Outros alunos acionaram a segurança da instituição quando perceberam a presença de uma aluna armada em sala de aula. 

Ainda segundo a UFC, os seguranças informaram que a policial poderia assistir a aula fardada, porém não poderia estar portando a arma no local. “Foi sugerido a ela guardar sua arma no cofre da Segurança, mas ela disse não concordar e se dirigiu à Diretoria do Centro de Humanidades, onde foi acolhida, informada de que era bem-vinda e que poderia assistir às aulas como qualquer aluno, inclusive fardada, desde que guardasse sua arma. A aluna, então, preferiu não assistir à aula”, completa a nota.

Após a repercussão do caso, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse, em nota, que repudia a conduta adotada pela universidade, “pois expressa um sentimento pejorativo com relação à policial militar e a instituição Polícia Militar”. Segundo a secretaria, não há qualquer impedimento legal para que a servidora frequente as aulas com suas vestimentas e equipamentos de trabalho.
Ato público 

A ACSMCE também publicou uma nota de repúdio à atitude da universidade, pois segundo a policial, a diretora do centro de Humanas justificou que a aluna não poderia permanecer no local por conta do fardamento e não por estar armada. 

Um ato público da associação está marcado para as 17 horas desta sexta-feira, 5, na avenida da Universidade. Segundo a descrição do evento, a manifestação será “pelo direito de ir e vir de policiais fardados em instituições de ensino”.

Redação O Povo/acopiaranews.com

"Marginais do PT saquearam a Petrobras", diz Villa

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Candidato a agente penitenciário morre durante teste físico em Belo Horizonte



 O candidato Adriano Serafim, 33 anos, natural de Caruaru-PE. Na classificação, Adriano estava em 17° lugar, disputando as vagas da RISP da cidade de Teófilo Otoni-MG.

blogdoalexandreguerreiro

CANDIDATO A DEPUTADO NÃO PODERÁ VOTAR EM SI MESMO, UM CRISTO BAIANO

O candidato soldado Prisco não poderá votar em si mesmo
O soldado Prisco é o único candidato em solo nacional que concorre a um cargo público e não poderá votar em si mesmo. Isso porque as restrições impostas pela Justiça, desde as mobilizações que buscavam melhores condições de trabalho para os policiais militares em 2014, o impossibilita de sair de casa depois das 20 horas de segunda a sexta e nos finais de semanas e feriados a qualquer hora.
"Como as eleições ocorrem num domingo, Prisco, mesmo candidato a cargo público, não poderá votar em si e participar do processo de apuração. Até mesmo os presos provisórios podem exercer o direito constitucional de voto já que as urnas vão até eles", reclamou a advogada do candidato, Marcelle Maron.
Conforme explica a advogada, mesmo após os argumentos que embasaram o pedido de prisão de Prisco por 90 dias ter caído por terra (manuntenção da ordem pública durante a Copa do mundo no Brasil), o procurador-geral da república, Rodrigo Janot, continua a pedir a prisão do candidato por 180 dias em presídio federal.
"Não existe mais qualquer motivo para prisão. Como se não bastassem as restrições, querem que Prisco concorra ao cargo público atrás das grades? Não faz sentindo!", reclamou a advogada.
* Com informações da assessoria de comunicação.

FORA PT, CHEGA DE CORRUPÇÃO!!!