Seguidores

Mostrando postagens com marcador superfaturamento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador superfaturamento. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 2 de abril de 2015

PM VAI DEVOLVER 300 VIATURAS (e o superfaturamento das viaturas de Beltrame?)


      É lamentável que o Rio de Janeiro, tão sofrido com as violência crescente, refém de propagandas do governo que idealizou um estado "pacificado" e que vê seus trabalhadores da segurança pública sendo caçados pela criminalidade. Todos os dias há confronto e policiais feridos ou brutalmente assassinados. Em contrapartida vemos o secretário de segurança pública, senhor José Mariano Beltrame, denunciado pelo Ministério Público, por supostas compras de viaturas superfaturadas, (clique e leia). Leia mais detalhes da denuncia (clique e leia detalhes no JB). Ou seja, se a crise nas finanças da segurança pública está declarada ao ponto do Estado ser obrigado a devolver 300 viaturas, com certeza, um dos motivos está no passado recente onde houve má gestão da república.  PM vai devolver 302 viaturas, leia no O DIA.

quinta-feira, 29 de maio de 2014

A FARRA DAS VIATURAS SUPERFATURADAS NO RIO


Prezados leitores, hoje publicamos o terceiro vídeo sobre as acusações feitas pelo Ministério Público contra o Secretário de Segurança Pública Beltrame da prática de improbidade administrativa e de superfaturamento dos contratos de compra, gestão e manutenção de viaturas da Polícia Militar.
Solicitamos que os interessados assistam os dois primeiros vídeos, eles são importantes para a compreensão de todo o escândalo.
- Vídeo 1 (Link).
- Vídeo 2 (Link).
O atual vídeo trata dos valores absurdos pagos pela população fluminense nos referidos contratos.
Ao longo da narrativa o Coronel PM Paúl forneceu dois valores diferentes (R$ 39.014,85 e R$ 39.014,65).
Embora a diferença seja de R$ 0,20 optamos por tanscrever os valores constantes na denúncia do Ministério Público.

Contrato de 2007:
- Preço de cada viatura: R$ 39.014,85.
- Número de viaturas compradas: 729 (R$ 39.014,85 x 729 = R$ 28.441.832,75).
- Preço da manutenção e da gestão para cada viatura: R$ 77.879,40.
PREÇO TOTAL DE CADA VIATURA: R$ 116.894,25.

Contrato de 2008:
- Preço de cada viatura: R$ 51.151,63.
- Número de viaturas compradas: 799 (R$ R$ 51.151,63 x 779 = R$ 39.847.120,44)
- Preço da manutenção e da gestão para cada viatura: R$ 100.163,10.
PREÇO TOTAL DE CADA VIATURA: R$ 151.314,73.

Apesar dessas gravíssimas acusações, o Governador Pezão não exonera o Secretário Beltrame e a imprensa faz o mais completo silêncio.


Caso ocorra algum problema com vídeo, acesse pelo link (Clique aqui).

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Estado vai gastar mais com oficina do que pagou por viaturas da PM e da Civil

repóter: MARIA INEZ MAGALHÃES
foto: pAULO ALVADIA/ AGÊNCIA O DIA

Rio - O estado do vai gastar R$ 162.571.014,00 por mês até a metade de 2016 na manutenção de 1.555 veículos comprados para as polícias Civil e Militar. O valor é maior que o pago pela compra dos carros e das motos, de R$ 105.373.377,10. Do total de veículos, 1.137 vão para a PM e 418 para a Polícia Civil.

O contrato com a CS Brasil, a vencedora da licitação, de R$ 279.869.9, foi assinado no dia 30, como o Informe do DIA informou nesta sexta-feira. No valor, estão incluídos R$ 11.925.606,00 destinados à compra de radiotransmissores.

O custo da manutenção mensal, cobrado por cada veículo, vai de R$ 2.685,10 a R$ 7.134,60. O serviço prevê troca de peças, lubrificantes e mão de obra, entre outros ajustes. Parte da frota já chegou, e a previsão da Casa Civil é de que até abril todos os veículos sejam entregues.

Foram comprados quatro tipos de carro, além de motos Yamaha XT660R. Os preços variam de acordo com o modelo. São 425 unidades do Sedan Voyage 1.6 4P Flex, por R$ 51.486,60 cada. No site da montadora, o preço do modelo varia de R$ 39 mil a R$ 42 mil.

A picape Nissan Frontier custou R$ 117.173,70 e foram compradas 189 delas. O carro está avaliado entre R$ 90 mil e R$ 130 mil na página da Nissan. O Furgão Renault Master saiu a R$ 152.138,10 cada e foram adquiridos 33. De acordo com o site da fábrica, o carro está avaliado entre R$ 87 mil e 104 mil. O preço de cada uma das 325 motos adquiridas foi de R$ 40.652,20. No site da Yamaha, o valor do veículo é de R$ 27.290.

O número de motos corresponde a quase 21% da nova frota. Foram adquiridas ainda 187 de SUV Renault Duster Dinamique, cujo preço não foi informado. No site da Renault, o modelo sai a partir de R$ 51.350.

A assessoria de imprensa da Casa Civil justificou os preços alegando que os veículos foram adaptados, recebendo giroflex, GPS, pintura e outras modificações. Alguns serão usados para transporte de presos e de cães e em perícias.

O contrato prevê ainda que a empresa coloque à disposição 10% da frota para a substituição de veículos que estejam em manutenção.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Obra construída no PAN de 2007, custou 14 milhões, será demolido para as Olimpíadas 2016

Velódromo do Rio não está nos padrões olímpicos e será demolido. Espaço foi construído para o Pan de 2007 e custou R$ 14 milhões. Comitê organizador alega que velódromo oferece risco aos atletas.


O Velódromo do Rio, construído para os Jogos Pan-Americanos e que custou R$ 14 milhões, vai ser demolido. Segundo o Comitê Organizador das Olimpíadas de 2016, ele não está nos padrões olímpicos e oferece risco para os atletas, de acordo com o RJTV.
Para a construção do espaço, cerca de R$ 1 milhão foram gastos pela Prefeitura e R$ 13 milhões pelo Ministério do Esporte. A inauguração foi há apenas cinco anos, para o Pan de 2007.
A decisão foi tomada pela Empresa Olímpica Municipal, responsável pelas obras para os Jogos de 2016, em conjunto com o Comitê Organizador das Olimpíadas. A justificativa é que o atual velódromo não atende aos padrões olímpicos.
O local tem duas pilastras centrais, que seguram as estruturas, que não podem existir num velódromo olímpico. As estruturas impedem a homologação de recordes, pois os juízes não conseguem ver todos os pontos da pista. O número de lugares na arquibancada é considerado outro problema. Em vez de 1.500 cadeiras, o velódromo tem que ter capacidade para público de 5 mil pessoas. O número de boxes e vestiários também deve ser maior.
De acordo com o Comitê Organizador Rio 2016, para a segurança dos atletas, a pista deve ter outra curvatura e inclinação. A Federação de Ciclismo do Rio diz que o ideal seria manter as duas pistas.
"Ia ser um sonho de consumo, que nós tivéssemos as duas estruturas. Um novo, atendendo os padrões olímpicos mundiais, de um modo geral, onsw nós poderíamos ter não só as olimpíadas, como eventos mundiais, etapas da copa do mundo, campeonatos mundiais, e que poderíamos manter isso aqui para um uso mais regular, a nível das escolinhas, treinamento dos atletas aqui do Rio, ou atletas do Brasil", disse o diretor da Federação de Ciclismo Antônio Ferreira.

Pista deveria ser legado para atletas
O comitê explicou ainda que, durante os preparativos para o Pan 2007, o Governo Federal, a Prefeitura e a Federação Internacional dos Ciclistas decidiram fazer uma pista permanente para ficar de legado para os atletas. No entanto, quando a decisão foi tomada, não havia mais tempo de fazer nas especificações olímpicas. Continue lendo no G1

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Lanchas superfaturadas da Ideli expõem a rede de extorsão montada pelo PT.

As 28 lanchinhas compradas com emendas desviadas e sem finalidade, por cerca de R$ 30 milhões, flagradas pelo TCU, mostram as profundezas do esquema que o PT montou no Brasil, ao longo destes quase 10 anos de poder. Um petista recebe todo apoio para montar uma empresa. Vira empresário. O governo vai lá e compra a sua produção com dinheiro desviado dentro da máquina pública. O petista empresário doa parte da venda ao governo para as campanhas do partido. Se isto acontece com as lanchinhas da Ideli, com o paupérrimo e inútil Ministério da Pesca, imaginem o que não acontece no Ministério da Saúde, no Ministério da Educação e em outras pastas mais recheadas. Recentemente, Dilma ligou para o dono de uma construtora e ordenou: " Sérgio, faça as obras do Beira-Rio". Ele está fazendo. São centenas de milhões de reais ordenados pela presidente da República, sem empenho, sem concorrência, com apenas um telefonaço. Não é à toa que esta construtora é uma das maiores doadoras do PT. Se 28 lanchinhas da Ideli renderam R$ 150 mil, quanto não rendeu o navio João Cândido, até hoje encalhado e sem condições de navegabilidade?

segunda-feira, 19 de março de 2012

Romário diz que Copa de 2014 será o 'maior roubo da história'

O ex-jogador de futebol e deputado federal Romário (PSB-RJ), um dos principais críticos à forma com que a Copa do Mundo de 2014 tem sido organizada, afirmou ontem, em seu perfil no site de relacionamentos Facebook, que a competição se tornará o "maior roubo da história" do país, tudo por conta da má gestão dos políticos brasileiros.

"Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a um ano e meio da Copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Ai vai acontecer o maior roubo da história do Brasil", disse Romário.

Para ele, "o governo engana ao povo", e a presidente Dilma Rousseff "está sendo enganada ou se deixa enganar" quando afirma que a Copa será a melhor de todos os tempos.
Romário criticou a ausência de deputados na reunião entre o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e Dilma, na última sexta-feira (16), quando se tratou do projeto da Lei Geral da Copa, que está prevista para ser votada na Câmara Federal ainda nesta semana.



Reprodução/Facebook/romariodesouzafaria
"O presidente da comissão da Lei Geral da Copa, Renan Filho, não estava lá. O relator da Lei da Copa, Vicente Cândido, também não. O presidente da Casa onde será votada a lei, Marco Maia, também não estava presente. E muitos outros que tem muito a ver com a Lei Geral da Copa, não estavam presentes. Na minha concepção de político, a política vai de mal a pior."
Após a reunião, Blatter revelou que Dilma lhe deu amplas e plenas garantias de que o Brasil respeitará "todos os compromissos assumidos com a Fifa", incluindo o de permitir a venda de bebidas alcoólicas nos estádios, que é um dos pontos que gera mais rejeição no Congresso, especialmente pela bancada evangélica.


O melhor jogador do mundo de 1994 convidou os brasileiros a se manifestarem e disse que o povo tem toda a razão ao reivindicar e exigir por parte dos políticos mais seriedade e responsabilidade nas questões relativas à Copa.
Com informações da Efe/Folha.com

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O PT, GREVE DA PM, PEC 300 e seus paradoxos, parte II. Qual é a sua moral, Jacques Wagner??

    Por Marcelo Anastácio - Blog No Q.A.P

   Nesse momento de crise é muito fácil o comando da PM e o governador atacarem os Praças que estão reivindicando dignidade salarial. Pelas imagens que a grande mídia transmite, parece que são um "bando de vagabundos" com o próprio governador Jacques Wagner do PT disse inúmeras vezes. 
           O que a grande mídia dá pouco destaque são os escândalos envolvendo o alto comando da PM e a empresa de terceirização de veículos conhecida por Júlio Simões, que se envolveu um grande esquema de corrupção, descoberto em 2009, como vocês ver clicando aqui nesse link. É inadmissível que esse governador xingue ou queira dar uma de durão, pois não tem envergadura moral para falar de nenhum PM. Quem é ele? Que exemplo ele deu aos Praças da PM bahiana, para querer radicalizar? 
  
           Primeiro o PT incentivou a greve, quando era oposição em 2001, para derrubar o governo do PFL, depois que assumiu o poder, se valeu dele para comprar viaturas superfaturadas, mas, como grande mídia raramente noticia esses fatos, o governador Jacques Wagner acabou reeleito. Agora usa o Exército Brasileiro, para fazer aquilo que eles mais criticavam na época da ditadura: a liberdade de expressão, o direito de greve. Ser oposição é fácil, agora petistas, que estão no poder, porquê não buscam o diálogo, tão decantando em seus "poemas", nas "suas democracias"? Xingar os PMs de vagabundos é o mesmo que cuspir pro alto, afinal, quem assinou a compra das viaturas superfaturadas em 2009? 

            Atacar os PMs da Bahia, que lutam por aumento salarial, criticá-los, xingá-los de vândalos é fácil, quando em janeiro de 2011, votaram o próprio aumento de salário em mais de 60%. PT, governador Jacques Wagner, limpe  a boca antes de falar mal da família militar baiana.

            Blog No Q.A.P

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Os fuzis superfaturados da PM no Rio

Reprodução do site Cláudio Humerto.com 


Não é  o contra cheque do Secretário de Segurança Pública José Mariano Beltrame que é "superfaturadoBeltrame ganha quase R$ 40 mil por mês, acumula salário de delegado da polícia federal e de secretário de governo.

Apesar da Constituição Federal proibir que qualquer funcionário público receba mais do que o Ministro do STF, cerca de R$ 27 mil por mês, Beltrame diz que não há nada de ilegal.


Agora se revela que o MP investiga compra de fuzis superfaturados pelo SecretárioBeltrame.

Dica, que tal uma UPP na Secretaria de Segurança Pública ?



fonte: blog do Ricardo Gama

domingo, 16 de outubro de 2011

Copa da Roubalheira: custo de R$ 112 bilhões, 4 vezes mais o valor oficial



A Copa do Mundo no Brasil vai tomar forma na quinta-feira, quando a Fifa divulgará o calendário com datas, locais e horários dos jogos. No dia 30, completam-se quatro anos que o País foi anunciado como sede da competição. Desde então, algumas coisas foram feitas, mas há muito por fazer. Os estádios ficarão prontos a tempo. O mesmo não se pode garantir em relação aos aeroportos e às 49 obras de mobilidade urbana ligadas à Copa. "Certeza'' absoluta, só uma: ninguém sabe quanto ficará a conta da empreitada.

No último balanço divulgado pelo governo federal, em setembro, o custo da Copa, considerando-se o dinheiro a ser investido em estádios, portos e aeroportos e em mobilidade urbana, foi estimado em R$ 27,1 bilhões. Aumento de cerca de 14% em relação aos R$ 23,1 bilhões do balanço de janeiro e de 26% sobre os R$ 21,5 bilhões de previsão feita em 13 de janeiro de 2010, quando o ex-presidente Lula assinou a Matriz de Responsabilidade.

Esses R$ 27,1 bilhões estão a anos-luz de uma estimativa feita pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), que calculou em R$ 112 bilhões o custo com a Copa. O estudo da associação, que tem parceria técnica com a CBF e o Ministério do Esporte, inclui também gastos com hotelaria, segurança, tecnologia e saúde, entre outros. Mesmo assim, a diferença é grande, pois o balanço do governo acrescenta apenas R$ 10,3 bilhões para esses itens.
 Leia mais aqui.

blog Coturno Noturno

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Copa do Mundo do superfaturamento, já somos campeões!!! Brasil, sil, sil!!!!...

Cobertura do Maracanã custa R$ 47 milhões na Polônia e R$ 197 milhões no Brasil. Ora, são só R$ 150 milhões!

O secretário adjunto de Planejamento e Procedimento do Tribunal de Contas da União (TCU), Marcelo Luiz Souza da Eira, disse, em audiência no Senado nesta quinta-feira (29), que há indícios de sobrepreço nas obras de cobertura do estádio do Maracanã. Em sua opinião, o estado do Rio de Janeiro e a União precisam dar justificativas ao tribunal. Marcelo Eira participou da quarta audiência pública do seminário Primeira Avaliação Parlamentar da Copa do Mundo de 2014, que discutiu, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), a fiscalização das obras da Copa do Mundo de 2014.

O secretário adjunto disse que estádios similares na Ucrânia e na Polônia, usando o mesmo tipo de fornecedor, tiveram custo de R$ 47 milhões, enquanto que o valor estimado para a cobertura do Maracanã chega a R$ 197 milhões. Ele salientou que a diferença é "astronômica" e que o estado deve rever a estimativa de custo. O TCU também constatou sobrepreço em editais de obras em outros estados, que já foram corrigidos, e não há indícios de outras irregularidades graves, disse o secretário do tribunal. Ele explicou que a atribuição do TCU é fiscalizar os contratos de financiamentos para fundamentar as decisões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Caixa Econômica Federal. Informações sobre o acompanhamento das obras da Copa pelo TCU pode ser acessadas na internet.


Fiscalize as obras da COPA 2014, click aqui>>>

blog Coturno Noturno

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Aonde está o dinheiro da PEC 300: Presidência vai gastar R$ 7,7 milhões no aluguel de carros com motorista

Roda e avisa

Nem metrô, nem bicicleta: a Presidência da República vai gastar R$ 7,7 milhões no aluguel de carros com motorista para os diligentes “cumpanheros” alçados à condição de chefetes. Nós pagamos a conta.

Jornal do Brasil
Coluna Claudio Humberto

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Romário: 'Quase impossível' não ligar Ricardo Teixeira a corrupção

Foto: AE


Deputado critica acúmulo de cargos na CBF e no COL e diz que dirigente terá de pagar se deu prejuízo aos cofres públicos. Romário: 'Quase impossível' não ligar Ricardo Teixeira a corrupção.

O deputado federal e ex-jogador da seleção brasileira Romário disse ao iG que “é quase impossível” o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, não estar envolvido em corrupção. Para ele, se for o caso, o dirigente deve “pagar pelos prejuízos dados aos cofres públicos”. A assessoria da CBF informou que não comentará as declarações. Nesta quinta-feira, o PRB pediu investigação da Procuradoria-Geral da República sobre o dirigente.

Romário em visita técnica às obras do Estádio Mineirão, em Belo Horizonte

Teixeira foi responsável pela convocação de Romário para a Copa do Mundo de 1994, da qual o Brasil foi campeão. O ex-jogador está atuando na comissão de fiscalização dos gastos do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e convidou o presidente da CBF a depor na Câmara para “tirar dúvidas” sobre os estouros de orçamento na preparação da competição.

O comentário de Romário se referia ao suposto envolvimento do presidente da CBF em irregularidades e corrupção na Fifa, como denunciado por órgãos de imprensa do Reino Unido. Citando reportagem intitulada “Máfia do Futebol”, da TV Record, Romário disse que Ricardo Teixeira está “no meio”.

Da esq. para dir., Mariz, J. Hawilla, Campos Pinto e Teixeira no camarote do estádio de Córdoba, na Copa América

"Estou torcendo para não ser verdade, mas é quase impossível. Torço para que seja equívoco", afirmou Romário, dizendo cumprir função de deputado de fiscalizar.
 
  Fonte: http://esporte.ig.com.br/futebol/para+romario+e+quase+impossivel+ricardo+teixeira+nao+estar+envolvido+em+corrupcao/n1597080279731.html