Seguidores

Mostrando postagens com marcador editorial blog. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador editorial blog. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 20 de março de 2015

CABO DACIOLO, deputado e líder dos Bombeiros pode ser expulso do Psol

     
    Pessoal está evidente que esse casamento não iria longe...um partido que organiza grupos para atacar prédios, manifestantes e apedrejar policiais, como os Black Blocs, jamais engoliria um militar entre seus parlamentares. Um partido que mata um cinegrafista e acusa a PM de ser o autor do crime...jamais aceitaria um militar entre os seus parlamentares. Sobre os fatos ou atitudes do Benevenuto Daciolo, analisemos: querer um militar para chefiar o ministério da defesa é mais do que óbvio. Se todos os militares são fascistas como o partido alega, então todos os que defendem o aborto naquele partido também deveriam ser, em tese, criminosos. Toda generalização é burra! Quanto ao suposto projeto de que "todo poder emana de deus", de fato o Estado é laico. Sobre o caso Amarildo, não é porque não são réus confessos da morte e ocultação do cadáver do Amarildo, que por esse motivo tenham que ser execrados, discriminados. Já estão presos, serão condenados. Qual o problema em receber a visita de um colega de farda? Isso não seria um pressuposto inscrito nos Direitos Humanos? Aliás, quando mataram o cinegrafista da Band, os militantes do Psol os abandonaram na cela, ou providenciaram ajuda, advogados, apoio psicológico? Dois pesos duas medidas? De fato um parlamentar com formação cristã não deveria sequer ter se lançado candidato num partido que defende o aborto. Torço por você Daciolo e espero que procure um partido condizente com suas crenças e atitudes. (Clique e leia no O DIA, Psol quer expulsar Cabo Daciolo)

   Sobre o Psol é piada seus discursos sobre Direitos Humanos...quantos policiais morrem ou são alvejados todos os dias, especialmente no Rio de Janeiro? Quantas vezes esses militantes de boteco levantaram a voz para questionar o governo? Tenho que usar uma gíria antiga, mas, bem atual para o momento: "fala sério"...

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

E agora Marina, vai assumir?



E agora Marina? Qual será a sua postura diante do acaso, do destino, das estrelas? Será que Marina será capaz de influenciar e buscar parte dos votos nulos e brancos, e beliscar votos de Aécio e Dilma? Será que ainda há tempo de Marina crescer nas pesquisas e buscar um segundo turno? 


   Pela experiência arriscaria Marina Silva encabeçando a chapa, tendo como candidato a vice presidente o deputado federal  Roberto Freire do PPS; que aliás, já foi inclusive candidato a presidência da república na campanha de 1989. 

Qualquer outra opção que não seja essa seria inocência política, ao desperdiçar o capital políticos de ambos os possíveis nomes acima.

  Sinceramente, seria muito interessante que o quadro tivesse uma reviravolta, ainda que fosse apenas nas pesquisas, já que politicamente mudaria muito pouco, esse novo "frescor" eleitoral com as eventuais candidaturas de Marina Silva e Roberto Freire. Vamos aguardar... 

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Uberlândia: três caixas eletrônicos foram arrombados nas últimas horas



 Nas últimas horas, segundo o apresentador André Potinho do programa "Chumbo Grosso", três caixas eletrônicos foram arrombados, inclusive, sendo dois deles na mesma avenida. 


  Apesar das operações conjuntas da Polícia Civil e PM, no final de 2013, que resultou em várias prisões da chamada "quadrilha do bum"; esta modalidade criminosa está na moda, e seus comparsas a cada dia perdem o medo da polícia. 

   No começo de 2013 alguns policiais militares de Uberlândia chegaram a ser presos em flagrante, quando ainda arrombavam caixa eletrônicos na cidade de Guimarânia -MG. Será que tem mais policiais envolvidos?

Foto meramente ilustrativa. Texto produzido pelo blog.
Clique aqui e assista os vídeos no UIPI

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Até breve...melhor assim


          Questionar o sistema, simplesmente questionar, apresentar fatos, é tão ameaçador, tão ameaçador que o sistema prefere excluir aquele que pensam assim. Como se fosse um câncer, o sistema tem que extirpar essa célula questionadora. E depois vem com o papo furado de que "temos que respeitar as diferenças"...pra inglês ver...todo discurso é bonito, as práticas horrendas...sou produto do meio, e consequência daquilo que vivo. Esse "monstro" (eu) nasceu pela convivência.

          Este blog não é militar, não é paramilitar, não usa farda, portanto fiquem à vontade nas interpretações que queiram dar. Este blog não é público, apesar dos acessos livres, não é direito público, não é, repito, militar! Qualquer tentativa de associar a pessoa ao blog é no mínimo má fé, para não dizer o rol de crimes que eventualmente incidam os que assim o fizerem. Se tudo que publico significasse uma transformação para os problemas apresentados, o Brasil seria outro. Mas, ao contrário, o sujeito sente dor no dedo, e ao invés de sarar a dor, prefere arrancar a mão...Não questionem minha vida pessoal com o profissional. Não me tratem diferente, nem pra mais nem pra menos, me tratem com o princípio constitucional da LEGALIDADE.

          Amigos que tem mandado mensagens de apoio, o meu eterno agradecimento, e saibam que começo meus estudos em agosto, e não terei tempo para me dedicar ao blog, como os senhores merecem. É só por isso que ficarei ausente. Quem sabe em breve eu retome os trabalhos? Mas, por enquanto a parada se faz necessária.

           

segunda-feira, 22 de julho de 2013

O meu eterno muito obrigado aos visitantes do bem!


          Meus amigos, sabe quando bate uma ressaca? Quando não se tem vontade de dizer mais nada? Não confundam com depressão, não estou deprimido, para desespero de muitos pilantras que nos assistem...kkkkk Vou dar um tempo com o blog, tenho outros projetos mais urgentes, e agradeço a preciosa visita de vocês, amigos virtuais, fieis e verdadeiros.
         
         Muito mais do que a pretensão de informar, este blog me serviu como catarse, para me extravasar e aguentar o tranco, dentro de uma sub classe social, bem sub-sub-sub-sub. Ultimamente alguns "leitores" desenvolveram poderes paranormais que nem o capeta teve, o de ler as mentes, e com isso colocam palavras como sendo ditas por mim. Através desse modestíssimo canal virtual pude conhecer pessoas interessantes no Brasil e ter cliques praticamente do mundo inteiro.

           Não aceito ser um mero reprodutor de notícias da grande mídia, isso não me atrai. 

           Um obrigado especial a todos os blogueiros do Brasil, em especial aos de Minas, que linkaram o meu no blog deles, e me propuseram uma audiência de mais de um milhão e meio de cliques.

            Agradecimento especial a vocês que fizeram desse espaço o nosso front, para a nossa luta, para o nosso gozo. A vida nos ensina e nos mostra o quanto temos amigos, mesmo que não saibamos exatamente onde eles estão. Para aquele que foi responsável pelo meu ingresso na PMMG, o meu eterno agradecimento, te considero muito, e por isso mesmo, não vou expor-lhe. Deus vai lhe dar em dobro tudo que fizeste por mim e por muitos.

            Perdoem os que não tinham nada pra fazer...há outros blogues que podem entrar na mira de vocês...

             Um abraço à todos e usem a abusem do nosso arquivo. Afinal foram 4 anos de muita labuta, processos e vitórias sobre os inimigos. Não fui o mais popular, tentei ser eu mesmo, pra desespero de muitos...

                  Estarei no facebook.com/anastacioqap


        
           

terça-feira, 25 de junho de 2013

Dias 09 e 10 de julho: Marcha Pela Dignidade das Forças de Segurança do Brasil, PEC 300 JÁ!!!


Os profissionais da Segurança Pública do Brasil, faremos ato pacífico em busca da dignidade e com pauta de reivindicações com os seguintes pleitos:

Criação do Piso Nacional da Segurança Pública; PEC 300 (ou 446) e/ou 102;


Criação do Fundo Nacional da Segurança Pública; 


Criação de um Plano Nacional de Segurança Pública, que contemple o urbano e regiões de fronteiras;

Aumentar as penas e diminuir benefícios para os que matam agentes do Estado no estrito cumprimento do dever legal;

Financiamento habitacional voltado para esses profissionais usando recursos dos bancos estatais: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES;

Aceleração da Reforma do Código Penal e do ECA - Estatuto da Criança e Adolescente;

Concessão de Porte de Armas para os Agentes Penitenciários e Sócio - Educativos;

Criar um canal de diálogo para negociações entre os profissionais com representantes do Ministério da Justiça, Casa Civil, Senado e Câmara dos deputados.

Por isso devemos ir as ruas, especificamente nós policiais, bombeiros, agentes penitenciários e família da segurança pública, para lembrar a nossa presidente que a Segurança Pública tem a sua pauta, e precisa resolver suas demandas.

Os militares deverão comparecer desarmados, e preferencialmente com camisas pretas, como símbolo as mortes dos policiais e a falência da Segurança Pública no Brasil.

Não espere das associações, faça você mesmo! Traga seus familiares, amigos e divulgue a página do evento.

USSEP - União dos Servidores da Segurança Pública

terça-feira, 7 de maio de 2013

SOLUÇÃO DO "PROMORAR", SEM DEMORA NEM SORTEIO



       Quem nunca sonhou com a casa própria? Principalmente os militares que trabalham em regiões metropolitanas, sonham com esse direito. Porém o que o governo tem feito efetivamente para que isso aconteça? Primeiro lançou o programa habitacional "Lares Gerais", em seguida o "PROMORAR", que permitia que quem já tinha residência vendesse para investir e comprar outra. Enquanto o Lares Gerais também não foi suficiente até hoje para contemplar todo o funcionalismo.


       Diante de tantas dificuldades, principalmente financeiras, não seria mais viável que nossos representantes, juntamente com o do governo estadual, agendassem uma reunião com o presidente da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, para traçar uma linha de financiamento diferenciada, que pudesse atender esse nicho de mercado, que está totalmente descoberto, apesar da boa margem salarial?

       Se vemos tanto assistencialismo, tanta bolsa disso e daquilo, notícias de que o governo brasileiro inclusive está emprestando dinheiro para os países europeus, não seria justo que ajudasse a classe militar e Minas Gerais, quiçá brasileira, a garantir o direito à casa própria? Até os sem-terra, sem-teto, tem o amparo  e respaldo do governo federal, porque não os militares ou profissionais da segurança pública?

       Cabe aos nossos representantes buscarem diálogo e entrosamento necessário, para deixar o discurso afinado junto ao interesses da tropa, agendando em seguida a reunião com representantes do governo estadual, federal e dos bancos públicos brasileiros.

       Se milhões e milhões são jogados pelo ralo no imenso lago da corrupção, porque não lutarmos por bom uso disso? Esperar por sorteio, com o efetivo cada vez maior...é melhor jogar na mega sena...

terça-feira, 9 de abril de 2013

De volta para o futuro...Brasil depois das Olimpíadas 2016



    O governo já não sabe mais o que reduzir nos impostos de bens e serviços, num esforço hercúleo de manter a economia aquecida, ao mesmo tempo em que tenta conter o avanço da inflação. Essas sucessivas reduções deixa claro que a carga tributária brasileira, (altíssima), poderia ser reduzida definitivamente pela utópica reforma tributária.


     Se hoje a economia do Brasil apresenta essas turbulências, o que será no pós copa e Olimpíadas 2016? Com as obras já concluídas, as rachaduras nas edificações expostas, os rombos das obras superfaturadas publicizadas?

      Arriscaria dizer que o prazo de validade do governo populista, petista, vítima do lulismo será testado logo após esses megas eventos, onde não haverá mais o que reduzir, onde teremos que pagar na prática, a conta, o saldo das festas organizadas pela FIFA e COI. Talvez nesse momento os brasileiros acordem da miragem produzida pelo discurso de que "as obras da copa deixarão um legado para as cidades..." 

       Até lá viveremos as lantejoulas, as fantasias dos que boquiabertos desejam ver o Brasil "igual" aos países de primeiro mundo, com a diferença que lá eles já têm saúde, educação, segurança e o principal...cidadania, sem a qual não se chega a nenhum direito. Quem sabe a nossa vitória não venha depois desses eventos? Não pelas obras ruídas e superfaturadas, mas, pela ressaca e o surto depois do carnaval. Temos que construir um país para nós...se ele não for do agrado e confortável para nós...nunca será para os que nos visitam...

domingo, 7 de abril de 2013

Populismo, Lula e os torcedores presos na Bolívia



    Quando a política e o populismo se mostra podre, perverso e altamente oportunista. Como pode vermos o ex-presidente Lula vestindo a camisa do "Curintians", o atual campeão mundial, time da massa de São Paulo, segunda maior torcida do Brasil, tudo lindo e maravilhoso...isso dá voto.


     O estranho que depois da tragédia na Bolívia, que culminou na morte do menino rebele, que desafiou os pais, para ver o jogo, e depois morreu alvejado por aquele sinalizador. Mas, a pergunta que não quer quer calar: Cadê o Lula? Cadê os oportunistas? Cadê o populismo desportivo, que aparece nas vésperas das grandes decisões?

 Pela "amizade" que Evo Morales, presidente da Bolívia, tem com o ex-presidente Lula, bastava um telefonema para resolver o cárcere privado contra os torcedores brasileiros, que apesar de estarem na mesma torcida, efetivamente não dispararam nenhum tipo de bomba ou artefato que atingisse alguém.

  É por essas e outras, que vemos o quanto o populismo se vale das torcidas, das paixões para anestesiar as massas, em troca de votos. Pior ainda foi o papel apagado, submisso e vergonhoso da embaixada brasileira, que pouco ou nada fez para reverter a situação dos corinthianos.

   Não são torcedores do Corínthians que estão presos; são brasileiros que estão sendo vítimas de uma grande injustiça, já comprovada pela perícia brasileira. Lula, saia de cima do muro, tome postura de líder, de  cidadão, de ex-presidente, ligue para o Evo Morales e resolva diplomaticamente. Para a torcida corinthiana, espero que depois dessa, vocês não continuem acreditando que Lula é torcedor do Corinthians...seria o mesmo que acreditar em papai noel....

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Dia da verdade no país da mentira


     O 1° de abril é conhecido há vários anos como a data do trote, dia da mentira, e por alguns povos chamado ainda como Dia dos Bobos. Se trouxermos esses adjetivos para a realidade brasileira, veremos que apesar de internacional, esta data é brasileiríssima, repleta de mentiras já na origem de seu povo. Já imaginaram algum país ser povoado em parte, por assassinos, ladrões, escórias trazidas de outro continente? Isso aconteceu com o Brasil, que recebeu alguns navios com presos portugueses. Podemos elencar inúmeras mentiras que perpassam diferentes épocas e continuam atualíssimas, de que não somos colônia, de que não servimos a elite, de que os políticos não são corruptos, que as escolas, justiça e a saúde funcionam. Ou que a Constituição Federal garante um salário condizente com as necessidades básicas de um cidadão, tais como transporte, alimentação etc. Outra mentira é dizer que o Brasil é uma nação, a consciência não é nacional...ela é dançante. O clássico das mentiras é ver o partido que tem nome de "trabalhador", empregar o ex-ministro do trabalho Carlos Lupi, o qual tinha cargo fantasma no Rio.

    Mas, não é só no Brasil que vemos mentiras clássicas, internacionalmente a mais famosa foi a invasão dos  Estados Unidos ao Iraque, sobre o pretexto mentiroso de que os iraquianos teriam bombas químicas. Com essa desculpa mataram muita gente inocente. Outra mentira é dizer que os americanos acreditam e seguem as convenções internacionais de Direitos Humanos. Vocês se lembram como morreu Osama Bin Laden? Com a casa invadida, rajadas de tiros que serviram como julgamento, como se fosse um tribunal itinerante, a justiça móvel em busca do réu...coisa de desenho animado.

   Voltando ao Brasil, esses fatos são tão corriqueiros que o dia da mentira tem outra conotação. Por ser algo tão banal, cotidiano e festejado nos carnavais, (sinônimo de alegria, de um povo feliz), podemos afirmar que o dia da mentira demonstra o quão verdadeiro é a nossa mentira, enquanto nação, "potência mundial", IDH - Índice de Desenvolvimento Humano.

   Para fechar com chave de ouro (ou de zinco), teremos talvez, as duas grandes mentiras do século: Copa 2014 e Olimpíadas 2016. Em ambos eventos mostraremos ao mundo, não a potência no esporte, mas, a incapacidade de se ter, patrocinar uma equipe de ginástica olímpica, ou de judô, etc. Não teremos estádios superfaturados, nem mal construídos. Até porque isso não aconteceu no Pan americano de 2007, especialmente no estádio João Havelange, conhecido como "Engenhão", (aliás...que engenharia...). Por essas e outras tantas, é que podemos afirmar, que o 1° de abril no Brasil, não é o dia da mentira, mas, sim o dia da verdade, no país da mentira...

Desenho "Lulanóquio: rabiscosdoantenor.blogspot.com

quarta-feira, 27 de março de 2013

Furto de armas x modelo neoliberal de gestão



          Em menos de uma semana armas foram furtadas das instituições da segurança pública. No domingo, o menor de 14 anos furtou uma pistola e cometeu latrocínio, matando duas mulheres na pacata cidade de Conquista - MG (clique aqui e relembre o caso), crime que chocou a cidade. Na segunda a delegacia de Matosinhos, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi arrombada e autores furtaram várias armas (clique aqui e leia mais). Nesse momento, numa ação conjunta, Polícia Civil e Polícia Militar fazem operação, que já prendeu alguns suspeitos, porém as armas ainda não foram encontradas.


          A conclusão que se chega é que a falta de respeito à polícia acabou faz tempo. Por outro lado, vemos  que o estado leniente, seja na reposição do efetivo, que parte se aposenta, ou passa em outros concurso, ou morre em serviço. Essa postura neo liberal de terceirizar alguns serviços do Estado, já traz as primeiras consequências negativas para todos. Uma delegacia deveria ser vigiada por policiais, e não por vigias, com todo respeito que a classe da vigilância merece. No caso de Sacramento, não havia sequer o vigia, o que denota a falta de efetivo, para falar o mínimo sobre o caso.

          Enquanto algumas instituições têm vigias, outras não, as armas estão sendo furtadas de dentro de órgãos que, em tese, deveriam representar segurança, mas, que na prática se mostram muito vulneráveis.

          Sabemos que os culpados não são nem a Polícia Civil nem a Polícia Militar, mas, a falta de pessoal e a demora na contratação de novos policiais, que resulta nos prédios sem vigilância noturna, ou com vigias que não são policiais, e que portanto não responderão por eventuais desvios. Todos ficam reféns desses crimes, e os criminosos são os únicos que se dão bem nesse jogo, pois têm mais armas para enfrentar a as polícias, matar o cidadão e continuar esse circuito criminoso. 

            É necessário que seja revisto esse modelo de guarda dos prédios públicos, especialmente os que tenham armas, sob pena de tais furtos "entrarem na moda", como os arrombamentos à caixa eletrônicos. Aí será o fim... Só para se ter um exemplo da ousadia, em Uberlândia sofreu um surto de ataques aos vigilantes de serviço, que tinham suas armas roubadas, em plena luz do dia. Ou se reage protegendo essas intendências, ou o Estado pagará caro por esse desleixo. O Estado não foi feito para dar lucro, mas, para servir na plenitude, os cidadãos nos seus direitos fundamentais..

terça-feira, 19 de março de 2013

Masturbação eleitoral, sepulcro de ideais

           
        Um enorme espetáculo, assim poderíamos definir o debate sobre a segurança pública que ocorreu no Congresso nacional, que recebeu lideranças das várias categorias do setor, numa espécie de ouvidoria, redundante para dizer o mínimo. Os vários presentes da maioria dos quatro cantos do país, trouxeram suas realidades, que tinham em comum o descaso do governo federal, a falta de uma política nacional uniformizada; se queixaram ainda da falta de um fundo nacional capaz de subsidiar o setor, não só nos momentos de crise, mas, para mantê-lo por assim dizer. Demandas antigas recrudesceram, como falta de efetivo, questão salarial, assédio moral tendo como consequência o suicídio, a perseguição política, a falta de liberdade de expressão, a ausência dos Direitos Humanos voltados para os profissionais da segurança pública, a desmotivação das classes, a falta de infraestrutura, a legislação penal fraca, o que fomenta os crimes, a falta de fiscalização efetiva nas fronteiras, dentre outros.

        Como bem lembrou um dos palestrantes, tudo isso já foi discutido na grande falácia chamada 1ª CONSEG - Conferência Nacional da Segurança Pública, em 2009, onde toda sociedade civil organizada, sindicatos, igrejas, instituições públicas, privadas, servidores e trabalhadores foram ouvidos, debateram, e produziram documento com princípios e diretrizes que, segundo o que foi acordado no evento, seriam o fundamento das novas políticas para a segurança pública no Brasil. Coincidência ou não, o ano de 2009 precedeu o ano eleitoral para deputados federais e estaduais, governadores e presidente da república, quando podemos concluir que foi tudo proselitismo, o famoso blá-blá-blá.

        Quando vemos o ministro da justiça falar em controle de explosivos, descobrimos que talvez nem ele saiba que essa regulamentação já exista, onde o Exército é o fiscal por isso. Não precisamos de alguém que "invente a roda", precisamos de alguém que a faça girar...que aumenta a fiscalização e o efetivo nas fronteiras, que valorize que se dispuser em trabalhar em tais locais, pagando salários mais justos; que trate a segurança pública como algo estratégico, não como algo emergencial, midiático.
         
           Esse governo já demonstrou que não é sério, que não trata a segurança pública com o respeito que a sociedade e a categoria esperam. Enrola há quase cinco anos para aprovar a PEC 300, dizendo que a criação do piso nacional da segurança pública é inconstitucional. Falácia, pois, se assim o fosse, o piso nacional dos professores também seria. Esse mesmo governo  enrola há quase dez anos, os agentes penitenciários e sócio-educativos em relação a PEC 308. Esse governo negou o porte de arma para esses mesmos profissionais, enquanto faz o discurso do desarmamento dos civis, vê as fronteiras desguarnecidas e nada faz. Vê os policiais sendo assassinados e nada faz...

       Aliás, por mais que não queiramos falar de política partidária, qual foi a única reforma que o PT fez, nesses 11 anos de poder? Todos sabemos que o Brasil precisa de reformas na base, seja na educação, justiça, saúde, segurança pública, tributária. O país precisa de políticas a médio e longo prazo, não de remendos, jeitinhos ou engodo eleitoreiro. 

       Precisamos construir a cidadania de verdade, não aquela pra inglês ver na copa ou nas olimpíadas de 2016. Segurança pública não se resolve com supositório ou vaselina, mas, com inteligência, informação, efetivo, equipamentos e estratégia. Uma nação sem segurança é uma criança sozinha no pátio (o mundo), com saco cheio de balas...uma hora alguém toma... 

Gravura:Portal O Politizador

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Nova Lei Seca e seus rios de falhas...

 
            Muito se fala da nova Lei Seca, que aumenta a vigilância nas ruas e estradas, reprimindo os motoristas que dirigem embriagados, recolhendo a CNH, prendendo, aplicando multa de R$1.915,00, etc, etc, etc...o problema está justamente na reticência da lei. Como pode o Estado montar todo esse aparato de  fiscalização e ser leniente, deixando brechas, em tese, igualmente criminosas, como fazer vista grossa para os postos de combustíveis que vendem a qualquer hora do dia bebida alcoólica? O sujeito não chega no bar a pé...ele chega geralmente de carro, liga o som para impressionar as "minas", enche a cara de cerveja, vodca ou o que tiver...e vai dirigir o carro obviamente sob o estado etílico que se encontra.

       Nesse caminho em busca da cidadania, se faz necessário que não só os motoristas, mas, que as prefeituras exerçam a fiscalização de posturas e vigilância sanitária, para coibir os postos de combustível que venderem qualquer tipo de bebida alcoólica. Se analisarmos o tamanho do absurdo, seria o mesmo  imaginar churrasqueiras dentro dos postos de combustíveis...já pensou que o risco de tragédia é  o mesmo? Qual a diferença na consequência entre ambos casos?

  foto UOL

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CIRCUITO BRASILEIRO DE VIOLÊNCIA, EM BREVE NA SUA CIDADE...

       Mas, parece piada, se não fossem as centenas e centenas de mortos. Parece um circo armado, e o palhaço é lógico é o cidadão de bem, que paga seus impostos, que acredita nos direitos fundamentais, e sonha, sonha e sonha...

       Os governos, pelo total amadorismo e incompetência, vêem o problema da segurança pública como algo emergencial, algo da consequência midiática, ao invés de tratá-lo como algo a ser planejado, estudado, e resolvido de maneira conjunta. Não adianta cobrar apenas de um órgão, de uma pessoa. As ações devem ser conjuntas, participativas, e óbvio, contar com a participação da população, seja para denunciar, seja para fiscalizar o efetivo cumprimento das ações.

       Se analisarmos friamente, veremos que esses ônibus que estão sendo queimados em Santa Catarina, outrora foram queimados no Espírito Santo, que são queimados em São Paulo, que tem policiais assassinados, que já morreram no Rio de Janeiro, que estão morrendo em Santa Catarina, que serão mortos em qualquer estado brasileiro, pela falta de uma política nacional de segurança pública, sincronizada, com leis atualizadas aos anseios e costumes da sociedade. Não adianta agir de maneira isolada, como se fosse um câncer específico de uma região. Essa "doença" já atingiu todo o país, utópico, que sonha de maneira megalomaníaca em ser grande para o mundo, através da copa e olimpíadas, enquanto continua sendo mesquinho, mentiroso e leniente para com os seus cidadãos.

       Brasil um país de tolos! Onde tem pão e "circos" ou circuitos de violência, onde o palhaço é quem paga o ingresso, quem paga os impostos...Circuito Brasileiro de Violência, em breve na sua cidade! 

         

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Militar de Uberlândia assumirá cadeira como vereador


 A primeira notícia de 2013 é especialmente voltada para os militares e servidores da segurança pública de Uberlândia, que na última eleição para vereador, não conseguiu eleger nenhum policial. Apenas os militares Cabo Emídio e Capitão Duque ficaram como primeiro suplentes em seus respectivos partidos. Segundo informações do G1/Triângulo Mineiro, o Capitão Duque irá assumir a vaga como vereador, no lugar da titular da cadeira, a vereadora Jerônima Carlesso, que pediu afastamento de 35 dias.


  Segundo a lei eleitoral, o servidor público que se afastar da função para exercer cargo eletivo por mais de 30 dias, automáticamente será reformado. Segundo o grupo do deputado Tenente Lúcio, o Capitão Duque, após esses 35 dias como vereador, provalmente deva assumir algum cargo auxiliando a Secretaria de Defesa Social.

  Para a tropa é importante a representação, mesmo sendo provisória, mesmo sendo em âmbito municipal, pois várias demandas estão latentes na caserna, como a mudança da escala de serviço, que atualmente funciona no sistema três serviços uma folga, três serviços duas, onde o policial tem que trabalhar até 60 dias para ter direito a gozar um final de semana com sua família. Além de plano habitacional, cobrança junto ao governo do Estado de maior efetivo, criação da Guarda Municipal e criação do Colégio Tiradentes.

   É claro que um vereador sozinho, e por tão pouco tempo não conseguirá fazer tais articulações, mas, já é um começo, fazendo parte da base do governo, tanto no município, quando no Estado; as coisas hão de ficar mais fáceis, quiçá...

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

FELIZ 2013!!!



        Mais uma virada de ano, graças a JESUS, me perdoem os laicos, mas não tenho vergonha de propagar o meu deus, a minha fé! 


        Estamos passando por um momento na história, apocalíptico mesmo, nada a ver com fim do mundo, esse fim não existirá para as nossas gerações, não agora! Vivemos um momento complicado no mundo inteiro e a tendência é ficar mais difícil, principalmente para os que não creem em nada, será difícil segurar a barra. Os olhos do mundo devem ficar atentos ao conflito em Israel, onde tudo irá começar, (não em 2013, mas nos próximos anos), depois de um acordo de paz. Lá será o palco das grandes mudanças, estopim para a grande crise mundial e fim do sistema capitalista. Não é utopia, não estou bêbado, drogado ou maluco, quem viver...verá...

        Por isso é importante que sejamos nós mesmos, deixa o julgamento dos outros pra lá. Seja e faça aquilo que você acredita, em 2013, 2014...se irão te cobrar, te exigir responsabilidades, assuma as consequências das decisões por você mesmo, não pelo que os outros acham que você deveria fazer. Quem procura a sua identidade nos outros, perde a sua própria, lembre-se disso.

        Lembre-se que ajudar ao próximo é mais prazeroso do que receber ajuda. Ame sem vergonha de se entregar. Fuja das pessoas falsas, bajuladoras. Pra mim, o ano de 2013 será abençoado, com fé e coragem hei de vencer a tropa da intriga, da fofoca e dos conchavos criminosos. Liberdade de expressão é um direito expresso na Declaração Universal dos Direitos Humanos, então não será nenhum mané, revestido de um pseudo poder que irá me calar. Sinceramente tem alguns idiotas que se acham...e puxa sacos que se sustentam em seus cargos as custas dessa adulação...

        Em 2013 ame quem te ama, o resto é luta, suor e vivência. Na vida ganhamos algumas, perdemos outras batalhas, mas o mais importante é acreditar em você, seja qual for a sua profissão. Viva intensamente os momentos com aqueles que você ama, o resto são energias ruins, distantes da palavra do salvador.

           Não seja escravo da moda, da música, de nada que possa te aprisionar, principalmente a sua consciência. Valorize quem te valoriza, do contrário delete de seu ciclo de amizades.

    Aos que prestigiaram este modesto blog, fica meu agradecimento mais sincero, à todos que fidelizaram este blog, seja pelos outros colegas blogueiros do Brasil que linkaram o Blog No Q.A.P aos seus  blogs, seja pelas pessoas simpatizantes que acessam diariamente buscando alguma notícia. Meu muito obrigado, pelos mais de 1.400.000, um milhão e quatrocentos mil acessos, essa vitória é nossa! Números que muito me honram, pois, como puderam perceber, nem sempre posso atualizar todos os dias, pela labuta diária.

        Boas festas, crie metas, estipule prazos e trabalhe para o sucesso, com JESUS em seus corações. Feliz  2013!!!