Seguidores

Mostrando postagens com marcador lula. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador lula. Mostrar todas as postagens

sábado, 15 de junho de 2013

ORAÇÃO DO LULA - (Sensacional)

ORAÇÃO DO LULA! 
Fazei de mim o instrumento do golpe na Constituição... para garantir mais uma reeleição. 

Onde houver mutreta... que eu mostre a maleta; 
Onde houver gorjeta... que seja minha teta; 
Que eu tenha dor na munheca... de tanto encher a cueca; 
Em cada licitação... que alguém molhe a minha mão; 
E que no meu endereço, vença o meu preço; 
Onde houver crachá... que não falte o jabá; 
Onde houver ócio... que eu feche o negócio; 
Onde houver propina... que reservem o da vila campesina; 
Mas sem esquecer do MST, das ONGs e do PT; 
Onde houver colarinho branco... que dobre o lucro do banco; 
Onde houver esquema... cuidado com o telefonema;
E quando tocar o sino... chamem o Genoíno; 
Se mexerem no meu... que venha o Zé Dirceu; 
E, se a proposta for chula... lembrai do custo do Lula. 
Ó Mestre! Que eu tenha poder para corromper e ser corrompido; 
Porque é sonegando que se é promovido; 
É mentindo que se vai subindo; 
Pois enquanto o povo sofre com imposto e inflação, o índio passa o facão, o sem terra faz a invasão... a base aliada entra na negociação e a gente vai metendo a mão... 
E que a pizza seja feita pela vossa vontade enquanto a grana da publicidade levar o povo a aceitar nossa desonestidade como se fosse genialidade... 
AMÉM 

Extraído do facebook

domingo, 5 de maio de 2013

Dívida do Brasil passou de R$ 600 Bilhões para R$ 2,2 Trilhões em 10 anos de PT

Você ouve falar em "DÍVIDA EXTERNA e DÍVIDA INTERNA",em jornais e TV e não entende direito vamos explicar a seguir:
DIVIDA EXTERNA é uma dívida com os Bancos, Mundial,FMI e outras Instituições, no exterior em moeda externa. DIVIDA INTERNA é uma dívida com Bancos em R$ (moeda nacional) no país.
Então, quando LULA assumiu o Brasil,Em 2002, devíamos:
Dívida externa = 212 Bilhões Dívida interna = 640 Bilhões Total da Dívida = 851 Bilhões
Em 2007 Lula disse que tinha pago a dívida externa.
E é verdade, só que ele não explicou que,para pagar a dívida externa,ele aumentou a dívida interna:
Em 2007 no governo Lula:
Dívida Externa = 0 Bilhões Dívida Interna = 1.400 Trilhão Total da Dívida = 1.400 Trilhão
Ou seja, a Dívida Externa foi paga, mas a dívida interna mais que dobrou. Agora, em 2010, você pode perceber que não se vê mais na TV e em jornais algo dito que seja convincente sobre a Dívida Externa quitada. Sabe por que?
É que ela voltou...
Em 2010 no governo Lula:
Dívida Externa = 240 Bilhões Dívida Interna = 1.650 Trilhão Total DA Dívida = 1.890 Trilhão
Ou seja, no governo LULA, a dívida do Brasil aumentou em 1 Trilhão.Daí é que vem o dinheiro que o Lula está gastando no PAC,Bolsa família, bolsa educação, bolsa faculdade, bolsa cultura,Bolsa para presos, dentre outras mais bolsas... E de onde tirou 30 milhões de brasileiros da pobreza?
E não é com dinheiro do crescimento, Mas sim, com dinheiro de ENDIVIDAMENTO.
Os brasileiros, vão pagar muito caro pela atitude perdulária do governo Lula, Que não está conseguindo pagar Os juros dessa "Dívida trilhardária",Tendo que engolir um "spread"(taxa de Juros)Muito caro para refinanciar os "papagaios", Sem deixar nenhum benefício para o povo,Mas apenas DIVIDAS A PAGAR Por todos os brasileiros,Que pagam seus impostos...!!!
A pergunta que não quer calar é:
Dilma Vai continuar esta gastança? REPASSE PELO BEM DO PAÍS ! ACORDA BRASIL !!!
Pepinão do Governo Dilma: dívida superior a R$ 2 trilhões.
As contas do governo vão ficar mais "no vermelho" em 2013. Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, após atingir a marca inédita de R$ 2 trilhões no ano passado, a dívida pública (que inclui as dívidas externa e interna) vai continuar crescendo este ano, e pode chegar a R$ 2,24 trilhões – R$ 232 bilhões a mais em relação a 2012, e mais do dobro do que o governo federal arrecadou com impostos e tributos no ano passado (R$ 1,02 trilhão, valor que foi recorde histórico).
Segundo os dados do Tesouro, nos últimos oito anos a dívida pública dobrou: em 2004, o estoque de dívida estava em R$ 1,01 trilhão, subindo para R$ 2 trilhões no fechamento do ano passado – um crescimento de 98,8%. Os dados constam no Plano Anual de Financiamento (PAF) do Tesouro Nacionalx para o ano de 2012, divulgado nesta quinta-feira (21). O documento prevê um patamar entre R$ 2,1 trilhões, o que representaria um crescimento de R$ 92 bilhões, e R$ 2,24 trilhões, para a dívida pública brasileira no fim deste ano. Deste modo, a estimativa de expansão da dívida pública, em 2013, é de 4,58% a 11,55%.
Os vencimentos da dívida pública acontecem entre 2013 e 2041, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional. A maior parte está concentrada nos primeiros doze meses (24,38% - patamar de dezembro do ano passado). Outros 20% vencem de um a dois anos, ao mesmo tempo em que 15,3% vencem entre dois e três anos. Deste modo, que 59,7% da dívida está prevista para vencer até o final de 2015.
Operações com o BNDES
Da expansão da dívida pública de cerca de R$ 1 trilhão nos últimos oito anos, R$ 280 bihões referem-se a emissões de títulos públicos para capitalizar do BNDES, ou 28% da alta total. Em 2009, o Tesouro emitiu R$ 100 bilhões para o banco público, valor que passou para R$ 80 bilhões em 2010, para R$ 45 bilhões em 2011 e para R$ 55 bilhões no ano passado.
"Dentro das bandas do PAF [mínima e máxima para crescimento da dívida pública], estão contidas emissões que o governo venha a fazer para o BNDES [captação de recursos para injetar no banco]. Não definimos o valor ainda. Ano a ano a gente tem definido este valor. Está prevista [emissão para o BNDES], mas o governo não divulga neste momento porque o governo não definiu isso", declarou o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin. Em 2012, o Tesouro Nacional emitiu R$ 55 bilhões para o BNDES – impactando para cima a dívida pública em igual proporção.
CADA cidadão brasileiro tem uma dívida , feita pelo Governo Petista, de quase 1.0 MILHÃO DE REAIS.
Entenderam porque querem ressuscitar a CPMF?
Economista Waldir Serafim.

sábado, 27 de abril de 2013

Rosemary e um mar de mensagens eletrônicas que não vieram à tona ainda



E-mails que ainda não começaram a ser vasculhados
A devassa que começou a ser feita nas mensagens eletrônicas de Rosemary Noronha está apenas no início. Além do rosemary@planalto.gov.br, usada em boa parte das articulações flagradas pela Operação Porto Seguro, outros oito e-mails eram acessados pela ex-chefe do Escritório da Presidência em São Paulo.
Por Lauro Jardim/Veja

domingo, 7 de abril de 2013

Populismo, Lula e os torcedores presos na Bolívia



    Quando a política e o populismo se mostra podre, perverso e altamente oportunista. Como pode vermos o ex-presidente Lula vestindo a camisa do "Curintians", o atual campeão mundial, time da massa de São Paulo, segunda maior torcida do Brasil, tudo lindo e maravilhoso...isso dá voto.


     O estranho que depois da tragédia na Bolívia, que culminou na morte do menino rebele, que desafiou os pais, para ver o jogo, e depois morreu alvejado por aquele sinalizador. Mas, a pergunta que não quer quer calar: Cadê o Lula? Cadê os oportunistas? Cadê o populismo desportivo, que aparece nas vésperas das grandes decisões?

 Pela "amizade" que Evo Morales, presidente da Bolívia, tem com o ex-presidente Lula, bastava um telefonema para resolver o cárcere privado contra os torcedores brasileiros, que apesar de estarem na mesma torcida, efetivamente não dispararam nenhum tipo de bomba ou artefato que atingisse alguém.

  É por essas e outras, que vemos o quanto o populismo se vale das torcidas, das paixões para anestesiar as massas, em troca de votos. Pior ainda foi o papel apagado, submisso e vergonhoso da embaixada brasileira, que pouco ou nada fez para reverter a situação dos corinthianos.

   Não são torcedores do Corínthians que estão presos; são brasileiros que estão sendo vítimas de uma grande injustiça, já comprovada pela perícia brasileira. Lula, saia de cima do muro, tome postura de líder, de  cidadão, de ex-presidente, ligue para o Evo Morales e resolva diplomaticamente. Para a torcida corinthiana, espero que depois dessa, vocês não continuem acreditando que Lula é torcedor do Corinthians...seria o mesmo que acreditar em papai noel....

sábado, 12 de janeiro de 2013

Hacker chantageia Lula em US$ 25 milhões para não divulgar na internet dados comprometedores



Luiz Inácio Lula da Silva é vítima de uma milionária chantagem cibernética. Um hacker está cobrando a bagatela de US$ 25 milhões, em troca da não divulgação pública de informações financeiras supostamente comprometedoras do ex-Presidente da República Sindicalista do Brazil. O escândalo está providencialmente abafado por aqui – como de costume. Mas pode vazar na imprensa internacional.

A ordem do chantagista é que os milhões de dólares para o “silêncio” fossem depositados em uma conta bancária na Chechênia – de onde opera uma das mais famosas máfias da Federação Russa. O bandido do mundo virtual fez sua ameaça em uma carta (com dados criptografados). Não se sabe por qual motivo específico, o material com a ameaça endereçada a Lula foi entregue no consulado do Brasil, no Chile.

O criminoso invasor de computadores garante ter em seu poder os códigos de segurança de duas caixas de segurança que Lula teria em dois bancos na França. O hacker também assegura ter outras informações pessoais e sigilosas sobre Lula, seus familiares, além de políticos e empresários parceiros em negócios. O certo é que a temporada de dossiês contra o governo e políticos está mais que escancarada no Brasil.

O pirata chantagista seria o mesmo que divulgou criminosamente, no Twitter, o número do CPF, telefone, empresas e propriedades supostamente em nome de Lula e de outros condenados no processo do Mensalão. Até a chantagem ainda não tornada pública, o hacker alegara que divulgava os dados como um protesto contra a Justiça brasileira, apostando que toda a onda de corrupção denunciada no governo Lula “acabaria em nada”. 

Em férias em Angra dos Reis, curtindo as mordomias na mansão do bilionário José Seripieri Júnior (controlador da Qualicorp, a maior gestora de planos de saúde do Brasil), Lula permanece providencialmente calado sobre todos os escândalos que afetam seu nome e reputação. Lula já sabe que é o alvo de um grande esquema ilegal de espionagem para acabar com sua carreira política. Só não consegue identificar, com precisão, quem é o mandante principal dos ataques que vem sofrendo desde que estourou a Operação Porto Seguro, da Polícia Federal.

Lula já não sabe como lidar com o desgaste de ser convocado, a qualquer momento, pelo Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, para “prestar esclarecimentos” sobre a atuação de sua apadrinhada Rosemary Nóvoa Noronha em grandes esquemas de corrupção e tráfico de influência. Gurgel já tem em seu poder documentos que comprometem Rose e confirmam sua relação de muita intimidade e ligações permanentes com Lula. São vídeos, fotografias e notas fiscais de gastos acima do padrão salarial de uma mera servidora pública que ocupava o cargo de confiança de Secretária da Presidência da República em São Paulo.

O começo de ano com final 13 (o número do PT) parece azarento para Lula – que não conta mais com foro privilegiado ou qualquer tipo de imunidade para se blindar em investigações ou processos de investigação abertos a pedido do Ministério Público Federal.


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net 
Por Jorge Serrão – serrao@alertatotal.net 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Filmagens ligam Lula a negócios de Rose e Cachoeira


O Ministério Público Federal teria acesso a filmagens feitas em Nova York, registrando os passeios entre o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua amiga Rosemary Nóvoa Noronha. Um dos encontros mostra os dois se divertindo em compras na Macy´s – famosa grife da Big Apple. Investigadores também têm acesso a uma fotografia de Lula e Rose abraçados nos momentos de felicidade e vaidade no usufruto do poder. A foto foi oferecida a revistas e jornais brasileiros – que ficaram com medo de comprar.

As investigações têm acesso a outras filmagens que mostram os fortes laços entre Lula e Rose. Os dois foram flagrados em momentos de alegria e intimidade durante viagem a um país da África – provavelmente Angola. Reservadamente, o Ministério Público Federal já recebeu informações - obtidas pela Inteligência das Forças Armadas - indicando que Rose seria intermediária de negócios com diamantes, em parceria com os filhos do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos. No meio do negócio, estaria também um alto-dirigente de uma grande empreiteira brasileira.

Militares descobriram que Rosemary utilizava um passaporte exclusivo de membros do primeiro escalão governamental para viagens de negócio ao exterior que fazia sem a presença do amigo Lula. Serviços de inteligência das Forças Armadas receberam informes de que Rose participaria de negócios com diamantes em pelo menos cinco países: Bélgica, Holanda, França, Inglaterra e Alemanha. As pedras preciosas seriam originárias de negócios ocultos feitos pela cúpula petralha na África, principalmente Angola. Tal informação também foi passada à PGR pelos militares.

Foram detectadas dezenas de viagens não-oficiais de Rosemary ao exterior, para "passeios de negócios". O passaporte especial a denunciou. Foram 23 para a França. Para Suíça, ocorreram 18, por via terrestre, partindo de Paris, e mais quatro por via aérea. Rose também fez 12 deslocamentos de avião para a Inglaterra. Outras sete viagens para o Caribe e os Estados Unidos, aconteceram de navio – de acordo com a inteligência militar brasileira.

Tais informações sigilosas sobre o Rosegate não aparecem nas 600 páginas do inquérito da Operação Porto Seguro. Pelo teor explosivo, podem até ser abafadas – o que será nada fácil na atual “temporada de caça ao Lula”. De concreto, a FAB já tem todo um dossiê sobre as viagens que Rose fazia. Tudo já está em poder do Ministério Público Federal. O seio do Rosegate está exposto. Falta apenas comprovar, publicamente, que Lula tinha seus braços no meio dele.

Mais conhecida como “Doutora Rose”, a exonerada chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo já está indiciada pela Polícia Federal por formação de quadrilha, corrupção ativa e tráfico de influência, como “braço político” de um esquema que fraudava pareceres ou criava vantagens para empresários corruptos em negócios com o governo Lula-Dilma. Lula será convidado pelo Ministério Público Federal a prestar esclarecimentos sobre sua relação política – e, eventualmente, de negócios – com a querida Rosemary.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ROSE, AMIGA DE LULA: CARRO FORTE P/ TRANSPORTAR 25 MILHÕES



Lula e Rose e muita grana...

MADAME ROSE, QUE ACOMPANHAVA O LULA NAS VIAGENS OFICIAIS ERA PORTADORA DE PASSAPORTE DIPLOMÁTICO, COMO TAMBÉM ERA PORTADORA DE MALA DIPLOMÁTICA LIVRE DE INSPEÇÃO EM QUALQUER ALFÂNDEGA DO MUNDO.

MAS, COMO TUDO NA VIDA TEM UM "MAS", QUANDO ESTA MALA DIPLOMÁTICA LEVA DINHEIRO O PORTADOR É OBRIGADO A DECLARAR NO PORTO DE DESTINO, QUAL O VALOR QUE CONTÉM NESTA MALA DIPLOMÁTICA .
(lembra da bispa que levava 10 mil dólares dentro de uma Bíblia nos USA.....foi presa por omitir)

NA VIAGEM QUE O LULA FEZ A PORTUGAL DONA ROSE DECLAROU QUE HAVIA 25 MILHÕES DE EUROS E REQUISITOU UM CARRO FORTE PARA TRANSPORTAR OS VALORES.

A REQUISIÇÃO DO CARRO FORTE ESTÁ NA DECLARAÇÃO DE DESEMBARQUE DA PASSAGEIRA E A QUANTIA EM DINHEIRO TRANSPORTADA PARA PORTUGAL NA ADUANA DA CIDADE PORTO EXIGE UM DECLARAÇÃO DE BAGAGEM DE ACORDO COM AS LEIS INTERNACIONAIS.

ESTA DECLARAÇÃO ESTÁ NOS ARQUIVOS DA ALFÂNDEGA.
O DINHEIRO TINHA COMO DESTINO A AGÊNCIA CENTRAL DO BANCO ESPÍRITO SANTO DA CIDADE.
PORÉM, A EMPRESA QUE PRESTA SERVIÇOS DE CARRO FORTE TAMBÉM EXIGE PAGAMENTO POR PARTE DO DEPOSITÁRIO, COMO UM SEGURO DE VALORES, DEVIDAMENTE IDENTIFICANDO O BENEFICIÁRIO E O RESPONSÁVEL PELO TRANSPORTE DO DINHEIRO.

NO CASO A RESPONSÁVEL ERA MADAME ROSE E O BENEFICIÁRIO NO CASO DE SINISTROS SENHOR LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.
ESSES DOCUMENTOS GERADOS ESTÃO ARQUIVADOS NA ADUANA DO 
AEROPORTO INTERNACIONAL “FRANCISCO DE SÁ CARNEIRO- OPORTO (Cidade do Porto).

COMO ESSES DOCUMENTOS NÃO SÃO BANCÁRIOS LOGO, NÃO SUJEITOS A SIGILO BANCÁRIO, A APÓLICE DE SEGURO PARA O TRANSPORTE ATÉ BANCO ESPÍRITO SANTO É PÚBLICA E FACILMENTE RASTREADA E CONSULTADA POR QUALQUER CIDADÃO PORTUGUÊS A PEDIDO DO MINISTÉRIO DE PORTUGAL.

DESDE QUE SEJA ACIONADO POR ALGUM CIDADÃO. E ESTES PROCEDIMENTOS PODEM SER CONSULTADOS INCLUSIVE PARA RASTREAR DINHEIRO DE DROGAS.
O DEPÓSITO ESTA PROTEGIDO PELO SIGILO BANCÁRIO PORÉM, AO CONTRATAR OS SERVIÇOS DE SEGURANÇA ABRIU-SE A BRECHA..."Revoltados ON LINE, PONHA NA REDE ANTES DA REVISTA VEJA..." Fonte: Mister VRANONIM.


Assinado
Marcello Reis
Fundador Revoltados ON LINE
Há sempre um Revoltado ON LINE em TODO lugar, SEMPRE HÁ !@!


domingo, 25 de novembro de 2012

PF tem gravações que revelam como Rose discutia negócios com “Tio” Lula e Dirceu


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net 
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net  
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net 

Exclusivo – A Polícia Federal está atrás de um motoboy chamado Roberto. O motociclista profissional, que está desaparecido, tem em seu poder 10 comprometedores envelopes com documentos de alto interesse para a Operação Porto Seguro. O rapaz simplesmente não cumpriu a missão de entregar o material enviado ao consultor José Dirceu de Oliveira e Silva pela agora exonerada chefe de Gabinete da Presidência da República, Rosemary Novoa de Noronha.

Amiga pessoal do ex-Presidente Lula da Silva, ela foi indiciada por coordenar um mega esquema de corrupção ativa e tráfico de influência para beneficiar empresas que faziam negócios com o Governo Federal. A avaliação geral é que Rose não tinha competência para comandar, sozinha, um esquema tão complexo. Logo, Rose tinha um chefão por trás dela. Quem era? A PF e o MPF só não descobrem se não quiserem.

Outra bomba mantida em sigilo da Operação Porto Seguro deixa Lula e Rose na maior saia justa. A Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, já está de posse de 122 gravações de conversas telefônicas entre Luiz Inácio Lula da Silva e Rosemary Novoa de Noronha. Ele a chamava de “Rose” ou “Rosa”. Ela o tratava pelo amoroso apelido de “Tio”. Nas conversas, Rose passava ao amigo informações sobre quem deveria receber em audiência e para quem deveria mandar documentos.

Todo esse material sigiloso – que pode ser varrido do mapa pelas conveniências do poder – foi recuperado por uma empresa de alta tecnologia paulista que pode tornar públicas as informações, caso sofra ameaças ou retaliações. Os arquivos foram recuperados de um computador cujo Hard Disk (HD) fora formatado, na vã tentativa de esconder e eliminar informações comprometedoras. O azar dos bandidos é que a empresa, com tecnologia israelense, consegue salvar 100% dos dados de um disco rígido que tenha sido formatado até oito vezes seguidas.

Agora, o medo maior do Palácio do Planalto é que vazem documentos ainda mais comprometedores sobre Rose e suas ligações pessoais e de negócios com Lula – e também com José Dirceu. A Presidenta Dilma Rousseff fará neste domingo sua terceira reunião seguida do desesperado Gabinete de Crise. Neste sábado, em mais uma tensa sessão de espinafração, Dilma resolveu exonerar Rosemary Novoa de Noronha. Como ela não pediu exoneração, conforme fora aconselhada a fazer, acabou saída por Dilma. A Presidenta escalou seu Secretario-Geral Gilberto Carvalho para transmitir a terrível notícia a Lula, assim que ele desembarcou da viagem à Índia. Continue lendo no Alerta Total

sábado, 3 de novembro de 2012

Revista diz que Lula estaria envolvido em Homicidio de Prefeito de seu partido



Revista "Veja" traz reportagem sobre depoimento de Valério (Foto: Reprodução)
Uma reportagem publicada na revista "Veja" deste fim de semana relata trechos de um novo depoimento de Marcos Valério, condenado pelo Supremo Tribunal Federal como operador do mensalão, ao Ministério Público Federal. Segundo a reportagem, "Valério afirma que o PT lhe pediu dinheiro para calar um empresário" que ameaçava envolver o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu chefe de gabinete, Gilberto Carvalho, no assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, em 2002. Valério diz que negou dar o dinheiro, mas que o empresário acabou sendo pago por um amigo pessoal do ex-presidente.
Esse novo depoimento foi dado em setembro, quando Valério já havia sido condenado no julgamento do mensalão. Segundo reportagem publicada na quinta (1º) no jornal “O Estado de São Paulo”, que revelou a existência do depoimento, Valério marcou espontaneamente uma audiência com o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e pediu para ser incluído no programa de proteção à testemunha em troca de mais detalhes das acusações sobre o esquema do mensalão. O jornal afirma que o depoimento está sob sigilo.
A revista "Veja" traz pontos do que seria o depoimento. Valério, na condição de responsável por arrecadar dinheiro para financiar ações clandestinas do PT, diz que testemunhou uma cena de chantagem contra Lula e Carvalho, extorquidos por pessoas envolvidas na corrupção do governo Celso Daniel, entre eles, o empresário Ronan Maria Pinto, segundo a reportagem.
Ainda conforme a revista, Valério relata que foi chamado para resolver o problema e, durante reunião com o então secretário-geral do partido, Silvio Pereira, e Ronan Maria Pinto, disse: "Nisso aí eu não me meto, não". Valério diz, conforme "Veja", que Ronan obteve a propina e que o pagamento foi feito por um amigo pessoal de Lula. "Envolve um banco que não faz parte do mensalão", segundo ele disse.
Celso Daniel era prefeito de Santo André (SP) pelo PT quando foi sequestrado em 18 janeiro de 2002 na Zona Sul de São Paulo. Seu corpo foi encontrado dois dias depois numa estrada em Juquitiba, na região metropolitana. A investigação da polícia concluiu que ele foi vítima de um crime comum. Mas promotores dizem que ele foi morto a mando de um grupo que comandava um esquema de propina em Santo André, do qual Ronan Maria Pinto faria parte.
O Instituto Lula, que representa o ex-presidente, e o procurador-geral da República informaram ao G1 que não vão se pronunciar sobre a reportagem.
Procurada pelo G1, a assessoria do ministro Gilberto Carvalho informou, por meio de nota, que ele "desconhece" a denúncia publicada por "Veja" e que "nunca teve conhecimento de qualquer ameaça ou chantagem feita pelo senhor Ronan Maria Pinto, diretamente ou por terceiros". Carvalho, segundo a nota, afirma que "nunca teve qualquer contato com Marcos Valério, nem pessoalmente, nem por email, telefone ou outro meio".
Segundo a revista "Veja", Silvio Pereira não foi localizado. O G1 tentou contato e não conseguiu.
Valério diz que tem mais revelaçõesSegundo a reportagem da revista "Veja", Valério afirmou ter mais para contar sobre o esquema, ter como provar que Lula "sabia de tudo" e que passaram pelos caixas do mensalão R$ 350 milhões, mais do que o valor rastreado pelas investigações.
Valério, de acordo com a revista, também teria o que revelar sobre o escândalo dos aloprados, ocorrido em 2006, quando militantes petistas foram presos em um hotel de São Paulo com R$ 1,7 milhão em dinheiro, que seria usado para comprar um falso dossiê contra adversários do partido. Segundo a revista, Valério afirmou saber o nome do empresário que arrumou o dinheiro.
Acusado pelo Ministério Público de ser o operador do mensalão, Valério foi considerado culpado pelo Supremo por cinco crimes (corrupção ativa, evasão de divisas, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e peculato) e condenado a 40 anos, 1 mês e 6 dias de prisão - até o final do julgamento o tamanho da pena ainda pode mudar. As penas de prisão e multa ainda serão ajustadas e podem aumentar ou diminuir a depender da "coerência" e do papel de cada um no esquema, segundo ministros do Supremo.
Valério responde a cerca de dez processos pelo país, como a ação sobre o mensalão tucano e suposta fraude em empréstimo no BMG, que tramitam em Minas Gerais.
Segundo o procurador-geral da República, eventuais informações que Marcos Valério pudesse fornecer por meio de um acordo de delação premiada não poderiam mais ser utilizadas no processo do mensalão, em fase final de julgamento no STF (leia: "Informação resultante de delação não poderia mais ser usada, diz Gurg

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Lula é alvo de ação na Justiça Federal por improbidade


DÉBORA ÁLVARES - Agência Estado
A Justiça Federal deve decidir na próxima semana se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será sentenciado ou não por improbidade  administrativa. Ele e o ex-ministro da Previdência Social Amir Lando são acusados pelo Ministério Público Federal de usar a máquina pública em favor do BMG, um dos bancos que cederam empréstimos irregulares ao PT no mensalão, segundo o ex-procurador-geral da República Antônio Fernando de Souza.
Responsável pelo caso, o juiz Paulo Cezar Lopes, da 13.ª Vara Federal, disse ao Estadoestar na fase de análise das alegações das defesas e tem a intenção de divulgar a sentença já na próxima semana. "Estou analisando os documentos e tento dar certa prioridade a isso, mas não tenho como me debruçar apenas sobre um caso."
A ação foi apresentada pelo MP em fevereiro de 2011. Um ano depois, estava pronta para ser julgada. A demora na decisão foi criticada ontem pelo advogado Luiz Francisco Corrêa Barbosa, defensor do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB). Segundo a procuradora responsável, Luciana Loureiro Oliveira, a irregularidade se refere ao envio de mais de 10 milhões de cartas a segurados do INSS, entre outubro e dezembro de 2004, ao custo de R$ 9,5 milhões, que informavam sobre a possibilidade de obtenção de empréstimos consignados. Após as cartas, o lucro do BMG pulou de R$ 90 milhões, em 2003, para quase R$ 280 milhões, em 2004.
Na defesa de Lula, apresentada em fevereiro, a Advocacia-Geral da União pede o arquivamento da ação, e argumenta que Lula não fez "propaganda gratuita" para o BMG, pois, quando do envio da carta, o banco concorria com a Caixa, que já estava no mercado de consignado.
Foto extraída doarquivo Google

quinta-feira, 21 de junho de 2012

O PT PRIVATIZOU A RIQUEZA E SOCIALIZOU A POBREZA


Recheou as massas com proselitismo barato, segregou o povo e fez as piores alianças nunca antes visto, na história deste país, republico este belo texto do professor Marco Antonio Villa, por achá-lo pertinente e contundente em suas colocações, sobre este ser FASCISTA e protótipo de DITADOR que usou-se do populismo barato, para enganar um povo tão carente de bons políticos e pessoas de BEM para gerir a máquina pública estatal. 
Em síntese, o texto abaixo é a prova maior de que o FASCISMO É FASCINANTE E DEIXA GENTE IGNORANTE FASCINADA.
MARCO ANTONIO VILLA
Luiz Inácio Lula da Silva tem como princípio não ter princípio, tanto moral, ético ou político. O importante, para ele, é obter algum tipo de vantagem. Construiu a sua carreira sindical e política dessa forma. E, pior, deu certo. Claro que isso só foi possível porque o Brasil não teve ─ e não tem ─ uma cultura política democrática. Somente quem não conhece a carreira do ex-presidente pode ter ficado surpreso com suas últimas ações. Ele é, ao longo dos últimos 40 anos, useiro e vezeiro destas formas, vamos dizer, pouco republicanas de fazer política.
Quando apareceu para a vida sindical, em 1975, ao assumir a presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, desprezou todo o passado de lutas operárias do ABC. Nos discursos e nas entrevistas, reforçou a falácia de que tudo tinha começado com ele. Antes dele, nada havia. E, se algo existiu, não teve importância. Ignorou (e humilhou) a memória dos operários que corajosamente enfrentaram ─ só para ficar na Primeira República ─ os patrões e a violência arbitrária do Estado em 1905, 1906, 1917 e 1919, entre tantas greves, e que tiveram muitos dos seus líderes deportados do País.
No campo propriamente da política, a eleição, em 1947, de Armando Mazzo, comunista, prefeito de Santo André, foi irrelevante. Isso porque teria sido Lula o primeiro dirigente autêntico dos trabalhadores e o seu partido também seria o que genuinamente representava os trabalhadores, sem nenhum predecessor. Transformou a si próprio ─ com o precioso auxílio de intelectuais que reforçaram a construção e divulgação das bazófias ─ em elemento divisor da História do Brasil. A nossa história passaria a ser datada tendo como ponto inicial sua posse no sindicato. 1975 seria o ano 1.
Durante décadas isso foi propagado nas universidades, nos debates políticos, na imprensa, e a repetição acabou dando graus de verossimilhança às falácias. Tudo nele era perfeito. Lula via o que nós não víamos, pensava muito à frente do que qualquer cidadão e tinha a solução para os problemas nacionais ─ graças não à reflexão, ao estudo exaustivo e ao exercício de cargos administrativos, mas à sua história de vida.
Num país marcado pelo sebastianismo, sempre à espera de um salvador, Lula foi a sua mais perfeita criação. Um dos seus “apóstolos”, Frei Betto, chegou a escrever, em 2002, uma pequena biografia de Lula. No prólogo, fez uma homenagem à mãe do futuro presidente. Concluiu dizendo que ─ vejam a semelhança com a Ave Maria ─ “o Brasil merece este fruto de seu ventre: Luiz Inácio Lula da Silva”. Era um bendito fruto, era o Messias! E ele adorou desempenhar durante décadas esse papel. Continue lendo no BLOG REVOLTADOS ONLINE

terça-feira, 24 de abril de 2012

Ex-amigo de Palocci revela que Cachoeira usou angolano para doar R$ 1 milhão ao caixa 2 de Lula em 2002

Leia mais artigos no site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

A CPI do Cachoeira tem tudo para desaguar nos negócios ocultos do companheiro $talinácio em Angola. O bicheiro Carlos Augusto Ramos derramou R$ 1 milhão no caixa 2 da campanha presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002. A contrapartida seria o empenho de Lula em legalizar os bingos. A revelação é de Rogério Buratti – ex-assessor e amigo de Antônio Palocci Filho – o mesmo ex-ministro da Fazenda que foi o sucessor do falecido Celso Daniel na coordenação financeiro da primeira campanha presidencial vitoriosa de Lula. 

Buratti dedura que o intermediário da doação oculta foi o angolano Roberto Carlos Kurzweil. O empresário foi sócio de Artur José Valente de Oliveira Caio e José Paulo Teixeira Cruz Figueiredo, o Vadinho, dois bingueiros de nacionalidade angolana que foram investigados pela CPI dos Bingos por supostamente terem doado R$ 1 milhão à campanha de Lula em 2002. O retorno da história ao noticiário – feito pelo jornalista Cláudio Humberto – forçou Lula a deixar de lado seu tratamento pós-câncer e baixar hoje, de emergência, em Brasília, para reforçar sua blindagem na CPI do Cachoeira.

A tendência é que, mais uma vez, as denúncias dêem em nada. Como a doação milionária não apareceu na contabilidade da campanha de Lula, é como se ela não tivesse existido. Não há provas. Tudo fica no campo do denuncismo. Na CPI, Cachoeira não deve comprometer o PT. Seu advogado Marcio Thomaz Bastos – que opera em sintonia com Lula – não deixará que a petralhada seja queimada. Mas se um Rogério Buratti da vida aparecer para depor podem aparecer novas revelações sobre arrecadação de recursos clandestinos que se transformam em dinheiro para negócios legais da turma ligada a Lula e ao PT. Continue lendo no ALETA TOTAL

domingo, 18 de março de 2012

Cardiologista denuncia médico de Dilma e Lula


O renomado médico, porém, está sendo acusado de se aproveitar da importante roda de amigos que possui para se beneficiar de diversas formas. As acusações formais são de formação de quadrilha e tráfico de influência, e partem do também cardiologista Leonardo Vieira da Rosa, médico do Incor e do Hospital Sírio-Libanês e editor do site de notícias sobre a área CNCardio, onde foi publicada a íntegra de sua carta.
Nela, há 11 tópicos, que nomeiam pessoas que beneficiam – e são beneficiadas – pelo médico de Lula, além de acusações contra o cardiologista, que vão de assédio moral a uma fraude envolvendo o Incor, onde manteria vínculo trabalhista mesmo sem comparecer e prestar serviços. “Esse senhor se faz valer de influências políticas para atingir objetivos acadêmicos e profissionais”, acusa Vieira da Rosa.
Clique aqui e leia a carta publicada no CNCardio.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Embaixador dos EUA vê corrupção 'generalizada' na era Lula (por isso Obama disse: "esse é o cara"...)


A diplomacia americana considera que a corrupção durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva era "generalizada e persistente" e atingia todos os Três Poderes. A avaliação foi revelada em uma carta enviada há um ano e meio pelo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, ao procurador-geral americano, Eric Holder. 
Na carta, que servia como uma preparação para a visita de Holder ao Brasil, Shannon fez ainda um raio-X da Justiça brasileira, acusando-a de "despreparada" e "disfuncional". O documento foi revelado esta semana pelo WikiLeaks. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Mesmo no último ano do governo Lula, a percepção americana não havia mudado sobre a presença da corrupção na administração
Mesmo no último ano do governo Lula, a percepção americana não havia mudado sobre a presença da corrupção na administração
Documentos de 2004 e 2005 revelaram a mesma preocupação das autoridades americanas e mesmo o risco de os escândalos do mensalão acabarem imobilizando o governo. Mesmo no último ano do governo Lula, a percepção americana não havia mudado sobre a presença da corrupção na administração. E o fenômeno não se limitaria aos Três Poderes. Segundo Shannon, as forças de ordem também seriam prejudicadas por "falta de treinamento, rivalidades burocráticas, corrupção em algumas agências e uma força policial muito pequena para cobrir um país com 200 milhões de habitantes". 
Outra constatação da diplomacia americana foi sobre os problemas enfrentados pela Justiça no Brasil. "Apesar de muitos juristas serem de alto nível, o sistema judiciário brasileiro é frequentemente descrito como sendo disfuncional, permeado por jurisdições que se acumulam, falta de treinamento, burocracia e atrasos", escreveu o embaixador. Para Shannon, "polícia, procuradores e juízes precisam de treinamento adicional" no Brasil. "Procuradores e juízes, em especial, precisam de treinamento básico para ajudá-los a caminhar em direção a um sistema acusatório mais eficiente", escreveu.