Seguidores

Mostrando postagens com marcador jose beltrame. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador jose beltrame. Mostrar todas as postagens

domingo, 16 de outubro de 2016

Beltrame sai e avisa: governo não pagará dezembro e 13º salário


O mesmo dia em que confirmou sua saída do cargo, o secretário estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, pintou um quadro nebuloso quanto ao pagamento dos servidores da pasta nos próximos meses. Ele disse ontem que além do 13º não estaria garantido o pagamento do salário de dezembro do pessoal da pasta, em mais um capítulo da grave crise financeira que o estado vive. "Nada está garantido", disse Beltrame, em entrevista.

Subsecretário da própria pasta, Roberto Sá assumirá o cargo de titular. 
Desde o começo da gestão do governador licenciado Luiz Fernando Pezão, Beltrame vinha atuando para tentar garantir os recursos necessários para a Segurança e evitar que os servidores fossem atingidos pela crise.  Continue lendo no blog do SOS PM

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Segurança Pública do Rio em crise financeira, política, moral

   Depois da onda de roubos sucessivos no Rio de Janeiro, estado que vai sediar as Olimpíadas 2016, o governador "Pezão" resolveu dividir a culpa para os altos índices de crimes com a justiça. Segundo ele a polícia está fazendo o seu trabalho apesar das dificuldades. Inclusive irá contratar mais centenas de pms e policiais civis, mas, se a justiça manda soltá-los...Analisando a fala do governador até poderíamos dizer que ela está correta, que seria uma "verdade". Seria! Assim como não é verdade que o desarmamento da população soluciona os crimes.

   O PMDB, partido do governador, está no poder desde 2002, sempre apoiando a política fracassada de segurança do partido dos trabalhadores. Aliás, eles têm a maioria tanto no Senado como na Câmara de Federal. E aí, de que adianta essa maioria governador? Os juízes trabalham com leis. É redundante, mas, todos sabem que a justiça não cria leis. No máximo vota pautas polêmicas e por vezes impopulares, quando a hipocrisia política não quer encarar determinada polêmica. 

   Outra falácia que parte da mídia, muitas financiadas pelos governos não querem admitir, é que o desarmamento dos civis não tem relação nenhuma com os altos índices. Se assim fosse não veríamos ou viveríamos na idade da pedra com criminosos atacando suas vítimas com facas. De que valeu o referendo de 2003 que disse Não ao desarmamento? (Clique e leia mais sobre o referendo). Não é uma democracia? A vontade popular não deveria, em tese, ser respeitada? A voz do povo nesse caso, decididamente não foi a "voz de deus".

   Então governador do Estado do Rio de Janeiro, o senhor deveria era pressionar a bancada do PMDB no Congresso Nacional, especialmente o presidente da Câmara Federal, deputado carioca Eduardo Cunha, do mesmo partido do senhor, para que se mexa e vote as reformas de que tanto o país clama. Fazer teatro, jogo de cena para as emissoras e o povão desinformado já não faz efeito. O povo está sentindo literalmente na pele as consequências da inércia sua e de seu partido. Enquanto isso as verbas de gabinete dos deputados foram aprovadas. Enquanto isso os helicópteros das polícias estão parados por falta de recursos (lei mais...) para pagar as empresas que fazem as respectivas manutenções. Enquanto isso o senhor Secretário de Segurança Pública do mesmo Rio José Mariano Beltrame, está denunciado pelo Ministério Público pela compra de várias viaturas, em tese, com preço superfaturado. 

   Que se faça justiça governador...

quinta-feira, 2 de abril de 2015

PM VAI DEVOLVER 300 VIATURAS (e o superfaturamento das viaturas de Beltrame?)


      É lamentável que o Rio de Janeiro, tão sofrido com as violência crescente, refém de propagandas do governo que idealizou um estado "pacificado" e que vê seus trabalhadores da segurança pública sendo caçados pela criminalidade. Todos os dias há confronto e policiais feridos ou brutalmente assassinados. Em contrapartida vemos o secretário de segurança pública, senhor José Mariano Beltrame, denunciado pelo Ministério Público, por supostas compras de viaturas superfaturadas, (clique e leia). Leia mais detalhes da denuncia (clique e leia detalhes no JB). Ou seja, se a crise nas finanças da segurança pública está declarada ao ponto do Estado ser obrigado a devolver 300 viaturas, com certeza, um dos motivos está no passado recente onde houve má gestão da república.  PM vai devolver 302 viaturas, leia no O DIA.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

RJ - Delegados vão entrar com ação por danos morais contra Secretário de Segurança


Rio - Os delegados da Polícia Civil vão entrar com uma ação cível coletiva por danos morais contra o secretário de Segurança Pública, Mariano Beltrame. A decisão foi tomada nesta segunda-feira após uma reunião entre dois sindicatos que representam a classe, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Rio (Sindelpol) e a Associação dos Delegados de Polícia (Adepol-RJ).

"Foi deliberado desta forma, que haverá uma açao coletiva (todos os delegados) por danos morais contra o secretário. Enquanto não tiver uma retratação por parte dele será feito o procedimento (processo)", disse Leonardo Affonso, presidente do Sindelpol.

O racha entre a Secretaria de Segurança e a Polícia Civil começou depois de uma entrevista no jornal O Globo, onde José Mariano Beltrame apresentou uma proposta de delegacias em favelas com UPPs e disse que seria necessário colocar agentes 'sem vícios de guerra e corrupção'.

Além do processo coletivo, na reunião realizada no Centro do Rio ficou decidido que os delegados serão consultados por e-mail pelos sindicatos sob processar individualmente o secretário Beltrame por danos morais. No entanto, para essa apelação ser aceita, 100 delegados terão que se posicionar favorável.

Em nota divulgada na segunda-feira, José Mariano Beltrame pediu desculpas e alegou ter sido mal interpretado. “Quando falei sobre eventuais vícios existentes ou de corrupção, longe de querer denegrir uma instituição e seus profissionais, eu falava de vícios do tempo, de rotina de trabalho típica, de percepções externas muitas vezes injustas e negativas”, escreveu.

GUILHERME SANTOS/O Dia

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Os fuzis superfaturados da PM no Rio

Reprodução do site Cláudio Humerto.com 


Não é  o contra cheque do Secretário de Segurança Pública José Mariano Beltrame que é "superfaturadoBeltrame ganha quase R$ 40 mil por mês, acumula salário de delegado da polícia federal e de secretário de governo.

Apesar da Constituição Federal proibir que qualquer funcionário público receba mais do que o Ministro do STF, cerca de R$ 27 mil por mês, Beltrame diz que não há nada de ilegal.


Agora se revela que o MP investiga compra de fuzis superfaturados pelo SecretárioBeltrame.

Dica, que tal uma UPP na Secretaria de Segurança Pública ?



fonte: blog do Ricardo Gama

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Secretário de Segurança do Rio José Beltrame, em entrevista admite que salário dos policiais é baixo. Cara de pau!!!


Danilo Ferreira
http://abordagempolicial.com/2011/11/entrevista-secretario-jose-mariano-beltrame-no-roda-viva/

Nota do blog: O que ninguém explica, é como o estado que luta para manter os royaltes do petróleo, portanto tem dinheiro em caixa, não consegue pagar um salário decente aos policiais e bombeiros e compra uma viatura pelo valor de cinco. Como explicar isso? Os carros valem mais que os profissionais que o dirigem? Quanto vale uma vida??