Seguidores

Mostrando postagens com marcador Código de ética pm. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Código de ética pm. Mostrar todas as postagens

domingo, 9 de setembro de 2012

UNIÃO NACIONAL DAS ESPOSAS DE MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS - UNEMFA CARTA ABERTA A POPULAÇÃO


UNIÃO NACIONAL DAS ESPOSAS DE MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS - UNEMFA
CARTA ABERTA A POPULAÇÃO / Que País queremos ter? Que País queremos ser?
Nós, esposas, viúvas, pensionistas, dependentes e familiares de militares das Forças Armadas do, vimos até vossa senhoria prestar alguns esclarecimentos a cerca da situação de penúria ao qual vivem os integrantes das Forças Armadas Brasileiras, gerando em nós um sentimento de busca pela dignidade outrora perdida ao longo dos anos pelas profundas perdas salariais, razão essa pela qual, estamos em vigília no módulo 01 da Esplanada dos Ministérios – Brasília / DF
Os militares das Forças Armadas são impedidos por força de Lei de realizar movimentos reivindicatórios e greves. São Eles os guardiões da Pátria e vivem debaixo de  sólida hierarquia e disciplina, e executam  de relevância a população brasileira. Além da sua missão constitucional de defender a Soberania Nacional, é comum o  desses militares em inúmeras atividades extras em favor do País. Podemos citar alguns exemplos dessas atividades desempenhadas por eles que são: atuam na distribuição de água ao sertão nordestino; cuidam do controle, segurança e defesa do espaço aéreo brasileiro; atuam na construção e manutenção de estradas federais, pontes, aeroportos; atuam no combate ao narcotráfico e ao descaminho e contrabando, inclusive o de biodiversidade na Amazônia Brasileira, onde, constantemente realizam em condições precárias os REFRON's - RECONHECIMENTO DE FRONTEIRAS em todo território nacional; atuam no socorro a população ribeirinha nas áreas de saúde, educação e segurança; desenvolvem vários projetos sociais entre eles a criação de condições favoráveis ao desenvolvimento social e econômico como, por exemplo, nas comunidades pacificadas do Rio de Janeiro.
É perfil do militar o patriotismo, o dever, a lealdade, a honra, a coragem, a ordem, o progresso e a preservação dos seus equipamentos de trabalho. São homens e mulheres formados para defender o Brasil e sua gente, porém cada dia mais sofrem desestímulos constantes e milhares deles preferem sair das fileiras das forças armadas e buscam outras carreiras que têm atrativos e compensações que a carreira militar não contempla. Sofrem pressões constantes impedindo tais militares até de estudarem e se aperfeiçoarem, e os que conseguem não tem o devido reconhecimento, diferentemente de qualquer outra empresa que faz questão que seu funcionário obtenha êxito e satisfação pessoal. Hoje, o militar que entra nas fileiras das Forças Armadas não vislumbra um futuro promissor, pois os baixos salários, as pressões sofridas, a falta de estímulo e o não empenho dos seus comandantes, em conseguir uma condição favorável à permanência deles, embora, sejam capacitados e treinados para suportarem essas situações difíceis, estão pedindo para sair, a fim de conseguir resgatar sua dignidade como cidadão. Para comandar, os Generais, Brigadeiros e Almirantes vão pra reserva e passam a ser cargo de confiança do governo...
Por isso senhores e senhoras, este profissional tão abnegado que tem permanecido nas fileiras das Forças Armadas, vem até vossa senhoria clamar por compreensão e apoio, pois mesmo com baixos soldos, exercem suas atividades com empenho, zelo e dedicação, jamais deixando a população à deriva ou ausentes da prestação de seus serviços. Sabemos que a grandeza e a soberania de um País se mede pela potência das suas Forças Armadas.
Nossos militares, também são pais, mães e tem família para sustentar, porém os baixos soldos e as obrigações os envolveram de forma monstruosa em empréstimos consignados e outros, para abarcar suas responsabilidades. levando muitos ao desespero e ao suicídio, pois a mais de dez anos não têm algum tipo de reajuste. O último reajuste elevou o nível salarial e o imposto de renda subtraiu muito acima o pouco ganho que tiveram.
Hoje vemos nosso País mergulhado numa ditadura das mais perversas: a “corrupção” e um revanchismo velado por parte de quem deveria nos defender, causando perdas irreparáveis no seio de nossas famílias, sem contar os que morrem em serviço devido ao sucateamento por falta de investimento.
Agradecemos sua atenção.

Ivone Luzardo – Presidente da UNEMFA

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Código de Ética da PMMG pode servir de modelo para o Estado do Ceará

dsc_0004b.jpg

Na manhã desta terça-feira, 12 de junho, o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais (TJMMG), juiz Cel BM Osmar Duarte Marcelino, recebeu oficiais da Polícia Militar do Ceará. A referida visita visa ao estudo sobre o Código de Ética da PMMG para possível implantação no Estado.

Participaram da reunião, que aconteceu no Plenário do TJMMG, o juiz de direito do Juízo Militar da 1ª AJME de Minas Gerais, André de Mourão Motta; além dos seguintes oficiais da Polícia Militar do Estado do Ceará: Maj PM Juarez Gomes Nunes Júnior, Maj PM Francisco Narcélio Atanázio Alves, Maj PM Luiz Eduardo de Paula Ponte, Maj BM Agnaldo Alexandre Viana e o Maj BM Nilton Regis Carneiro Neves.

Fonte: Ascom TJMMG