Seguidores

Mostrando postagens com marcador GRANADA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador GRANADA. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Polícia recolhe granadas em plena Zona Sul de Belo Horizonte

  Em um carnaval em que várias vias de Belo Horizonte são interditadas para a folia de blocos de rua, um bloqueio no fim da manhã desse domingo na Avenida dos Bandeirantes, no Mangabeiras, Centro-Sul de BH, pouco chamou a atenção de quem passava. Foliões de ressaca, ainda com as latinhas em punho, caminhantes e corredores ultrapassaram os obstáculos acreditando tratar-se de mais um desvio, mas se surpreenderam ao verem policiais fortemente com as fardas pretas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar, mantendo curiosos afastados de uma caçamba. Duas granadas de mão e uma de bocal, explosivos bélicos de uso exclusivo das Forças Armadas, foram encontradas dentro do recipiente de entulho e foi preciso chamar o Exército para avaliar se havia risco de detonação. Um policial protegido por roupa contra explosões removeu os artefatos e os levou para a sede do grupo para desmontá-los e tentar rastrear sua origem.

Foi por volta das 11h que um morador de rua da região passava recolhendo latinhas de alumínio deixadas por foliões para vendê-las. Ao vasculhar a caçamba próximo à esquina com a Rua Samuel Pereira, o homem viu os explosivos e imediatamente procurou um telefone público e ligou para o número de emergência 190. “O catador disse que viu aquilo tudo (o armamento) e achou perigoso. Foi até responsável, ao não mexer no material e chamar a polícia”, disse o administrador de empresas Luis Lemos, de 43 anos, que corria na pista da avenida. Continue lendo no EM.COM.BR

sábado, 10 de setembro de 2011

Rapaz usa granada para assaltar pizzaria no Rio

Mas ao fugir, foi perseguido após explosivo falhar.

Antes de ser preso, rapaz foi espancado.

 
Um rapaz de 19 anos foi preso na madrugada deste sábado (10), após usar uma granada para assaltar uma pizzaria no Engenho Novo, subúrbio do Rio de Janeiro, informou a Polícia Militar (PM).
Pouco após entrar no estabelecimento e ele manteve os clientes e funcionários na cozinha e recolheu o dinheiro do caixa.
Mas segundo a polícia, o rapaz foi perseguido pelas vítimas. Ele teria jogado a granada, mas o explosivo falhou e acabou espancado por várias pessoas até a chegada de uma equipe da PM.
Policiais civis do Esquadrão Antibombas estiveram no local e detonaram a granada por volta das 3h da manhã.
G1