Seguidores

Mostrando postagens com marcador Rio Grande do Sul. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rio Grande do Sul. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 10 de abril de 2015

MP investiga falsificação de notas fiscais por agentes penitenciarios no RS

Uma operação do Ministério Público investiga um esquema de falsificação de notas fiscais envolvendo 158 agentes penitenciários. Em um ano, os funcionários da Superintendência dos Serviços Penitenciários receberam mais de R$ 1,6 milhões em diárias, de acordo com a investigação, como mostra a reportagem do Jornal do Almoço, da RBS TV (veja o vídeo).
Denunciado ao Ministério Público por um ex-corregedor da Susepe, o esquema envolve agentes responsáveis por fiscalizar os presos do regime semiaberto, que usam tornozeleiras eletrônicas. Mesmo morando em Porto Alegre, eles recebiam diárias como se residissem no interior do estado. Juntos, teriam apresentado à Susepe mais de 700 notas fiscais frias.
Na manhã desta quinta-feira (9), uma equipe da Promotoria Criminal de Porto Alegre foi a quatro hotéis da capital. Todos são suspeitos de fornecer as notas fiscais falsas para os agentes penitenciários. Acompanhado de policiais, o promotor Flávio Duarte vasculhou gavetas e armários e apreendeu documentos.
"Embora lotados formalmente no interior, eles eram residentes em Porto Alegre e ganhavam diárias na capital. E, para obtenção dessas diárias, eles apresentavam notas falsas de hotéis", explica o promotor.
Lotada em Charqueadas, na Região Metropolitana, uma agente penitenciária recebeu no ano passado mais de R$ 16 mil em diárias de hotel, mesmo morando em Porto Alegre. Segundo a investigação, uma das provas está no registro do carro dela.
"Além de ela viver em Porto Alegre, ela era síndica do condomínio onde residia, era chefe de divisão do monitoramento eletrônico. (...) essa agente penitenciária juntou também notas falsas, e algumas com diferença gritante de valores entre a nota apresentada e a nota real", diz Duarte. Continue lendo no G1 RS