Seguidores

Mostrando postagens com marcador algemado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador algemado. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Preso foge algemado na sede da Polícia Federal em Brasília


Entrada da Polícia Federal, em Brasília (Foto: Filipe Matoso/G1)Um homem suspeito de tráfico de drogas fugiu, mesmo algemado, da sede da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. A fuga ocorreu na tarde deste domingo (10) logo após o suspeito ter sido detido no Aeroporto Juscelino Kubischek.

De acordo com a Polícia Federal, o homem foi flagrado, por volta das 13h, com 10 quilos de cocaína dentro do aeroporto. Ele foi encaminhado para a sede da PF, no Setor Policial Sul, e depois disso não teria sido mais visto pelos agentes responsáveis por mantê-lo preso.

A assessoria de comunicação da Polícia Federa informou que equipes das Policias Civil e Militar foram acionadas para ajudar nas buscas, mas até as 10h desta segunda-feira (11) o fugitivo não havia sido encontrado.

Delegados da PF se reuniram na manhã desta segunda, segundo a assessoria, para discutir o caso.

sábado, 9 de junho de 2012

Governo proíbe uso de algemas em presos em cirurgia ou parto

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) publicou, nesta quarta-feira, uma resolução proibindo o uso de algemas em presos durante intervenção cirúrgica ou em presas em trabalho de parto e no período de descanso seguinte ao nascimento do bebê.


O órgão do Ministério da Justiça encarregado de promover políticas para os sistemas criminal e penal também recomenda no texto que não sejam utilizadas algemas em presos que sejam conduzidos ou permaneçam em unidades hospitalares, a menos que seja necessário, por razões de segurança, fuga ou resistência. "A autoridade deverá optar, primeiramente, por meios de contenção menos aflitivos do que as algemas", diz a resolução.

Caso seja necessária a contenção de um preso em cirurgia ou parto, o documento, além de proibir o uso de algemas para fazê-lo, exige que o responsável reporte por escrito o motivo: "caso se imponha, para fins de segurança, a contenção do preso, deverá a autoridade, de forma fundamentada e por escrito, apontar as razões da medida extrema, sendo defeso que sejam empregadas algemas, devendo se valer de outros meios menos aflitivos."

A resolução foi baseada na decisão do STF de que "só é lícito o uso de algemas em casos de resistência e de fundado receio de fuga ou de perigo à integridade física própria ou alheia", além da "confirmação das graves e sérias denúncias que chegaram a conhecimento deste colegiado acerca de utilização de algemas para conter mulheres presas que são submetidas à intervenção cirúrgica para realização de parto."
 
Terra/Blog Notícia da Caserna

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Preso algemado rende militar dentro de carro da PM e consegue fugir a pé

Ele tinha sido detido por suspeita de tráfico de drogas em Juiz de Fora. Homem tomou a arma de sargento e bateu o carro.


Um homem suspeito de tráfico de drogas, que estava algemado, rendeu um militar dentro de um carro da polícia, bateu o veículo em um poste e conseguiu fugir neste domingo (18) em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais.

De acordo com a Polícia Militar (PM), quando o suspeito estava dentro do carro, ele conseguiu tomar a arma do militar. Depois de bater em um poste, o homem fugiu a pé.

Um reforço policial foi chamado e revistou várias casas a procura do suspeito. Ele não foi encontrado. Testemunhas disseram à PM que o homem pertence a uma facção criminosa do Rio de Janeiro e estava na cidade desde a operação policial no Morro do Alemão, em novembro de 2010.
A Polícia Militar disse que vai abrir uma sindicância para apurar como o preso, mesmo algemado, conseguiu render um sargento e fugir. Até o horário em que esta reportagem foi publicada, às 12h, o suspeito ainda estava foragido.

Do G1 MG/TV Panorama