Seguidores

Mostrando postagens com marcador assassino de PM. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador assassino de PM. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Polícia divulga foto de suspeito de matar investigador na Grande BH


Crime aconteceu na madrugada deste domingo (24) em sítio de Betim.
Delegado investiga hipóteses que podem ter motivado o assassinato.

 Do G1 MG

A polícia divulgou, nesta segunda-feira (25), a foto do suspeito de matar um investigador e estuprar a mulher dele em um sítio na cidade de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os crimes aconteceram neste domingo (24) após o casal conhecer o suspeito em um bar da cidade. Segundo a polícia, o homem é foragido da Colônia Penal de Governador Valadares, e estaria vendendo drogas em Betim.

 

De acordo com o delegado Álvaro Huertas dos Santos, depois de beberem muito, o policial e a mulher convidaram o suspeito para ir ao sítio de um amigo, onde estavam hospedados. Durante a madrugada, o homem teria baleado o policial, estuprado a mulher e fugido. Foi o dono do sítio quem encontrou o corpo e a mulher desmaiada na manhã deste domingo  (24).

O delegado levantou hipóteses para o crime. “A gente pode imaginar que o autor já tinha interesse na mulher do policial. A gente pode imaginar que o autor, naquele momento, ficou sabendo que ele era policial e ele foragido, a gente pode imaginar que o policial descobriu que ele era foragido e tentou tomar alguma providência. Já era de madrugada e todos estavam embriagados”, diz.

fonte: Blog do Cabo Fernando

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

PRESO O ASSASSINO DO CABO AMARILDO



"Parabéns DST de Raul Soares, pela prisão de assassinos do cabo Amarildo (14ºBPM). INFELIZMENTE eles estão vivos e ficarão livres depois."

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

PM mata PM, prevalecendo a versão do policial criminoso? Assista o vídeo

 Nova prova pode mudar investigação sobre mortes de PMs


ANDRÉ CARAMANTE DE SÃO PAULO
A investigação sobre um tiroteio no começo de julho que terminou com a morte de dois PMs e a prisão de outro ganhou um novo capítulo.

Um vídeo com imagens da rodovia onde ocorreu o crime –obtido pela Folha e em poder da Corregedoria da PM– e o depoimento do policial preso levantaram a suspeita de que os policiais militares que prenderam e acusaram outros colegas de extorsão  eram justamente os que estavam extorquindo.

E mais: que um dos PMs foi morto quando estava no chão, já rendido pelos outros.

Na versão apresentada em 3 de julho pela corregedoria, a morte dos soldados ocorreu durante o tiroteio.

Um grupo de policiais da Força Tática do 29º Batalhão, em São Miguel Paulista (zona leste de SP), trocou tiros com dois PMs da Rocam (ronda com motos) do 44º Batalhão, em Guarulhos (Grande SP). O saldo foi as mortes dos policiais Gilmar Matias dos Santos, da Rocam, e William Ruiz, da Força Tática.

O tiroteio, ainda segundo a corregedoria, foi motivado porque os PMs da Força Tática queriam impedir que os dois policiais da Rocam, vestidos à paisana, extorquissem R$ 1.000 de Gerson Freire de Oliveira e Ricardo Mariano Miranda, suspeitos de portar cinco pinos de cocaína e de traficar drogas em Guarulhos.
O tiroteio foi próximo ao km 25 da rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos, na madrugada de 3 de julho.

O PM Anderson Roberto dos Santos, da Rocam e parceiro de Gilmar dos Santos, está preso acusado pela Corregedoria da PM de tentativa de extorsão e do homicídio contra um militar (Ruiz).

CLARÃO
No vídeo obtido pela Folha, a versão inicial para as duas mortes é colocada em dúvida porque é possível detectar dois clarões, provavelmente decorrentes de dois tiros, e que aconteceram depois do tiroteio. Os clarões podem ser os tiros contra o PM da Rocam, já rendido pela Força Tática, no chão.

No vídeo também é possível ver que, após os clarões, um carro da PM se afasta e o corpo de Gilmar dos Santos está no chão, ao lado de Anderson dos Santos, que está sentado na calçada, algemado com as mãos para trás.

À Justiça Militar o PM Anderson dos Santos disse que os dois clarões são dos tiros contra seu amigo, já rendido pelos PMs da Força Tática. Hoje, o soldado Anderson será interrogado novamente.

Ele sustenta que ele e o amigo, Gilmar dos Santos, eram os PMs que tentavam prender os policiais do 29º Batalhão quando estes iam extorquir os dois civis, e que foi por isso que seu amigo atirou contra o soldado Ruiz, quando ele desceu do carro dos civis, também atirando.
Eduardo Anizelli – 3.jul.12/Folhapress
Carro no local onde houve confronto entre policiais militares em Guarulhos, na Grande São Paulo
Carro no local onde houve confronto entre policiais militares em Guarulhos, na Grande São Paulo
OUTRO LADO
Folha solicitou entrevistas com um representante da Secretaria da Segurança Pública, com o chefe da PM, coronel Roberval Ferreira França, com a Corregedoria da corporação e também com o DHPP (departamento de homicídios), da Polícia Civil, sobre as mortes dos dois PMs, mas ninguém falou. Continue lendo no blog FLIT PARALISANTE

domingo, 24 de junho de 2012

Polícia prende suspeito de matar PM em São Paulo

Policiais militares da Força Tática prenderam, na tarde de sábado (23), um suspeito de matar o soldado Osmar Santos Ferreira, do 50º Batalhão. O policial foi morto na manhã de sexta-feira (22), quando ia para o trabalho de motocicleta. Ele foi abordado na Avenida Prefeito Paulo Lauro, na Zona Sul.
De acordo com a polícia, o suspeito foi preso após uma denúncia anônima. Ele era foragido de uma penitenciária do município de Reginópolis (SP). Ele foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
A polícia afirma que a identificação do suspeito foi possível devido às impressões digitais encontradas em um carro deixado no local do crime. O suspeito deverá responder por homicídio doloso. Continue lendo no G1

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Acusado de matar policial é preso no Complexo da Maré

Rio -  Apontado como um dos assassinos do investigador da 65ª DP (Magé) Eduardo da Silva Oliveira, conhecido como Dudu, foi preso agora de manhã no Parque União, no Complexo da Maré, Zona Norte  da cidade.

A operação é de várias delegacias especializadas, entre elas a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), e agentes da 21ª DP (Bonseucesso), 60ª DP (Campos Elíseos) e 65ª DP com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Outros dois bandidos foram presos e dois estariam baleados.

Dudu foi morto semana passada em Saracuruna, em Duque de Caxias, ao trocar tiros com bandidos que assaltavam motoristas em um viaduto. Ele estava no carro da polícia e voltava da delegacia quando se deparou com um bonde de crimonosos. No confronto, um adolescente de 16 anos ficou ferido.  

POR MARIA INEZ MAGALHAES/ODIA online

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Policial militar é morto a tiros no Bahia

Um policial militar identificado como Lenildo Santos Costa, 37 anos, foi morto a tiros na noite desta terça-feira (7) na localidade do Vale dos Lagos, próximo da avenida São Rafael, de acordo com informações do posto policial do Hospital Roberto Santos. O agente lotado na 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (Tancredo Neves) foi morto com um tiro no queixo e outro no olho.

Lenildo estava com os familiares em uma pizzaria quando sofreu a tentativa de assalto. Ele teria reagido e trocado tiros com os bandidos, deixando um deles ferido. Os autores do crime  fugiram em um Gol preto.

O major Mattos, da 50ª Companhia Independente de Polícia Militar (Sete de Abril), informou que o crime aconteceu na rua, do lado de fora do estabelecimento. Segundo informações não oficiais, um segundo baleado estaria internado no Hospital São Rafael.

Moradores ficaram assustados e até o momento ninguém foi preso. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso. 
Informações do Correio.

Bocão News

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Subtenente da PM reage a assalto e é baleado na cabeça

Um subtenente da Polícia Militar foi baleado, na manhã desta quarta-feira (26), durante uma tentativa de assalto em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. O oficial da reserva da PM reagiu, foi atingido com um tiro na cabeça e está internado no Hospital da Restauração, no Recife. Os dois criminosos fugiram, mas foram presos a 700 metros do local por policiais militares.

De acordo com a polícia, a ação aconteceu quando o militar entrava em um armazém de construção no bairro de Parque Capibaribe, quando foi feito refém por dois assaltantes que chegavam à loja. Os suspeitos foram levados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


G1 PE

terça-feira, 4 de outubro de 2011

PM é morto na Zona Norte e outros dois são baleados na Zona Oeste


Rio - Um policial militar foi morto e dois foram baleados na noite desta segunda-feira em dois pontos diferentes do Rio de Janeiro.

Na Avenida Brasil, altura de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, Marcelo Mayrink, de 27 anos, foi morto dentro de uma van. Segundo a corporação, o policial lotado no Detro reagiu a um assalto. O suposto assassino foi preso. O nome do policial não foi divulgado.

Na estrada do Taquaral, em Senador Camará, na Zona Oeste, Uma equipe do 40º BPM (Campo Grande) foi atacada a tiros por comboio de traficantes. O sargento Fernandes foi baleado no pé e o soldado Villar, de raspão no pescoço. De acordo com Villar, ambos faziam um patrulhamento de rotina no entorno do Taquaral quando se depararam com o 'bonde'. Ocupantes de um dos carros abriram fogo contra a viatura, sem dar chance de reação aos policiais militares.

"Foram mais de 15 tiros. Não deu tempo de fazer mais nada, só pensei em fugir dali", contou o soldado, que mesmo ferido ainda dirigiu até a Avenida Brasil. "Quando cheguei lá não tive mais forças e parei", recordou o PM. Uma equipe do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) passava na hora pela via e socorreu os colegas para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, também na Zona Oeste do Rio. Os tiros não causaram lesões graves nos PMs. Os criminosos conseguiram fugir.

ODIA

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Policial militar é suspeito de matar colega dentro de quartel em Costa Marques (RO)

Autor dos disparos foi transferido para Porto Velho; crime ocorreu no sábado


Um policial militar foi morto por um colega na noite de sábado (24) dentro de um quartel na cidade de Costa Marques, em Rondônia, de acordo com nota divulgada neste domingo (25) pelo comando da Polícia Militar de Rondônia. De acordo com informações da nota, o soldado Fábio Carvalho Paes, do 2º BPM, de Tiradentes, foi morto a tiros.


O autor dos disparos foi preso e transferido para Porto Velho. Segundo a PM, os dois policiais teriam se desentendido durante um plantão no quartel. Fábio teria, então, deixado o patrulhamento, mas foi seguido pelo outro policial, que atirou com uma arma calibre 40 no pátio do quartel.
O soldado chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.
R7

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Comissão aprova seguro de vida e contra acidentes para policiais

Otoniel LimaA Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou ontem proposta que obriga o Poder Público a instituir um seguro para a cobertura de acidentes e morte para policiais (civis, federais, rodoviários, ferroviários e militares) e bombeiros.


A determinação vale para todos os entes federativos (União, estados, Distrito Federal e municípios) e beneficia os profissionais que forem vitimados no desempenho de suas funções ou em decorrência delas. 
Lima acrescentou emenda para garantir pronto atendimento aos servidores.

O texto aprovado foi o substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aos projetos de lei 5017/05, 5570/05, 6545/06, 6994/06, 1022/07, 7453/06, 1702/07, 4682/09 e 1453/11, que tratam de assuntos semelhantes. A regulamentação da concessão do seguro será feita por lei estadual e distrital e, no caso dos policiais de âmbito federal, pelo regulamento da corporação.
O relator na Comissão de Segurança Pública, deputado Otoniel Lima (PRB-SP), acrescentou ao texto uma emenda para assegurar o pronto atendimento, aos policiais e bombeiros, em hospitais da rede privada mais próximos do local da ocorrência até que seu quadro clínico permita sua remoção a hospitais conveniados.
Tramitação 

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada ainda pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Colaborador: Jean Pierre Lopes da Silva

sábado, 17 de setembro de 2011

Homem acusado de matar sargento da PM é preso na Baixada Fluminense


Moisés Santos Silva, vulgo Psicopata foi preso, nesta sexta-feira, no Morro da Caixa D´água, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo os policiais, ele é responsável pelo roubo ao cemitério Israelita de Vila Rosali, em 30 de agosto deste ano. Na ocasião o criminoso matou um sargento da polícia militar com 14 tiros de pistola.
Ele também é responsável por roubar e tentar matar, no dia 8 de setembro, o policial civil Valcir Ferreira Júnior. Na oportunidade, Moisés roubou a arma, distintivo e o carro do policial. Ele ainda atirou por três vezes contra o servidor público, mas a arma falhou em todas as vezes.


JB online

terça-feira, 26 de julho de 2011

PM prende suspeito de matar policial SD Lamounier

O adolescente Diogo Ferreira Pacheco, de 18 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (26), suspeito de ser o autor do assassinato do soldado Fabrício Lamounier Santos, 31 anos. A vítima foi morta com dois tiros no dia 30 de novembro de 2010, quando seguia para o trabalho pela avenida Francisco Galassi, no bairro Morada da Colina, zona sul de Uberlândia.

Diogo Ferreira foi preso em casa, no bairro São Jorge, após cumprimento de mandado de busca e apreensão. Em entrevista à reportagem do CORREIO, ele negou a autoria do crime, mas assumiu que tem envolvimento com tráfico de drogas.

Outros quatro envolvidos no crime foram detidos. A Polícia Civil ainda continua as investigações para descobrir o que teria motivado o assassinato.
 
Correio de Uberlândia