Seguidores

Mostrando postagens com marcador bactéria. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bactéria. Mostrar todas as postagens

sábado, 8 de outubro de 2011

Brasília: confirmado cinco mortes por bactéria, mas descarta surto.

O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, descartou nesta sexta-feira (7) a possibilidade de o Distrito Federal estar atravessando uma epidemia de contaminação pela bactéria Streptococcus pyogenes.

De acordo com a secretaria, cinco pessoas morreram por complicações provocadas pela bactéria neste ano. A vítima mais recente foi uma menina de 10 anos, que morreu na última terça-feira (4). “Foram casos isolados que aconteceram em diferentes regiões”, afirmou o secretário.

Barbosa informou que duas mortes foram provocadas por uma variação da Streptococcus. De acordo com o secretário, apenas quem teve contato direto com as pessoas contaminadas devem ficar em estado de alerta. Essas pessoas vão receber penicilina e serão monitoradas.

Apesar de descartar a possibilidade de um surto, Barbosa recomendou que as pessoas que sentiram febre, tosse, dor de cabeça, dor de garganta e dores no corpo desde o dia 1º de setembro procurem atendimento médico. “Os sintomas da contaminação são semelhantes aos de uma gripe comum”, disse.

O Ministério da Saúde informou nesta sexta que está monitorando os casos no DF, mas que o problema é local e está sendo investigado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep). Em nota técnica repassada para os hospitais no DF no final do mês passado, a Divep informou que exames confirmaram que as mortes de duas mulheres entre agosto e setembro foram provocadas pela bactéria Streptococcus pyogenes.

A primeira vítima também foi uma menina de 10 anos, moradora do Lago Sul. A segunda foi uma mulher de 38 anos, que morava no Guará. Elas apresentaram febre, dor de garganta, dores pelo corpo, falta de ar e coriza. O quadro clínico das vítimas se agravou rapidamente e elas morreram em até cinco dias após apresentarem os primeiros sintomas.
 
G1 DF