Seguidores

Mostrando postagens com marcador cabos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cabos. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

PM RJ: Redução nos tempos de promoção e Soldados podem chegar a Sub-Tenente em 25 anos de serviço

O governador Sérgio Cabral assinou decreto reduzindo os tempos para a promoção dos praças e suboficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. A medida vai beneficiar de imediato 17.829 militares das duas corporações que poderão antecipar suas promoções em até cinco anos. A partir de agora, um soldado poderá chegar a subtenente em 25 anos. Antes, esse prazo era de 30 anos. O decreto está publicado na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, 11 de janeiro.Continue lendo no Jornal do Brasil:>>>>>>>>>>>>>
Jornal ODIA

Arte: O Dia
Arte: O Dia
Com a mudança, um soldado poderá chegar a subtenente em 25 anos — a exigência anterior era de 30 anos. Os soldados que forem elevados a cabo receberão 19,4% de reajuste, por exemplo. Segundo a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) , o aumento vai incidir também sobre triênios e gratificações. A mudança na progressão dos militares vai representar adicional de R$ 75,5 milhões por ano no orçamento do Estado do Rio.
Para adquirir direito ao benefício, militares têm que ter, no mínimo, comportamento “bom”. O novo soldo será proporcional aos 20 dias trabalhados neste mês — ou seja, do dia 11 em diante, vale o novo patamar. Caberá à corporação instituir o procedimento para regulamentar a elevação do posto do militar — segundo critérios individuais de merecimento, vida funcional e outros parâmetros.


A Seplag explicou, em nota, que, na prática, o tempo máximo de serviço efetivo prestado para que um soldado seja promovido a cabo passará de oito para seis anos; cabo para 3º sargento, será de 15 para 12 anos; 3º sargento para 2º sargento, de 20 para 16 anos; 2º sargento para 1º sargento, de 25 para 20 anos; e 1º sargento para subtenente, de 30 para 25 anos. 

Concurso interno
O comandante-geral dos Bombeiros, Sérgio Simões, determinou ontem a composição de um grupo de trabalho para rever o intervalo da promoção por mérito, conquistada nos concursos internos.

Mais incentivos

Segundo Simões, aqueles que “lograrem êxito nos concursos internos terão ampla perspectiva de ascensão ao oficialato”. O comandante informou que há outras iniciativas em andamento.

Outros benefícios

Para o comandante geral da PM, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, a medida é importante para os militares porque implica também na conquista de outros benefícios. 

Cursos a distância

O coronel informou ainda que a PM inicia a partir de março o curso de confirmação de divisas para cerca de 10 mil cabos. Em junho, será o de aperfeiçoamento de sargentos, para 4 mil 2º sargentos.
Comentário do blog: Essa iniciativa do governador Sérgio Cabral é "belíssima"...mas, por quê não veio antes? Por quê não ouviu os Bombeiros cariocas até hoje? Por quê o anuncio dessas medidas coincidem com a possível paralisação da PM dia 10/02/12? Colegas da PM do RIO, não caiam nessa armadilha do CABRAL, mantenham-se unidos, principalmente com os Bombeiros, e usem os frutos dessa manifestação no dia 10/12, para reivindicar outros benefícios, tais como o aumento real, escalonado até 2014, (não o 1% por mês), regulamentação da jornada de trabalho em 40 horas, criação do Códico de Ética. O governador quer desmobilizar a tropa...pensem nisso...vejam como a gente é forte: apenas o burburinho na internet sobre a manifestação no dia 10/02 e o governador começou a ceder. É a força dos blogs. Mas, temos que sair do mundo virtual para o real.