Seguidores

Mostrando postagens com marcador cefs 2012. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cefs 2012. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

PARABÉNS AO MEU AMIGO, SGT ANDRÉ


Queria muito homenagear a todos, sem exceção, mas, não pude comparecer a formatura, fazer aquela filmagem bacana. Estava de serviço na hora. Agora fica o meu respeito e admiração a todos os vencedores que fizeram o CEFS nas MINAS GERAIS, e especial aos amigos do pelotão 03: ANDRÉ ALVES, EDILSON, PEREIRA, FREITAS, PIRCHINER. Forte abraço a todos!!!

terça-feira, 31 de julho de 2012

CONVITE CEFS 2012 - GOVERNADOR VALADARES



PARABÉNS À TODOS OS FORMANDOS DO CEFS 2012, QUE OS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS POSSAM CONTRIBUIR PARA A EXCELÊNCIA PROFISSIONAL. NESTE NOVO DEGRAU, QUE OS SENHORES POSSAM MANTER O MESMO DESEMPENHO DE OUTRORA, QUE OS LEVARAM PARA O CEFS. COLOQUEM DEUS ACIMA DE TODAS AS COISAS, E TUDO FICARÁ MAIS LEVE!

Ao meu amigo Marcelo Pirchiner, com quem dividimos o alojamento do pelotão 03/95, o nosso abraço especial!

SÃO OS VOTOS DO CABO ANASTÁCIO - BLOG NO Q.A.P

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Alunos do CEFS UBERLÂNDIA RECLAMAM DO CUSTO DA FESTA: R$130 MIL

         Já estamos na fase de estágio, com formatura prevista para o dia 05 de agosto e o mais me impressiona é o discurso de renovação, a ideia de que iremos representar a administração, agora somos os auxiliares da gestão, e infelizmente as práticas são em geral, as mesmas da época em que ingressei na PM. Durante o curso foram vários eventos onde éramos obrigados a vender e comprar rifas, para custear eventos e ainda por cima trabalharmos neles.

        No CEFS Uberlândia somos 130 alunos, que pagamos ao longo do curso R$200,00 por mês, multiplicado por 5, somando no total por aluno a quantia de mil reais, que se multiplicado por 130 dá o valor de CENTO E TRINTA MIL REAIS. Ora, que festa daria esse valor? Cento e trinta mil daria para contratar muita dupla sertaneja consagrada, por exemplo. Daria para comprar cinco carros populares do ano, no valor de trinta mil cada, para sortear para os formandos. Daria para custear uma viagem para os primeiros colocados, e por aí vai. A formatura não poderia ser no pátio do batalhão?

         Muitos resistem e não querem pagar esse valor, então são convencidos de que se não pagarem os mil, terão que pagar R$300,00 trezentos reais como taxa para formatura. Taxa para a formatura?...

     Passado esses anos todos, o que mudou nos cursos de formação?

          Denúncia anônima recebida via email

terça-feira, 12 de junho de 2012

Dep. Sargento Rodrigues se reúne com Comando Geral da PM, sobre promoções, carga horária e mudanças no CIFS/CEFS

Em agenda com o Comandante-Geral da PM, deputado cobra solução para promoção, carga horária e sugere mudanças no CIFS/CEFS

O deputado Sargento Rodrigues esteve reunido nesta segunda-feira (11/06) com o Comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Márcio Martins Sant'Ana, tratando de reivindicações da classe. Dentre os assuntos em pauta, Rodrigues reiterou pedido de providências em relação aos problemas gerados pelas alterações no critério de promoção por antiguidade que afligem, principalmente, os Majores e 1º Sargentos. Em 02 de fevereiro último, o assunto já havia sido tratado por eles em agenda, quando foi entregue ao comandante ofício detalhando a situação.

O Coronel Sant'Ana reconheceu os problemas gerados pelas atuais regras e critérios das promoções e informou ao deputado que já está sendo finalizado um estudo sobre o tema. Em breve, irá chamá-lo, juntamente com as entidades de classe, para apresentar o resultado e discutirem a minuta do ante-projeto que será encaminhado ao governador.

Antevendo um novo gargalo que pode-se criar em 2014, no quadro de promoção de cabos com mais de 10 anos na graduação, o deputado sugeriu ao Comandante que proceda alterações nas regras do CIFS, de modo a adequá-lo às exigências do CEFS permitindo, inclusive, a redução para oito anos na graduação. “Sugiro que sejam alteradas as normas que regulam o CIFS de forma que possa se evitar ou amenizar a demanda reprimida que ocorrerá a partir de 2014, com a adoção do aumento do número de vagas disponibilizadas, reduzindo-se a exigência do tempo na graduação para oito anos na data da matrícula, e redução do tempo de efetivo serviço para vinte anos de efetivo serviço a ser completado na data da conclusão do curso”, explicou Rodrigues.

Ainda levantou-se a opção de se passar o CIFS para convocação e não mais concurso interno, fazendo-se necessário, ainda, a exclusão da exigência do ensino médio. O deputado salientou que a previsão para o CIFS não é em lei e sim em norma interna, podendo ser alterada a qualquer momento pelo Comando, situação diversa do CEFS, o qual a previsão é em lei, e portanto, um processo mais demorado para eventual alteração. “O edital do próprio CIFS, que está aberto, pode ser modificado e adequado à nossa sugestão, já para este ano de 2012. O exemplo é que o Corpo de Bombeiros em 2011 se antecipou à PMMG e realizou o CIFS por convocação”, ponderou o deputado. “A adoção de tais medidas evitará que ocorra, a partir de 2014, a demanda reprimida no CEFS, com a qual infelizmente tivemos de conviver de 2004 até 2011, situação que, nesses anos, causou muita ansiedade nos Cabos que contavam com mais de 10 (dez) anos na graduação e não viam a concretização de seu sonho de ser Sargento”, ressaltou.
Carga horária e revogação da Resolução 4210/12

A fixação da carga horária máxima de trabalho para os militares de Minas foi outro assunto tratado na reunião. Rodrigues adiantou ao Comandante que, apesar de saber das dificuldades para se resolver o problema, ele não irá desistir dessa luta. O assunto, inclusive, já foi objeto de Audiência Pública na Assembleia Legislativa e pessoalmente discutido com o governador Antônio Anastasia, em agosto do ano passado. “A fixação de um limite de horas trabalhadas por semana é um direito de todos os trabalhadores e a legalização de uma carga horária máxima não impede que o policial seja escalado para um serviço. Dedicação exclusiva não é sinônimo de horas ilimitadas”, ponderou o deputado.

É fato que o excesso de trabalho gera desgaste físico e psicológico, comprometendo o desempenho do serviço e chegando, em alguns casos, a configurar assédio moral. Rodrigues lembrou que a situação dos PMs que servem no interior do estado chega a ser, algumas vezes, ainda mais graves. “Por muitos morarem perto do quartel, acabam recebendo demandas contínuas da sociedade, tendo, assim, escalas de trabalho meramente fictícias”, ressaltou. Vale registar que o estado de Santa Catarina editou lei fixando a jornada dos militares em 40 horas semanais, remunerando o serviço noturno prestado e pagando hora extra.

A boa notícia foi a informação dada pelo Comandante-geral de que suspendeu a Resolução 4210/12, que determina atividades físicas duas vezes por semana. Ao abordar a entrada em vigor da referida resolução, como outro ponto que interfere e contribui para o aumento da jornada de trabalho, o deputado recebeu esta grata notícia. “É um alívio saber da revogação desta norma, uma vez que as distorções já estavam ocorrendo. Um exemplo é quando o treinamento de educação física acontece em dia de folga do militar, obrigando que ele se desloque até sua unidade para atender à ordem”, comemorou Rodrigues.

Autor: Sandra Teixeira
Fonte: BLOG DA RENATA

quinta-feira, 12 de abril de 2012

AS CORVADIAS DO CEFS UBERABA CONTINUA

E até agora nada foi resolvido e as atrocidades continuam a acontecer, segundo informação que este blog na pessoa de seu administrador Sgt. Gonçalves esta a colher, um monitor da Cia escola teria chamado um aluno CEFS de lixo, este mesmo lixo aluno gasta todo seu salário com as despesas de um filho com necessidades especiais que compromete em excesso a saúde da criança e o demonstrativo do cabo, este mesmo cabo lixo esta neste curso merecidamente pelos serviços prestados a nossa corporação e para uma melhor condição financeira para custear o bem estar seu e de sua família.


Este blog vem salientar que estes cabos velhos já cumpriram seu devido papel junto à corporação e não precisão mais de ensinamento disciplinar, pois já estão com seu caráter, sua moral e seus deveres já definidos.

POR SGT GONÇALVES/BLOG GUERREIROS DE UBERABA

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

ATO DE CONVOCAÇÃO PARA MATRÍCULA NO CURSO ESPECIAL DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS (CEFS) QPPM E QPE/2012

O CORONEL PM DIRETOR DE RECURSOS HUMANOS, no uso de suas atribuições regulamentares contidas no R-103, aprovado pela Resolução nº 3.875, de 08Ago06, e considerando o edital DRH/CRS nº 15, de 21/12/2011, que regula a convocação de Cabos para o Curso Especial de Formação de Sargentos (CEFS) QPPM e QPE, para o ano de 2012, convoca para matrícula, 2100 militares.
CONFIRA OS NOMES NA INTRANET