Seguidores

Mostrando postagens com marcador cientista. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cientista. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Brasileiro faz história na ciência mundial



Experimento de cientista brasileiro devolve a macacos sensação de tato


Os experimentos do neurocientista Miguel Nicolelis, mais uma vez, são destaque na mídia especializada mundial. O brasileiro teve estudo publicado na revista Nature, uma das mais respeitadas do segmento científico do mundo. No experimento de Nicolelis publicado pela revista, houve pela primeira vez na história uma ligação bidirecional entre cérebro e avatar que permitiu que macacos explorem textura de superfície sem haver o contato.

De acordo com declaralções de Miguel Nicolelis à mídia nacional e internacional, a ideia principal do estudo é criar um sexto sentido que possibilite aos pacientes a sensação do tato ao utilizar uma veste robótica. No caso específico, os cérebros de dois macacos foram treinados e aprenderam um novo código para reconhecer as texturas.

"O nosso experimento provou pela primeira vez que é possível criar uma interface cérebro-máquina-cérebro, possibilitando que criemos um exoesqueleto robótico para que pacientes paralisados possam receber feedbacks do mundo exterior e com isso recobrarem a sensação táctil através de sensores", disse Nicolelis ao Estadão.

O cientista acredita que, com o avanço nos estudos, será possível que pessoas com tetraplegia voltem a andar. Para a continuidade dos projeto, Nicolelis diz que trará para o Rio Grande do Norte os meios para completar os experimentos. "Lá (Campus do Cérebro) nós já temos um avatar realístico do corpo completo de um macaco, agora teremos que criar um modelo igual para o ser humano. Com ele poderemos e treinar os pacientes quadriplégicos a interagir com um avatar do corpo. Será como o 'Flight Simulator' (jogo de simulação e treino para pilotos de avião) do avatar que será usado depois pela pessoa", disse Nicolelis em entrevista ao Estadão.
 
tribunadonorte.com.br

Nota do blog: Com esse feito, está para a neurociência, o que Santos Dumont representou para a aviação. Ele é um revolucionário sem armas e que pretente na abertura da Copa de 2014, fazer o experimento em pessoas tetraplégicas, tentando fazê-las entrar em campo, sob o aparato tecnológico. Esse nos dá orgulho do Brasil e de ser brasileiro.