Seguidores

Mostrando postagens com marcador coronel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador coronel. Mostrar todas as postagens

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Coronel da Polícia Militar compra empresa de segurança por R$ 5 milhões

O mercado de segurança privada do Espírito Santo está a mil por hora. Um coronel que acaba de ir para a reserva remunerada da Polícia Militar do Espírito Santo comprou, recentemente, uma das maiores empresas do ramo, pagando R$ 5 milhões. Nesta empresa, o coronel, que já foi comandante geral da PM, ocupa o cargo de diretor de Segurança.

O dinheiro para adquirir a empresa de segurança teria sido obtido, segundo o coronel comentou com outros oficiais que continuam na ativa, por meio de financiamento junto a uma instituição financeira pública, especializada na abertura de linha de créditos para empresários.

O mercado de segurança privada – pessoal, patrimonial e eletrônica – no Espírito Santo é dominado por oficiais da reserva – aposentados – da PM. Há casos, no entanto, que mesmo na ativa, o oficial é dono de empresas, mas mantém o registro em nome de algum membro da família – a legislação impede que um policial tenha empresa em seu nome.

Há outros coronéis que preferem investir na tecnologia. Há o caso de um ex-comandante geral que vende sistema de câmeras para policiamento eletrônico para municípios do interior. O curioso é que este coronel e o que comprou a empresa de segurança por R$ 5 milhões, quando estavam no cargo de comandante geral da PM, tinham muita dificuldade em melhorar a segurança nas ruas. O primeiro, não podia nem ouvir falar em policiamento eletrônico.

O profissional militar se aposenta com 30 anos de serviço. Sai da corporação, geralmente, antes de completar 50 anos de idade. É quando está no auge da carreira. Sua vasta experiência no ramo de segurança pública o facilita a trabalhar como consultor em empresas de segurança ou mesmo abrir sua própria organização.

Do jeito que violência n o Espírito Santo é cada vez mais crescente, o mercado de segurança privada acaba se tornando um excelente filão para quem, durante 30 anos na caserna, aprendeu a combater a criminalidade.  Uma pena que, na maioria dos casos, o aprendizado – custeado pelo Estado – depois é colocado à disposição da iniciativa privada. É quando o cidadão, que já banca o País com altos impostos, tem que pagar também para ter segurança.

Com o crescimento da violência é, portanto, normal que algum  setor ganhe dinheiro. Por isso, o mercado de segurança privada é altamente cobiçado. Todavia, vale registrar que não é qualquer cidadão ou muito menos um coronel  que consegue R$ 5 milhões para comprar uma empresa de segurança.

Vale a pena, porém, o investimento: somente no mês de janeiro, 838 veículos foram roubados no Estado, um aumento de 38% em relação ao mesmo período de 2013. Aliás, no ano passado, houve registro de 7.247 veículos roubados no Espírito Santo, o que dá uma média de 19 por dia.

É ou não vantajoso investir R$ 5 milhões na compra de uma empresa de segurança pública?
blog elimarcortes

sábado, 21 de dezembro de 2013

"Pau que dá em Chico dá em Francisco"


Esse é um bordão que está sendo usado pelo o Coronel Luiz Carlos da Polícia Militar de Alagoas, onde hoje dia 17 de Dezembro de 2013, ficará na memória de cada um dia militares que participaram desse movimento.

Hoje foi distribuída uma cartilha da OPERAÇÃO PADRÃO, com a finalidade unir o útil ao agradável. Sem ferir a legislação vigente e os regulamentos da Polícia Militar.

Apenas iremos mostrar que iremos cumprir rigorosamente o que determina a meu ver a Constituição, temos como objetivo sensibilizar a esse governo para os graves problemas da Segurança Publica em Alagoas.
 

Fonte: Youtube - Internet/http://tenpoliglota2012.blogspot.com.br/

domingo, 27 de outubro de 2013

Entrevista com o coronel que foi espancado em São Paulo


Datena conversou ao vivo com o Coronel da Polícia Militar de São Paulo que foi espancado por manifestantes durante ato na noite desta sexta-feira. O policial disse que foi apenas mais uma das vítimas de vândalos que se infiltram em manifestações legítimas.

Vídeo Band, foto G1

terça-feira, 25 de junho de 2013

PMMG diz que, se população de Belo Horizonte quiser, não haverá jogo do Brasil

Arredores do Mineirão têm confronto (© Reuters)
A Polícia Militar de Minas Gerais admitiu em entrevista coletiva nesta terça-feira que os manifestantes podem conseguir bloquear o acesso ao estádio do Mineirão, palco da semifinal da Copa das Confederações entre Brasil e Uruguai. O jogo será disputado às 16h desta quarta.

Segundo o coronel Márcio Martins Sant'ana, a polícia vai permitir que a população vá para rua e pare a cidade e as vias de acesso ao estádio, se assim desejar. "O evento fica comprometido com centenas de milhares de pessoas nas ruas. Se as pessoas quiserem se manifestar cerceando o direito de ir e vir dos outros, será assim", afirmou ele. 

"É impossível a polícia atuar contra a vontade de 100, 200, 300 mil pessoas e é impossível uma força bruta que possa impedir isso em determinado momento. Teria que acontecer uma mensagem clara de uma parcela significativa da população de Belo Horizonte para não querer o evento aqui", complementou.

No último sábado, dezenas de milhares de pessoas foram às ruas antes do jogo entre Japão e México na capital mineira. O dia terminou marcado por conflitos e depredações na cidade.
Apesar de não existir previsão de manifestações nesta quarta-feira, a polícia prometeu acompanhar as manifestações de forma pacífica e só obstruir a ação do protesto nas três áreas de bloqueio próximas ao Mineirão.

sábado, 1 de junho de 2013

Escândalo na PM demite capitão e coronel



Um escândalo envolvendo a Polícia Militar do Estado da Bahia veio à tona após um registro no Diário Oficial do Estado da Bahia no último dia 29 informar a demissão de um capitão e um tenente-coronel. Fora publicado a demissão das fileiras da corporação da Polícia Militar dos seguintes oficiais, Tenente Coronel PM RENATO SALES DE OLIVEIRA, matrícula funcional 30.064.515-4 e o Capitão PM JORGE LIMA ROCHA, matrícula funcional 30.073.156-5.

O comando não divulgou as ações específicas que levaram às duas demissões e nem a quais batalhões os dois policiais pertenciam. De acordo com a publicação, a demissão teve como fundamento os artigos 189, no qual o Oficial pode perder o posto e a patente se tiver conduta incompatível com a permanência na corporação, e 190, que permite a demissão do Oficial que houver perdido o posto e a patente sem direito a qualquer remuneração.



Mas, segundo fontes ligadas ao site Bocão News, o tenente-coronel Renato Sales de Oliveira e o capitão Jorge Lima Rocha, pertencentes ao departamento de finanças da PM, foram investigados no ano de 2001, por uma comissão sob a presidência do secretário da fazenda do Governo Paulo Souto, Albérico Mascarenhas. A comissão descobriu um desfalque de R$ 547.651,23 na corporação, mas a fraude se estendeu para mais de R$ 700 mil. Na fraude participou também a funcionária civil Lúcia Maria Barreto de Oliveira, que já foi demitida.

O tenente coronel Sales e o Capitão Lima Rocha foram submetidos ao plenário do Tribunal de Justiça da Bahia, que julgou os oficiais indignos ao oficialato da PM BA. Com a decisão, que é inédita na PM da Bahia, serão cassados os proventos dos policiais. Renato Sales já tinha sido posto na reserva desde 2007 e recebia como Coronel.

O esquema consistia mediante o recebimento de créditos em contas bancárias cadastradas de forma fraudulenta para receber pagamentos pelo Sistema de Informações Contábeis e Financeiras do Estado.


quinta-feira, 4 de abril de 2013

Coronel Ramalho assume Secretaria de Segurança de Ipatinga - MG

Em solenidade realizada no auditório do sétimo andar do prédio da Prefeitura de Ipatinga, na tarde desta segunda-feira (1),  o vice-prefeito Alfredo Ramalho  foi empossado como titular da Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã, criada recentemente.

De acordo com a prefeita, a nova secretaria vai se encarregar, dentre outras tarefas, de fazer a interface com as demais secretarias da PMI, os comandos das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros, e também os órgãos de segurança ligados aos governos estadual e federal. O novo secretário lembrou que a pasta vai assumir diversos programas focados na área de segurança pública, como o combate à violência contra crianças e adolescentes, mulheres e idosos, as campanhas preventivas ao crack e outras drogas e à intolerância nas escolas. “Com fé em Deus, vamos transformar a segurança cidadã de Ipatinga em exemplo para todo o país”, afirmou o vice-prefeito.

Alfredo Ramalho foi coronel e comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar de Ipatinga e desde a campanha eleitoral falava sobre algumas medidas necessárias para a melhoria da segurança no município. Em seu discurso, entre outros assuntos, Ramalho destacou que esforços serão feitos para que a central de monitoramento de segurança “Olho Vivo” retome suas atividades. A prefeita Cecília Ferramenta e o presidente da Câmara, Ley do Trânsito, em seus pronunciamentos também destacaram a volta do “Olho Vivo”.

Ramalho também falou que com a criação da nova secretaria, um dos principais objetivos é fazer “algo diferenciado no que diz respeito à violência contra a mulher”, momento em que foi muito aplaudido.


“Vamos dar um grande salto de qualidade na questão da segurança pública municipal”, afirmou o vice-prefeito Coronel Ramalho, agradecendo a nomeação e anunciando que “haverá muito trabalho pela frente”.


Fonte: PLOX.COM.BR
Comento: Parabéns ao Coronel Ramalho por mais essa vitória. Para os que politicaram...eis a resposta. Quem nasceu para ser líder nunca perderá sua majestade. Quem nasceu para ser chefe...será um eterno puxa-saco...Que deus lhe abençoe!

segunda-feira, 25 de março de 2013

Uberlândia terá novas viaturas, mais policiais e Lei Seca reforçada


A cúpula da segurança pública de Minas Gerais esteve nesta sexta-feira (22), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, para discutir estratégias de enfrentamento à criminalidade em todas as 18 cidades que compõe a 9ª Região Integrada de Segurança Pública (9ª Risp).
O município é o segundo do interior do Estado a receber, este ano, o secretário de Defesa Social Rômulo Ferraz, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant´Ana, e o chefe da Polícia Civil, Cylton Brandão da Matta para discussões in loco da violência regional.
No encontro, foram anunciados investimentos para Uberlândia e região e definidas ações conjuntas e integradas com foco na redução da criminalidade e também das mortes no trânsito.
A partir de agosto, a cidade reforçará ações conjuntas entre as Polícias Civil e Militar para combater a combinação perigosa álcool e volante. As blitze da campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, que hoje são restritas a Belo Horizonte e já conseguiram uma redução dos acidentes com vítimas de mais de 11%, chegarão a Uberlândia para incrementar as ações já existentes da Lei Seca. A cidade receberá uma Base Móvel para realização específica destas ações, motocicletas, além de novos bafômetros.
As polícias Militar e Civil também terão incremento de pessoal, viaturas e outros equipamentos de trabalho a partir de junho. De acordo com o chefe da Polícia Civil, a instituição terá seu poder de investigação aumentado nos próximos meses. Cylton Brandão adiantou que, além da chegada dos 17 novos delegados na última semana, parte dos novos 130 escrivães em treinamento na Academia de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Acadepol) deverão ser empossados na cidade em maio deste ano.
A Polícia Civil da 9ª Região Integrada também receberá kits de investigação, com equipamentos de inteligência, escuta, entre outras funções. Viaturas também chegarão à região, ainda neste semestre, em número ainda não definido.
Já a Polícia Militar receberá 12 novos carros para Patrulha Rural e reforço no número de policiais. “Serão destinados 30 policiais para a Região Integrada e 80 servidores civis que poderão fazer a liberação de policiais, hoje em funções administrativas, para o patrulhamento preventivo”, adiantou o comandante geral da corporação, coronel Santana.
Grandes obras em andamento
O secretário Rômulo Ferraz adiantou que a construção da nova Delegacia Regional de Uberlândia, já prometida em viagem anterior à cidade, está com recursos garantidos e estará pronta em 2014. O Posto de Perícia Integrada (PPI), com um novo Instituto Médico Legal e uma nova perícia, também será inaugurado no ano que vem.
As 32 novas câmeras de videomonitoramento do programa Olho Vivo previstas para a cidade estão com recursos em caixa. A assinatura do Termo de Cooperação entre a Prefeitura Municipal e o Estado deve ser assinado ainda em abril. “É um projeto exitoso que traz resultados importantes na redução, principalmente, no crime violento contra o patrimônio. Nas áreas onde este projeto foi implantado, a queda dos crimes violentos contra o patrimônio caíram de 30% a 40%”, afirmou o secretário Rômulo Ferraz.
Reuniões no interior
A rodada de reuniões nas cidades do interior com a cúpula da Defesa Social vai ocorrer ao longo do ano com representantes das 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) que não estão na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
A intenção é que, além do recebimento das demandas das regiões ao longo do ano, o secretário, chefe da Polícia Civil e comandante da Polícia Militar possam conferir in loco as opiniões das lideranças policiais e demais instituições relacionados ao Sistema de Defesa Social como Ministério Público, Justiça, Defensoria Pública e Poder Executivo.
Agência Minas/Portal uipi/Por Raul Neto

terça-feira, 12 de março de 2013

PEC N°45/2013: Coronéis juízes deverão ter notório saber jurídico e reputação Ilibada




A comissão Especial instaurada para emitir parecer sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº 45/2013, de autoria do deputado Sargento Rodrigues, definiu durante reunião na tarde desta terça-feira, 12/03, o presidente, vice-presidente e relator. 

O deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) foi eleito o presidente e Romel Anisio (PP), vice-presidente da Comissão. Já o relator da matéria será o deputado Durval Angelo (PT).

A PEC 45/13, visa estabelecer que para o governador indicar os coronéis do bombeiro e da polícia militar a compor o Tribunal de Justiça Militar, esses, deverão ter notório saber jurídico, reputação ilibada e serem escolhidos por maioria absoluta na Assembleia Legislativa (ALMG).

O deputado Sargento Rodrigues ressaltou que o Coronel-juiz Sócrates Edigard dos Anjos, quando indicado, sequer era bacharel em Direito e mesmo assim reformava sentenças como juiz concursado para o cargo.


Fonte: Facebook.com/washingtonrodrigues

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Mulher assume a chefia do combate ao crime em BH


Cláudia Romualdo, de 44 anos, solteira,  comandava a 3ª Região Militar, em Vespasiano (Cristina Horta/EM/D.A Press)
Pela primeira vez nos 236 anos da Polícia Militar de Minas Gerais, uma mulher assume o Comando de Policiamento da Capital (CPC), um dos cargos mais cobiçados da corporação. A coronel Cláudia Araújo Romualdo, de 44 anos, que comandava a 3ª Região Militar, em Vespasiano, na Grande BH, substitui o coronel Rogério Andrade, que ficou apenas um ano e um mês no cargo e se afastou para a reserva em circunstância ainda não totalmente esclarecidas. 

O oficial não compareceu ontem à tarde à solenidade de passagem de comando, na sede da 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), na Praça Rio Branco, no Centro de BH, e há informações de conflitos internos entre o ex-comandante e a coronel Cláudia. Ele disse que estava em viagem e que pediu transferência à reserva para se dedicar mais à família, depois de 30 anos na PM. 

A coronel Cláudia afirmou ter recebido o convite do comandante-geral da PM, coronel Márcio Martins Sant’Ana. Sobre o motivo da saída do coronel Rogério, ela se limitou a dizer que se sentiria desconfortável para comentar uma decisão de foro íntimo, mesmo se soubesse os reais motivos que levaram o colega a pedir transferência para a reserva.

Fontes da PM, que pediram anonimato, contam que a coronel Cláudia substituiu por algum tempo o coronel Antônio de Carvalho no Comando de Policiamento Especializado (CPE) e que teria sido negado a ela um pedido de apoio ao CPC, motivo da desentendimento entre os três coronéis. Outra versão seria o descontentamento do comando geral com o desempenho do coronel Rogério no combate à criminalidade, o que foi negado por Márcio Sant’Ana. “O comando da 1ª Região é de muito prestígio, mas extremamente desgastante. O coronel Rogério achou por bem pedir a a transferência para a reserva e já tinha tempo de serviço para isso. Temos de respeitar a sua decisão”, disse o oficial. Continue lendo no Porta UAI

terça-feira, 9 de outubro de 2012

POLICIAL CHAMA CORONEL EM SEU APARTAMENTO E ATIRA NELE



CORONEL ALVES
O comandante do policiamento da capital, coronel Welligton Alves, foi vítima de um atentado esta madruga (9) no prédio em que mora, em Nova Parnamirim, Parnamirim. O acusado, um subtenente da Polícia Militar, identificado até o momento apenas por Alexandre, se entregou logo após cometer o crime. De acordo com o oficial de operações do 5° BPM, o coronel e o subtenente moram no mesmo prédio e esta madrugada, Alexandre ligou para o comandante do CPM falando que estava com problemas e pedindo ajuda. Ao chegar no apartamento o coronel foi atingido por um tiro de pistola calibre 380 no abdômen. Os moradores socorreram Alves para o hospital Clóvis Sarinho, onde ele foi submetido a uma cirurgia e permanece internado. Seu estado de saúde inspira cuidados. Ainda segundo o oficial da área, além da arma usada no crime, os policiais também apreenderam no apartamento, uma espingarda calibre 12, um fuzil calibre 38 e uma pistola .40. O subtenente é filho do ex-comandante geral da PM coronel Tavares e segundo militares do 5° BPM sofre de distúrbios psicológicos. Ele está preso na sede do Comando Geral, em Tirol.

Blog do Cabo Heronides

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

COMANDO GERAL DA PM MG ELEVA O MORAL DA TROPA, SOBRE LANCHES "GRATUITOS"


Distinto Policial Militar, 

O jornal Estado de Minas, em sua edição de 16Set2012-Dom, publicou duas extensas matérias denominadas: “PM’s lancham e almoçam de graça em troca de segurança a comerciantes” e “Restaurante tem acordo há 12 anos com policiais que comem sem pagar”. As publicações narram situações em que Guarnições Policiais Militares estariam consumindo alimentos em padarias e restaurantes, localizados na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), sem efetuarem o devido pagamento das despesas e em “troca de uma possível segurança especial para alguns comerciantes”. 

Este Comando tem a convicção de que as questões narradas restringem-se a uma minoria de policiais militares que, infelizmente, geram constrangimentos e dissabores para os profissionais que, orgulhosa e diuturnamente, constroem o nome e a imagem desta instituição bissecular. 

Nos últimos anos, em Minas Gerais, os policiais militares alcançaram um padrão sócio-econômico que lhes permite dignidade, equilíbrio financeiro e tranquilidade na gestão de suas despesas e orçamento. Tenho a firme confiança de que nossos valorosos policiais manterão o compromisso em prover a segurança pública às múltiplas comunidades da RMBH e de Minas Gerais de forma equânime, transparente e imparcial. 

Confio no trabalho e firmeza de propósito de cada um dos nossos talentos e abnegados construtores da paz. Confio na seriedade, no equilíbrio, no culto aos valores éticos e na responsabilidade de cada miliciano. Somente assim, manteremos nossa elevada condição de profissionais idôneos 
e “orgulho do povo mineiro”. 

Cordialmente, 


MÁRCIO MARTINS SANT’ANA, CEL PM 
COMANDANTE-GERAL


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Povo pede a Comandante dos Bombeiros de Uberlândia fique



UIPI


Comentário: Esse militar era tenente coronel, foi promovido a coronel recentemente, e por este motivo seria transferido para Belo Horizonte. Porém, a população uberlandense aprovou seu trabalho e pediu, através dos deputados, vereadores e até o prefeito, para que ele não seja transferido. Não o conheço pessoalmente, mas, segundo informações é um homem de tropa, extremamente operacional e não fica no gabinete apenas, se precisar ele põe a mão na massa. Inclusive, numa dessas ocorrências, este oficial sofreu uma queda. É por isso que todos admiram o seu trabalho.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Comando Geral PMMG anuncia novos investimentos e o Projeto Cinturão Rodoviário


Caro integrante da PMMG, 


Por ocasião das comemorações dos 237 anos da PMMG, o Comando da Corporação procedeu, hoje, a entrega de 69 viaturas de quatro rodas, 02 veículos para transporte de tropa e 22 motocicletas, para incrementar o policiamento rodoviário e tenho a satisfação de comunicar que foi lançado, também, o Projeto Cinturão Rodoviário. 

O Projeto tem como objetivo ressaltar a importância do policiamento nas rodovias estaduais mineiras e federais delegadas, por serem estas o primeiro ponto de enfrentamento ao crime organizado. Esse Projeto assume, assim, especial relevância no momento em que Minas Gerais se prepara para receber eventos esportivos internacionais em 2013 e 2014. 

Está previsto um investimento total de cerca de R$ 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de reais) ao longo de dois anos, sendo que, neste ano, serão aplicados aproximadamente R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) na atividade de policiamento rodoviário, com recursos provenientes dos convênios da PMMG com o Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) e com o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER). 

Este importante investimento tem como foco a melhoria da qualidade do policiamento rodoviário nas localidades atendidas, com a aquisição de armamento, viaturas e demais equipamentos e apetrechos policiais, além de computadores, GPS, transceptores e computadores portáteis, máquinas fotográficas e equipamentos para a expansão da rede rádio, proporcionando significativa melhoria na infraestrutura tecnológica e de telecomunicações da Instituição. 

Dessa forma, ao final do ano, esperamos entregar os diversos equipamentos que serão adquiridos, de forma a aperfeiçoar, ainda mais, nossa prestação de serviço e o atendimento à comunidade mineira. 

Cordialmente, 

MÁRCIO MARTINS SANT’ANA, CORONEL PM 
COMANDANTE-GERAL 

Fonte: INTRANET PMMG

domingo, 22 de abril de 2012

A PRIMEIRA CORONEL DA HISTÓRIA DA POLÍCIA MILITAR DO PIAUÍ

2
A Polícia Militar do Piauí agraciou na manhã deste sábado, 21, um total de 222 policiais militares, além de promover outros 56 por critérios de merecimento ou por tempo de serviço. Durante a solenidade, o governador Wilson Martins ressaltou a importância da PM na garantia da segurança da população, bem como o compromisso do Governo do Estado em investir cada vez na melhoria do aparato técnico da corporação. A data foi escolhida em homenagem a Tiradentes, considerado o patrono das Polícias Militar e Civil e uma das grandes personalidades no processo da independência brasileira.


“Gostaria de reafirmar a confiança e o compromisso que o Governo tem para com a Polícia Militar do Piauí, que a cada dia mostra melhores resultados para a população. Daí a promoção dos oficiais ser uma forma de estimulá-los a continuar trabalhando pela nossa segurança, sendo também uma forma de recompensá-los pelos relevantes serviços prestados”, relata o governador ao comentar sobre a importância da conquista de uma independência também no âmbito econômico. Segundo ele, para tanto, o Governo vem realizando operações de crédito que visam melhorar as condições de vários setores, sempre de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Ao longo dos últimos dois anos, o Governo do Estado vem investindo na melhoria das condições de trabalho da Polícia, a exemplo da convocação de mais de 700 policiais via concurso público e a ampliação do Ronda Cidadão na capital e também no interior. Os investimentos também podem ser vistos na reforma e construção dos batalhões e na aquisição de novos equipamentos mais modernos, como as câmeras que monitoram as principais vias da capital. “Assim que tivermos um aval positivo chamaremos outros 165 aprovados no concurso para provimento de vagas na Polícia Militar”, estima Wilson Martins.
Para o coronel Gerardo Rebelo, comandante geral da Polícia Militar, a reestruturação da PM é um processo contínuo, que deve ser otimizado com o passar do tempo. E a promoção de oficiais é justamente uma forma de melhorar as condições impostas pelo trabalho na Polícia. “Com o apoio do Governo estamos fazendo grandes mudanças e continuaremos a fazer sempre visando minimizar os problemas de segurança no Estado”, completa.

A primeira coronel da história da Polícia Militar do Piauí Continue lendo na ISTO É PIAUÍ

segunda-feira, 9 de abril de 2012

CARLINHOS CACHOEIRA: Escuta sugere elo de bicheiro com coronel da PM GO

Novos documentos da Polícia Federal (PF) mostram a suposta influência de Carlinhos Cachoeria - preso durante a Operação Monte Carlos apontado como chefe da máfia dos caça-níqueis em Goiás -, em algumas decisões da Polícia Militar (PM) do estado. O documento mostra conversas entre um homem identificado apenas como "Lenine", que seria um dos homens de confiança do bicheiro, e o coronel Carlos Antônio Elias, ex-comandante geral da PM.

Segundo o inquérito, em um dos trechos Lenine possivelmente intercede pela promoção de dois policiais. No diálogo, ele diz que as promoções teriam que acontecer antes que o outro governo assumisse. O coronel Elias confirma: “se não, passa da hora”.

O homem supostamente pede apoio para uma possível promoção de um policial. “Me ajuda daí, que eu vou fazendo força daqui também”, responde o coronel. Depois que Lenine fala sobre uma possível ajuda a um segundo policial, o militar diz: “Tá defendendo gente boa, aí. Vamos pegar esses meninos e ajudar eles”. (sic)

quarta-feira, 28 de março de 2012

Assaltante invade casa de coronel e levam a viatura


FABRÍCIO ESCANDIUZZI
Direto de Florianópolis
Assaltantes invadiram a casa de um tenente-coronel da Polícia Militar de Santa Catarina e fugiram em uma viatura na madrugada desta terça-feira, no bairro Morro da Cruz, na região central de Florianópolis. Os homens chegaram armados à casa do oficial Cláudio Gomes e levaram um notebook e um veículo Logan da PM catarinense.
Cerca de dez minutos após o assalto, os homens deixaram a viatura em uma praça da região central. O veículo é rastreado por uma sistema de segurança adotado pelos militares catarinenses. A Polícia Civil foi acionada para investigar a invasão. O oficial da PM, que estava em casa no momento do assalto, disse que não houve qualquer tipo de violência. Gomes atua como diretor do centro de formação da PM e conta com autorização da Secretaria de Segurança Pública para levar o veículo para casa.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Decoro da classe: Coronel pedófilo é flagrado em motel com duas adolescentes e com viatura do Bombeiro

Inversão de valores

E-MAIL RECEBIDO
Todos devem lembrar o Cel. bombeiro Perinei, pego com duas adolescentes num hotel. Passou ao vivo na Record. Pois esse mesmo irá para a RESERVA REMUNERADA. Enquanto os bombeiros que lutaram por melhores salários e condições de trabalhos foram expulsos. Esse coronel é um PEDÓFILO e vai para casa ganhando seu salário (que é pago com o meu dinheirinho suado, e o de todos os brasileiros que pagam os altos impostos cobrados pelo governo), e ainda é possível que ele não seja punido pela justiça, por PEDOFILIA. Perguntem ao Conselho que julgou os militares expulsos, e também ao Cel. Simões, por que eles não expulsaram esse pedófilo, Cel. Perinei, que feriu a honra da corporação?

Quer dizer que comer criancinha pode.  Mas pedir dignidade,  é desvio de conduta e transgressão disciplinar Grave???

CORONEL SIMÕES EXPULSA 13 BOMBEIROS, MAS ABSOLVE CORONEL PEDOFILO PEGO EM FLAGRANTE COM MENOR EM MOTEL. ELE VAI PARA A RESERVA - BOLETIM 13/03


C. NOTA DGP/5 149/2012 Face a comunicação feita através da Parte DGP/5 075/2012, onde informa que o Cel BM QOC/79 ADILSON DE OLIVEIRA PERINEI, RG 0005520, da DGP/OE incidirá no dia 21 de abril de 2012, no art. 99 Inciso II nº 2, do da Lei 880, de 25 de Julho de 1985, do Estatuto dos Bombeiros Militares, seja o referido Oficial submetido à Inspeção de Saúde: Em consequência: 1. O Comandante do militar, apresente o mesmo, no prazo máximo de 03 (três) dias, a contar da presente data, por meio de ofício a JOS/DGS, a fim de que seja submetido à Inspeção de Saúde, BEM COMO, REMETER PARA DGP/5, CÓPIA DO OFÍCIO DE APRESENTAÇÃO QUE ENCAMINHOU O REFERIDO MILITAR A JOS, COM A CONFIRMAÇÃO DO COMPARECIMENTO DO MESMO; 2. O Presidente da JOS/DGS encaminhe para a DGP, a Ata de Inspeção de Saúde, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, a contar da data de apresentação do Militar à JOS/DGS para a referida Inspeção, de acordo com Nota DGP/5-388/08, publicada no Boletim da SUBSEDEC nº 194, de 16 de outubro de 2008; 3. No impedimento de serem cumpridos os prazos acima, o Presidente da JOS/DGS, deverá encaminhar, à DGP, o relatório de saúde do aludido Militar. 4. A recusa do militar a se submeter à Inspeção de Saúde, implicará na presunção de plena aptidão física e mental do militar, conforme o disposto no Art. 2º do Decreto nº 40.968, de 05 de outubro de 2007. 5. A SAd da OBM do referido Militar, remeta a esta DGP/5, com a máxima brevidade para dar prosseguimento no processo de passagem para a Inatividade do mesmo, os seguintes documentos: Ficha de Informação, Formulário do Rioprevidência e Declaração de não Acumulação de Cargos para o Tribunal de Contas. 6. A SCP providencie a Carta Patente da Militar em questão, e remeta à DGP.
Fonte: Blog SOS POLICIAIS MILITARES