Seguidores

Mostrando postagens com marcador corrupcao. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador corrupcao. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Das capitanias hereditárias aos porões de alguns empreiteiros

Nasce na colônia, por determinação do Rei de Portugal D. João III, segue no Império com outra roupagem, sobrevive na Primeira República e aprimora-se nos dias atuais. As capitanias hereditárias e seus capitães-donatários são marca indelével do Brasil de todos os tempos. E em todas as suas formas com um objetivo comum entre si: a pilhagem do bem público.
As semelhanças entre ontem e hoje são inúmeras. Em outro sistema, os das sesmarias, pagava-se um dízimo à Coroa. Agora, o dinheiro enche os bolsos dos políticos, de quase todos os partidos que compõem e representam o Estado Brasileiro.
Fala-se em 70 parlamentares. Supera-se a história de Ali Babá. Nela eram só 40 ladrões. Continue lendo no Jornal do Brasil

sexta-feira, 11 de abril de 2014

RIO: MARCHA CONTRA CORRUPÇÃO E PELA REFORMA DA SEGURANÇA PÚBLICA


CONCENTRAÇÃO AS 09:00 NA AVENIDA ATLÂNTICA EM FRENTE A RUA PRADO JÚNIOR (PRÓXIMO AO POSTO 2)

As Forças de Segurança e a sociedade unidas em defesa de um país mais seguro.

O evento será realizado pelo Sindicato dos Policiais Federais do Rio de Janeiro com o apoio da Federação Nacional dos Policiais Federais e de outras categorias de servidores públicos visando expor a atual situação em que se encontra a segurança pública. Não é possível que tratem a segurança na sociedade de forma passageira, visando um objetivo que é um evento internacional ou ainda que perdurem sistemas falidos que até hoje não resolveram o problema da criminalidade. O Sindicato dos Policias Federais do Rio de janeiro em nome de seus associados, Agentes, Escrivães e Papiloscopistas lançam um alerta a sociedade e conclama a mesma a participar da passeata a ser realizada às 9:00 hs na Praia de Copacabana, iniciando na Avenida Atlântica em frente a Rua Prado Junior. Mostre o seu descontentamento com a atual situação da violência que começa a dar sinais de aumento no Rio de Janeiro e demais cidades do Brasil. Os Agentes, Escrivães e Papiloscopistas de Policia Federal lançam um alerta para que a população proteste e que venha nos ajudar a mudar a atual situação, pois do jeito que a segurança vem sendo tratada, a violência só tende a piorar. Ajude-nos a exigir uma forma definitiva e eficiente de melhora da segurança pública, pois a solução não é difícil, faltando apenas vontade política.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Sindicato da Polícia Federal denuncia realidade diferente dos números oficiais



Segundo a Polícia Federal (PF), o número de operações nos últimos sete anos subiu 20%, entre janeiro de 2007 e novembro deste ano – saltando de 188 para 224 – e o de prisões caiu 55%, de 2.876 para 1.268. Para o Sindicato dos Policiais Federais (Sinpef-MG), os números não representam a realidade. Segundo levantamento da categoria, os indiciamentos por corrupção caíram 84% e os de crimes contra o sistema financeiro, 86%.
“Há duas possibilidades. Ou os corruptos viraram santos ou estão cometendo crimes e não tem ninguém investigando. As ações cresceram porque agora pegamos qualquer caso para investigar para fazer volume, mesmo que ele não resulte em nada concreto”, disse.
Segundo o policial, as quedas estão ligadas ainda à falta de valorização dos profissionais. Segundo Porto, nos últimos anos, muitos dos seus colegas optaram por deixar a corporação e ingressar em outros órgãos.
“Você precisa de pelo menos três anos para ser bom no setor de inteligência, mas, quando completa este período, é trocado de cargo. A direção diz que é para oxigenar a PF, mas é para enfraquecer o trabalho de apuração”, afirma.
Paralisação. Insatisfeitos com a condução da Polícia Federal, os policiais federais de Minas e todo o Brasil prometem fazer um dia de paralisação por mês até a Copa do Mundo, em junho de 2014, assim como aconteceu anteontem. Eles não descartam fazer uma greve durante o Mundial, o que causaria um caos nos aeroportos.
“Nossas carreiras estão congeladas. Precisamos de uma sinalização do governo que teremos mais autonomia e investimentos na corporação.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Uberlândia: PM preso pela PF com pasta base

Marcos Maracanã

EXCLUSIVO.....
Um soldado da PM do 32 BPM no Triangulo Mineiro esta preso na sede da PF em Uberlandia,ele é acusado de portar 18 kg de pasta base de cocaína, segundo informações este mesmo elemento estaria envolvido com uma quadrilha de explosões de caixas eletrônicos que foi desarticulada em Guimaranea no meio do ano.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Delegado e investigadores são afastados por suspeita de corrupção


O delegado Janisson Costa Balvedi e dois investigadores, Handerson Precioso Fagundes e Fernando Falcão Duarte Jorge, foram afastados dos cargos na tarde desta segunda-feira (8), por meio de uma medida cautelar expedida pelo juiz da 2ª Vara Criminal Joemilson Donizetti Lopes. Os três são suspeitos de exigirem R$ 15 mil de uma esteticista de 38 anos para que ela não fosse encaminhada para o presídio Professor Jacy de Assis. A mulher é suspeita de ter causado a morte de Francisco do Nascimento, 52 anos, em um acidente de carro no dia 1º de dezembro do ano passado.


Naquela data, de acordo com o boletim de ocorrência, a esteticista fez uma conversão na rua do Telefonista, no bairro Jardim das Palmeiras, zona Oeste de Uberlândia. O motociclista que seguia no sentido contrário da via bateu na lateral do veículo e foi arremessado. Segundo o relato dos policiais, ele morreu na hora.

A mulher foi levada para a delegacia de Plantão da Polícia Civil e lá, de acordo com a denúncia feita ao Ministério Público Estadual (MPE), os dois investigadores pediram dinheiro ao marido da esteticista para que ela não fosse presa. Ainda de acordo com a denúncia, Handerson Fagundes e Fernando Jorge teriam feito pressão psicológica no casal para que o valor de R$ 15 mil fosse pago.

O marido da mulher ainda relatou que, enquanto ela estava detida na carceragem da delegacia, os dois investigadores teriam negociado três valores diferentes, de R$ 12 mil, R$ 10 mil e de R$ 8 mil. Porém, com a redução nos valores eles disseram que precisavam “falar com o Doutor”, se referindo ao delegado Janisson Balvedi.

Como o casal se negou a pagar, segundo o MPE, o delegado ratificou a esteticista por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e ela foi encaminhada para o presídio logo em seguida. O documento ainda diz que o caso da mulher não caberia prisão, uma vez que ela prestou socorro ao motociclista e esteve presente o tempo todo.

Medida cautelar

O MPE encaminhou a denúncia à 2ª Vara Criminal de Uberlândia, que foi aceita na semana passada. No documento também consta a medida cautelar, que pede o afastamento dos envolvidos. O juiz Joemilson Donizetti Lopes, considerou a medida justificável e enviou notificação à Polícia Civil (PC) para que sejam tomadas as devidas providencias. “Achei por bem afastá-los enquanto eles respondem a essa investigação”, disse.

Joemilson Lopes informou ao CORREIO que a medida ainda cabe recurso e que os envolvidos podem recorrer no prazo de 48 horas. “Eles já tem advogados cadastrados na ação”, disse. A reportagem tentou falar com os três pelo telefone, mas ninguém foi encontrado. A delegada regional Márcia Regina Pussoli disse ter conhecimento das investigações, mas que ainda não foi notificada. “É uma ação do MP, mas não fui notificada”, disse. Os três ainda respondem pelo crime de improbidade administrativa na Vara da Fazenda.

 Especial para o CORREIO

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Enquanto o Brasil jogava, Senado votava projeto de crime hediondo para corruptos

Plenário do Senado vota o projeto de lei que torna a corrupção crime hediondo. O presidente da Casa, Renan Calheiros, apelou ao consenso quanto ao assunto. O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) foi designado relator da matéria. A discussão em relação às emendas, matérias apensadas e sobre o projeto em geral foi encerrada. Deputados discutem o que será votado. Acompanhe ao vivo

quarta-feira, 19 de junho de 2013

A segurança pública humilhada, para defender governantes corruptos





POLICIAIS SÃO SERES HUMANOS
Tenho visto com tristeza alguns injustos, aproveitando a onda de manifestações para denegrir a classe policial.

Esquecem que a polícia é feita por uma maioria esmagadora de homens e mulheres justos e corretos, cheguei a ver pessoas dizendo que policiais não são cristãos. 


Ora! Você deve conhecer um policial que com certeza é honesto e cumpridor de seus deveres, todos nós conhecemos.


Tenho certeza de que Deus reconhece a importância de todas as profissões, inclusive dos policiais, os quais também são seres humanos.

É correto um cristão ser policial?

Além de não proibir um cristão de ser policial, a Bíblia exalta essa profissão que é extremamente importante no contexto de pecado (1Jo 5:19) em que vivemos.
A aprovação de Deus podemos encontrar, por exemplo, em Lucas 3:14, onde o profeta João Batista aconselhou da seguinte maneira os soldados romanos que ouviram sua pregação:

“Então alguns soldados lhe perguntaram: ‘E nós, o que devemos fazer?’ Ele respondeu: “Não pratiquem extorsão nem acusem ninguém falsamente; contentem-se com o seu salário”.


João Batista era um pregador que não temia “chamar o pecado pelo nome”, tanto que foi morto por isso (ver Mt 14:1-12; Mc 6:14-29; Lc 3:19, 20; 9:7-9). Entretanto, quando interrogado pelos soldados quanto ao que deveriam fazer para terem o favor e a aprovação de Deus, o profeta inspirado não os aconselhou a abandonarem a profissão deles.

Ao invés disso, os orientou a serem honestos no trabalho, sem extorquir os outros e a tratá-los com respeito e dignidade.

O valor a profissão de policial (entre outras funções que trabalham pela ordem e segurança da sociedade) é apresentada em Romanos 13:4, que diz ser a autoridade “serva de Deus” (Nova Versão Internacional) para o bem dos cidadãos que vivem como verdadeiros cidadãos.

Ao mesmo tempo, a Bíblia diz que, além de serva do Criador, a autoridade é “agente da justiça para punir quem pratica o mal” (Rm 13:4, última parte).


Sou favorável às manifestações, com ordem e sem violência de qualquer lado que seja!

Texto extraído do facebook.com/Aparecido Cipriano

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Militar: "O povo brasileiro tem de tomar vergonha na cara e ir às ruas."


Entrevistamos Marcelo Machado, militar brasileiro e Presidente da Associação Nacional dos Militares do Brasil (ANMB).

Prezado Marcelo, como você define "corrupção"?

A corrupção está intrínseca na cultura do Brasil, não só na administração pública, mas em todos os segmentos onde o “negócio” está envolvido. Sempre vêem o “jeitinho” de se dar bem nas comissões ofertadas para escolha de determinado produto em detrimento de outro, mesmo de maior qualidade. Na iniciativa privada este recurso praticamente acabou, estando ainda presente nos “negócios” da administração pública, onde constantemente são denunciados.

Que tipo de modelo estatal tende a acentuar os índices de corrupção?

Na verdade, o modelo pouco interfere na corrupção, já que existem órgãos fiscalizadores e mesmo assim ela é contínua, parece que todos tendem a se corromper. Creio que a opinião pública deva estar sempre bem informada para combater este mal que prejudica os que mais necessitam dos serviços prestados pelo governo. A imprensa seria a fonte de denúncias, mas, ela também está inclusa no sistema corrupto.

A corrupção ocorrente no Brasil é mais agravada que em outros países? Por quê? 

A corrupção é um mal, e, como tal, está presente na natureza humana, em maior ou menor escala. No Brasil atual, ela é fonte de publicações em diversos países, não chegando ao conhecimento do eleitorado brasileiro que fica preso à propaganda do governo em horário gratuito televisivo. Diante disso, respondo que sim, no Brasil é mais grave na medida em que não há o conhecimento, sendo este disseminado somente nas redes sociais, onde, ainda poucos, tem acesso, ou não tem interesse em participar deste conhecimento.

Há soluções para a corrupção? Quais foram aplicadas com sucesso por outros países?

No Brasil, a solução é combater a corrupção, já que está enraizada em diversos setores, inclusive nos detentores do PODER/DEVER de combatê-la com a efetiva fiscalização e punição. Os exemplos italiano (Operação Mãos Limpas) e o chileno (foram tomadas medidas diversas, tais como a redução de 80% no número de cargos comissionados e a implantação de mudanças no sistema de financiamento de campanhas eleitorais), considerados um sucesso no combate à corrupção ao longo da década de 1990. Continue lendo no portal Contra Corrupção

sábado, 11 de maio de 2013

PMs toleram corrupção dos colegas



A corrupção está presente no cotidiano de 61% dos policiais militares brasileiros e se mantém viva graças ao corporativismo dos colegas de farda. É o que indica uma prévia da Pesquisa Nacional de Vitimização, conduzida pelo Ministério da Justiça e que será divulgada na íntegra em breve. Seis em cada dez PMs entrevistados afirmam que colegas fazem “vista grossa” a casos de desonestidade cometidos por agentes da corporação. Em Curitiba, esse índice chega a 67%.


O levantamento traz ainda um mapa da corrupção policial, com o Paraná na 7.ª colocação em número de vítimas de extorsão – à frente de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. No mês passado, nove policiais civis e oito policiais militares paranaenses foram presos acusados justamente de corrupção nas operações Vortex e Fractal.


Integridade

Para especialistas, o maior problema é que a tolerância dentro das corporações – e da própria sociedade – alimenta a corrupção. “A tendência é considerar a corrupção como parte natural das coisas, como um custo que temos de pagar se quisermos ter melhor prestação de serviços. Claro que isso é um erro grave”, diz Luís Antônio Francisco de Souza, coordenador do Observatório de Segurança Pública da Universidade Estadual Paulista (Unesp).


O ex-secretário nacional de Segurança, coronel José Vicente da Silva, afirma que a “integridade das corporações” tem de ser tratada como prioridade pelas polícias. As políticas contra a corrupção devem ter a mesma importância que o combate ao crime e o atendimento ao cidadão. “A integridade deve ser o alicerce da polícia. Se isso não for cuidado, o edifício pode ruir. Ou seja, o erro técnico até pode ser tolerado. O que não se pode tolerar é o erro moral, é a falha de caráter.”
Não por acaso os desvios de conduta no meio policial estão diretamente relacionados aos índices de criminalidade. “Quanto mais corrupta for uma polícia, mais problemas de violência a sociedade local vai ter. O crime verdadeiramente organizado, por exemplo, sempre tem a polícia em sua folha de pagamento”, diz Vicente da Silva.
O ex-comandante da PM do Rio de Janeiro e coordenador de segurança da ONG Viva Rio, coronel Ubiratan Ângelo, acrescenta que o policial é um reflexo de sua sociedade e ela precisa estar engajada no combate à corrupção. “A culpa é do policial ou da sociedade? É dos dois. As pessoas também têm de mudar seu comportamento e estar cientes de que, se transgredirem uma norma, deverão arcar com as consequências e não dar um jeitinho.” Continue lendo na AMAI, clique aqui>>>

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Desembargador mandava 'torpedos' para pedir dinheiro


Foto: Zezo Ferreira

Uma sequência de 23 torpedos enviados para os celulares de duas advogadas de Campinas é indício contra o desembargador Arthur Del Guércio Filho, afastado cautelarmente da 15.ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo por suspeita de corrupção. As mensagens foram redigidas no celular do próprio magistrado e endereçadas às advogadas Maria Odette Ferrari Pregnolatto e Giovanna Gândara Gai, de um escritório de Campinas (SP).


“Do TJ foram suspensos alguns pagamentos de férias atrasadas a que tenho direito e isso me deixou numa situação aflitiva”, escreveu o desembargador Del Guércio, a 9 de maio de 2012, às 14h34. “Por isso me atrevo a perguntar se a sra poderia me emprestar R$ 35 mil por 60 dias, com o inconveniente que precisaria ser para amanhã.” Depois, insistiu. “Qualquer que seja sua resposta tenho certeza que nenhum de nós misturará as coisas, pois o pedido é pessoal, nada mais. Me desculpando pelo incômodo aguardo ansioso sua resposta. Abs.”

Maria Odette, de 65 anos, integra o Tribunal de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil em Campinas. Acumula 40 anos de experiência, como procuradora municipal e advogada. Por cautela, gravou as correspondências. “Fiquei muito indignada. Não emprestei dinheiro e não respondi”, conta.

Dúvida

Ela defende uma pessoa jurídica em mandado de segurança relativo a questão de ordem tributária. No último dia 21 de março, Del Guércio ligou para o escritório de Maria Odette e pediu a ela que fosse ao seu gabinete, no prédio do TJ da Avenida Ipiranga, centro da Capital. “Ele disse que estava com dúvida sobre a perícia contábil”, relata a advogada. “Fui à sala dele, mas ali não falou sobre dinheiro. Mal deixei o tribunal e veio torpedo.”

“Dra, bom dia (eram 11h50)”, iniciou o magistrado. “Depois que a sra saiu tive uma péssima notícia e constrangido gostaria de saber se poderia me ajudar. Amanhã entraria um pagamento do tribunal mas ele só será feito no dia 5 de abril. O valor é 19 mil e 800 reais. A sra poderia me emprestar esse valor até aquela data? Me desculpe pela amolação. Me dê um retorno, por favor.”

Ao fim do texto, às 11h53, ele anotou. “Ah, já localizei o feito e o julgamento será simultâneo, mas sem qualquer relação com o meu pedido, creia.” Às 17h52 ele cobrou. “Dra, alguma posição?” “Tenho medo do que possa ocorrer com meu cliente, mas como não podia tomar providências?”, argumenta Maria Odette, que segunda-feira foi à Presidência do TJ, denunciou o desembargador e entregou cópia da sucessão de torpedos.

Além de seu relato e do depoimento de Giovanna, confirmam a ação de Del Guércio outros três advogados a quem ele teria solicitado dinheiro. Maria Odette disse que “nunca deu essa abertura” para que Del Guércio fizesse tal pedido. “Nunca vi uma coisa dessas e tem um agravante porque ele até assediou a Giovanna, uma advogada jovem e bonita.”

Frustração

O assédio está em duas mensagens a Giovanna, de 31 anos. A primeira, a 9 de maio de 2012, às 12h12. “Gostei muito de falar com você. Seu jeito meigo me cativou. Sei das grandes diferenças que existem em nossas vidas, mas posso lhe perguntar se não podemos almoçar juntos um dia desses? O que acha da ideia? Estou aguardando sua visita. Beijos.” No dia seguinte, às 9h40: “Giovanna, bom dia. Você não me respondeu ontem. Te assustei?”

“É uma frustração grande”, diz Giovanna. “A gente estuda, vai atrás de jurisprudências e aí você vê todo esse trabalho jogado no ralo. Ainda assim existem os bons e a gente acredita na Justiça. Talvez tenha acontecido com mais pessoas.” O criminalista José Luís Oliveira Lima, que ontem assumiu a defesa de Del Guércio, não comentou as acusações. Continue lendo no Estado de Minas

terça-feira, 2 de abril de 2013

PSDB faz estudo mostrando que corrupção consumiu R$ 7 trilhões 800 bilhões em 10 anos de Lula-Dilma

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net 
Por Jorge Serrão – 
serrao@alertatotal.net
O Governo do Crime Organizado consumiu nada menos que R$ 7 trilhões e 800 bilhões em recursos públicos nos últimos 10 anos, durante as gestões Lula da Silva e Dilma Rousseff. O levantamento sobre este número assustador da corrupção tupiniquim poderá ser divulgado pelo PSDB a qualquer momento ou na proximidade da campanha presidencial. O risco é que o PT, sabendo disto, fará o mesmo com os oito anos de FHC – o que pode neutralizar a denúncia.
A maior parte do dinheiro desperdiçado criminosamente foi com grandes obras que foram pagas, mas nunca concluídas. Quem tomará a decisão estratégica de liberar a informação, na hora que for mais conveniente, é o ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso. O problema é se o eleitor vai se sensibilizar com tal dado assustador sobre a roubalheira e a incomPTência petralha, a ponto de votar em Aécio Neves. Os tucanos se preparam para investir até R$ 300 milhões na campanha do neto de Tancredo Neves – que em 2004 foi apontado pelos banqueiros ingleses Rothschild como “o futuro Presidente do Brasil em 2010”.
Um dos principais alvos dos tucanos contra os petistas serão os absurdos gastos não justificados com os Cartões de Crédito Corporativos do Banco do Brasil, colocados à disposição de altos funcionários públicos do governo federal para saques ou despesas de “pronto pagamento”. Em 10 anos, segundo levantamento do PSDB, as gestões Lula e Dilma torraram nada menos que R$ 14 bilhões – “dinheiro de plástico” que deveria servir apenas para custear despesas de pequeno vulto ou excepcionais. Mais graves são os “gastos secretos” da Presidência da República – cujo sigilo é justificado sob a desculpa de “despesa em nome da segurança nacional”.
Os tucanos pretendem focar seus ataques em exemplos bem objetivos de má gestão petralha e de seus aliados do PMDB em empresas estatais de economia mista por eles aparelhadas. Os alvos serão a Petrobras e a Eletrobras – nas quais existem indícios de muita corrupção, conforme denúncias de investidores. Só na Petrobrás estimam-se prejuízos de R$ 2,5 bilhões com negócios mal feitos ou com ares de corrupção. Relações promíscuas entre os dirigentes petistas e os fundos de pensão também podem servir de munição para a campanha agressiva de Aécio. Obras faraônicas, quitadas e não terminadas ou mal executadas, também entram na linha de tiro.
Estradas não terminadas, a bagunça e o desperdício de recursos públicos em portos e aeroportos, milhares de ambulâncias paradas e projetos faraônicos que não saem do papel – como o Trem-bala RJ/SP - devem ser mostrados já na pré-campanha de ataque do PSDB contra o PT. Os tucanos só devem dar uma trégua nas relações entre a petralhada e o sistema financeiro. Os maiores bancos tendem a apostar na candidatura tucana, enquanto o PT deve ser majoritariamente financiado pelas grandes empreiteiras.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Major e sargento do Exército são condenados por corrupção



Um major e um sargento do Exército e um condutor de carro-pipa foram condenados, pela Justiça Militar do Ceará, por terem feito parte de um esquema de corrupção no abastecimento de água na cidade de Choró, a 155,7 quilômetros de Fortaleza. O major Maurício Tinoco Caetano, 40 anos, e o 1º sargento Francisco Eudemir da Silva Gomes, 45, receberam pena de dois anos de prisão, mas com o direito de recorrer em liberdade. Já o motorista de carro-pipa Luís Nobre Silveira Filho, 38, foi condenado a um ano de reclusão, também com o direito de apelar em liberdade.
Os militares foram condenados por corrupção passiva e o pipeiro, por corrupção ativa. Segundo o Ministério Público Militar, o major é o primeiro oficial do Exército condenado no Ceará. O julgamento ocorreu no último dia 12, mas a decisão, assinada pela juíza auditora Vera Lúcia da Silva Conceição, só foi publicada ontem no site do Superior Tribunal Militar.

Segundo denúncia do Ministério Público Militar, em julho de 2008, o sargento abordou o pipeiro, propondo aumento de contrato de água de sete para 14 mil litros, mediante pagamento de 10% sobre os valores a serem recebidos pelo motorista. Se não aceitasse a proposta, o contrato de fornecimento de água seria cancelado.
O pipeiro depositou 

R$ 1.800 na conta da esposa do sargento. As investigações indicam que, posteriormente, o dinheiro foi repassado para o major Maurício Tinoco, apontado como líder do esquema. O pipeiro nunca modificou a tonelagem do caminhão, ainda de acordo com a denúncia do Ministério Público. 

Em dezembro de 2008, o pipeiro enviou uma carta ao 23º Batalhão de Caçadores, responsável pelo Escritório da Operação Pipa, denunciando a propina. Foi quando o caso passou a ser investigado. No mês seguinte, Luís Nobre voltou atrás e retirou a denúncia. O esquema acabou sendo comprovado a partir de quebra de sigilos bancários e telefônicos e depoimentos de testemunhas.
Outras denúncias estão sendo analisadas pelo Ministério Público Militar, ainda em sigilo. “O processo acaba aqui. Agora, existem outras investigações. A gente não pode falar porque senão atrapalha. Não foi o primeiro e também não vai ser o último. Essa Operação Pipa tem ainda muitas fraudes”, informa o promotor Alexandre Saraiva.
O promotor considerou “desumano” o esquema de corrupção. A fraude acontece justamente nas cidades mais fragilizadas pela seca. “As consequências são as mais terríveis. Desde o não fornecimento de água, passando pela contratação de pessoas que não têm condições de levar essa água e, muitas vezes, água em condições insalubres. Às vezes, não havia fiscalização se o caminhão estava limpo. A água podia ser insalubre. Não temos provas disso nos autos, mas temos provas de que realmente eles fraudavam a fiscalização. Ao invés de fiscalizar, davam propina para aprovar esses caminhões”, aponta o promotor. 
O POVO tentou entrar em contato com algum representante da 10ª Região Militar, no fim da tarde e noite de ontem, mas as mas as ligações não foram atendidas. A reportagem também não conseguiu contato com os advogados dos réus. Os telefones não foram localizados. 
ENTENDA A NOTÍCIA
Os militares foram condenados por corrupção passiva e o pipeiro, por corrupção ativa. Até ontem, nenhum dos três tinham sido presos. Eles tiveram o direito de recorrer em liberdade. Todos negam a existência do esquema.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Exército apura denúncia de corrupção envolvendo oficiais

Em junho do ano passado, a presidente Dilma Rousseff lançou um programa bilionário com o objetivo de modernizar o aparelho estatal e, de quebra, estimular a economia, que já caminhava a passos lentos àquela altura. Batizado de PAC Equipamentos, esse pacote previa a liberação de 8,4 bilhões de reais para a compra de materiais e maquinário pelos ministérios – incluindo a pasta da Defesa e as forças militares a ela vinculadas, sempre queixosas de um quadro de sucateamento a que estariam submetidas. Ao contrário do que ocorre em outras modalidades do PAC, o novo projeto saiu do papel. Só o Exército gastou 1,8 bilhão de reais em caminhões, veículos blindados e até lançadores de mísseis. Mas, como é, infelizmente, praxe nas empreitadas civis, a corrupção parece ter encontrado uma brecha na esfera militar. Oficiais do Exército estão sendo investigados por terem sido acusados de achacar empresários que venceram licitações para fornecer equipamento à força terrestre. Eles teriam exigido propina em troca da assinatura dos contratos. Reproduziram, assim, um modelo de desvio de verba pública que foi consagrado recentemente nos ministérios dos Transportes e do Trabalho. Resta saber se, como os ministros demitidos daquelas duas pastas, os oficiais corruptos serão responsabilizados. A presidente Dilma Rousseff já determinou a abertura de uma sindicância para apurar o caso, que está sendo investigado sigilosamente pelo alto-comando do Exército.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ROSE, AMIGA DE LULA: CARRO FORTE P/ TRANSPORTAR 25 MILHÕES



Lula e Rose e muita grana...

MADAME ROSE, QUE ACOMPANHAVA O LULA NAS VIAGENS OFICIAIS ERA PORTADORA DE PASSAPORTE DIPLOMÁTICO, COMO TAMBÉM ERA PORTADORA DE MALA DIPLOMÁTICA LIVRE DE INSPEÇÃO EM QUALQUER ALFÂNDEGA DO MUNDO.

MAS, COMO TUDO NA VIDA TEM UM "MAS", QUANDO ESTA MALA DIPLOMÁTICA LEVA DINHEIRO O PORTADOR É OBRIGADO A DECLARAR NO PORTO DE DESTINO, QUAL O VALOR QUE CONTÉM NESTA MALA DIPLOMÁTICA .
(lembra da bispa que levava 10 mil dólares dentro de uma Bíblia nos USA.....foi presa por omitir)

NA VIAGEM QUE O LULA FEZ A PORTUGAL DONA ROSE DECLAROU QUE HAVIA 25 MILHÕES DE EUROS E REQUISITOU UM CARRO FORTE PARA TRANSPORTAR OS VALORES.

A REQUISIÇÃO DO CARRO FORTE ESTÁ NA DECLARAÇÃO DE DESEMBARQUE DA PASSAGEIRA E A QUANTIA EM DINHEIRO TRANSPORTADA PARA PORTUGAL NA ADUANA DA CIDADE PORTO EXIGE UM DECLARAÇÃO DE BAGAGEM DE ACORDO COM AS LEIS INTERNACIONAIS.

ESTA DECLARAÇÃO ESTÁ NOS ARQUIVOS DA ALFÂNDEGA.
O DINHEIRO TINHA COMO DESTINO A AGÊNCIA CENTRAL DO BANCO ESPÍRITO SANTO DA CIDADE.
PORÉM, A EMPRESA QUE PRESTA SERVIÇOS DE CARRO FORTE TAMBÉM EXIGE PAGAMENTO POR PARTE DO DEPOSITÁRIO, COMO UM SEGURO DE VALORES, DEVIDAMENTE IDENTIFICANDO O BENEFICIÁRIO E O RESPONSÁVEL PELO TRANSPORTE DO DINHEIRO.

NO CASO A RESPONSÁVEL ERA MADAME ROSE E O BENEFICIÁRIO NO CASO DE SINISTROS SENHOR LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.
ESSES DOCUMENTOS GERADOS ESTÃO ARQUIVADOS NA ADUANA DO 
AEROPORTO INTERNACIONAL “FRANCISCO DE SÁ CARNEIRO- OPORTO (Cidade do Porto).

COMO ESSES DOCUMENTOS NÃO SÃO BANCÁRIOS LOGO, NÃO SUJEITOS A SIGILO BANCÁRIO, A APÓLICE DE SEGURO PARA O TRANSPORTE ATÉ BANCO ESPÍRITO SANTO É PÚBLICA E FACILMENTE RASTREADA E CONSULTADA POR QUALQUER CIDADÃO PORTUGUÊS A PEDIDO DO MINISTÉRIO DE PORTUGAL.

DESDE QUE SEJA ACIONADO POR ALGUM CIDADÃO. E ESTES PROCEDIMENTOS PODEM SER CONSULTADOS INCLUSIVE PARA RASTREAR DINHEIRO DE DROGAS.
O DEPÓSITO ESTA PROTEGIDO PELO SIGILO BANCÁRIO PORÉM, AO CONTRATAR OS SERVIÇOS DE SEGURANÇA ABRIU-SE A BRECHA..."Revoltados ON LINE, PONHA NA REDE ANTES DA REVISTA VEJA..." Fonte: Mister VRANONIM.


Assinado
Marcello Reis
Fundador Revoltados ON LINE
Há sempre um Revoltado ON LINE em TODO lugar, SEMPRE HÁ !@!


segunda-feira, 19 de março de 2012

Romário diz que Copa de 2014 será o 'maior roubo da história'

O ex-jogador de futebol e deputado federal Romário (PSB-RJ), um dos principais críticos à forma com que a Copa do Mundo de 2014 tem sido organizada, afirmou ontem, em seu perfil no site de relacionamentos Facebook, que a competição se tornará o "maior roubo da história" do país, tudo por conta da má gestão dos políticos brasileiros.

"Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a um ano e meio da Copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Ai vai acontecer o maior roubo da história do Brasil", disse Romário.

Para ele, "o governo engana ao povo", e a presidente Dilma Rousseff "está sendo enganada ou se deixa enganar" quando afirma que a Copa será a melhor de todos os tempos.
Romário criticou a ausência de deputados na reunião entre o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e Dilma, na última sexta-feira (16), quando se tratou do projeto da Lei Geral da Copa, que está prevista para ser votada na Câmara Federal ainda nesta semana.



Reprodução/Facebook/romariodesouzafaria
"O presidente da comissão da Lei Geral da Copa, Renan Filho, não estava lá. O relator da Lei da Copa, Vicente Cândido, também não. O presidente da Casa onde será votada a lei, Marco Maia, também não estava presente. E muitos outros que tem muito a ver com a Lei Geral da Copa, não estavam presentes. Na minha concepção de político, a política vai de mal a pior."
Após a reunião, Blatter revelou que Dilma lhe deu amplas e plenas garantias de que o Brasil respeitará "todos os compromissos assumidos com a Fifa", incluindo o de permitir a venda de bebidas alcoólicas nos estádios, que é um dos pontos que gera mais rejeição no Congresso, especialmente pela bancada evangélica.


O melhor jogador do mundo de 1994 convidou os brasileiros a se manifestarem e disse que o povo tem toda a razão ao reivindicar e exigir por parte dos políticos mais seriedade e responsabilidade nas questões relativas à Copa.
Com informações da Efe/Folha.com

sábado, 26 de novembro de 2011

Onde vai o dinheiro da PEC 300: Rombo na folha da Aeronáutica, pode chegar a 3 bilhões

img.jpg

O rombo na folha de pagamento da Aeronáutica pode chegar a três bilhões, depois que se descobriu que oito mil militares demitidos nos últimos dez anos permanecem ativos em cadastro interno. Ministério Público investiga fraude na folha de pagamento da Aeronáutica depois de descobrir que oito mil militares demitidos nos últimos dez anos permanecem ativos em cadastro interno. NA JUSTIÇA Cerca de 3 mil soldados reuniram-se numa associação, a Anese, e passaram a cobrar o direito de reingresso à FAB.