Seguidores

Mostrando postagens com marcador cuba. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cuba. Mostrar todas as postagens

sábado, 7 de junho de 2014

Médicos de Cuba vão receber mais R$2.800, além dos 10 mil que o governo paga para cada um


Ao todo serão gastos R$241.200,00 sendo que:


R$ 2.300,00 serão de auxílio moradia
R$ 500,00 de auxílio alimentação

Ficam assim várias perguntas a serem respondidas:

1. Por que estes profissionais "importados" tem direito a R$2.800,00 e os outros funcionários públicos tem que ser virar com seus salários pra pagar tudo isso?
2. Por que os médicos cubanos estão até hoje hospedados em um hotel em frente a prefeitura, com todas as regalias que isto proporciona?
3. Se estes médicos resolveriam a situação da saúde, por que as Uais continuam sem médicos e com os corredores lotados?
4. Por que a PMU tem dinheiro pra isso ao invés de valorizar melhor os médicos da região que não tem nenhuma motivação em trabalhar no SUS e receber miséria pra isso?



Comento: Porque o sindicato dos médicos não fez ainda a denúncia para o Ministério Público? Se o governo brasileiro paga 10 mil cada médico porquê estes só recebem 4 mil? Em ano eleitoral tudo tem que ser investigado, para que nossos impostos não virem santinho...Se todos são iguais perante a lei, como reza a Constituição Federal de 1988, porque o médico cubano tem que ganhar mais do que o médico brasileiro, no caso específico de Uberlândia?


sábado, 1 de fevereiro de 2014

ESCÂNDALO! PREÇO DA ESCRAVIDÃO: INTERCAMBISTA PASSA FOME EM BRASÍLIA APÓS SER OBRIGADA ABORTAR EM CUBA

Denúncia de colegas de Brasília dão conta do grave estado social em que se encontram intercambistas cubanos nos postos da periferia do GDF.

As cubanas são proibidas de engravidar, para evitarem ter filhos brasileiros. Já existe o relato de pelo menos 3 cubanas que tiveram que viajar de volta a Cuba para abortarem (procedimento comum por lá).

Uma dessas (identidade proibída) foi "devolvida", como se fosse mercadoria, a uma dos 12 postos de saúde (?) de Ceilândia-DF e aparentemente está sendo punida pelos governos cubano e brasileiro. Por conta disso, ficou sem receber salário por 2 meses, passando fome, sendo alimentada por doações feitas por funcionários do posto, que estão transtornados com o que ela está passando.

Dos 10 mil que Dilma paga a Fidel, ela só recebe 1.800, quer dizer, recebia. Além disso, provando que não é médica de verdade, trata a maioria dos casos com chás e ervas, como se curandeira fosse.Aliás, esse é o apelido dela no posto.


Sem dinheiro para o ônibus, tinha que ir a pé da casa pro trabalho. Abriu bolhas em todos os dedos dos pés.


Então vejamos: Está aqui por vontade do Estado. Tem mais de 80% de sua renda confiscada pelo Estado cubano. Não recebe o salário diretamente do empregador (Estado brasileiro). Não tem dinheiro trabalhista. Foi obrigada a abortar (!!!) em Cuba, pois aqui seria crime. Ficou 2 meses sem receber salário. Passou fome e abriu bolha em pé porque não tinha passagem de ônibus. Se esse inferno em que a cubana vive em plena capital da república não é escravidão, então não sabemos mais o que seria.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

PAC - Programa de Ajuda a Cuba



 Comento: O que já foi chamado de PAC - Programa de Aceleração do Crescimento, agora conhecido como PAC - Programa de Ajuda a Cuba, como diz o colunista José Simão da Folha de São Paulo. Será que não tem nenhum órgão para fiscalizar essas polpudas doações e perdão das dívidas? Será que não estão desviando o erário com a faixada da caridade? Será que existe oposição no Brasil?

sexta-feira, 29 de junho de 2012

A Visão de um cubano sobre como é a vida em um país comunista em pleno sec.XXI

  A verdade na ilha comunista é muito diferente do que escreveu Frei Betto ou do que pensam os jovens comunistas que cospem na cara da verdadeira democracia. Traduzimos esse pequeno texto publicado no blog de Yoani Sanchez, que escreve de Havana seu blog Generation Y. Yoani morou fora de Cuba. mas regressou por motivos familiares. (http://sociedademilitar.com)   
Demanda dos cidadãos cubanos por outra Cuba:  Como cubanos, filhos legítimos desta terra e parte de nossa nação, nós sentimos uma profunda tristeza na prolongada crise que nos demonstra a incapacidade do atual governo para fazer mudanças fundamentais. Isso nos força, como sociedade civil,  a procurar e processar nossas próprias soluções.

     Renda miserável, a escassez de comida e abrigo, a emigração em massa devido à falta de oportunidades, discriminação de pensamento e opinião, a falta de espaços para o debate público, prisões arbitrárias, a falta de direitos dos cidadãos, a corrupção e a segurança da propriedade somente para a elite dominante são alguns sintomas da difícil realidade que enfrentamos.
   Queremos que ocorra o debate público sobre a moeda dupla, restrições à imigração, direitos dos trabalhadores a um salário mínimo, o direito de todos os cubanos, onde quer que vivam, para promover iniciativas econômicas em seu próprio país, a crise demográfica, acesso gratuito à Internet e novas tecnologias. Discute-se o exercício da democracia.
    Com base na Constituição da República de Cuba estabelece: No artigo 3 º: Na República da soberania de Cuba está nas pessoas de quem se origina todo o poder do Estado.
     E no artigo 63 º: Todo cidadão tem o direito de apresentar queixas e petições às autoridades e recebeu a devida atenção ou respostas adequadas e no tempo, de acordo com a lei.
     DEMANDAS ao Governo cubano: Para implementar imediatamente as necessárias garantias jurídicas e políticas continue lendo no blog SOCIEDADE MILITAR