Seguidores

Mostrando postagens com marcador deficiente. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador deficiente. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 11 de abril de 2013

PM do RS vai elaborar projeto para readaptar policiais com deficiência

Comandante-geral da BM se reuniu com representantes de entidades representativas (Foto: Sargento João Batista Xavier, Divulgação/Brigada Militar)

Os policiais militares do Rio Grande do Sul com deficiência física poderão voltar a trabalhar. Segundo a Brigada Militar (BM) e o governo estadual, o Comando-Geral da corporação apresentou nesta quarta-feira (10) uma proposta para viabilizar a readaptação de PMs considerados incapazes de atuar no policiamento ostensivo para novas funções, em reunião com integrantes de entidades que representam a categoria.
A readaptação é prevista no Estatuto dos Servidores Militares Estaduais, mas atualmente não há uma regulamentação que a viabilize. "O comando possui a obrigação de consolidar, como valor institucional, a oportunidade para que as pessoas que tenham sofrido um acidente de trabalho possam ser readaptadas", disse o comandante-geral da BM, coronel Fábio Fernandes.
A reunião desta quarta-feira contou com representantes da Associação de Servidores da Área de Segurança e Portadores de Deficiência do Estado do Rio Grande do Sul (Asasepode) e da Associação Beneficente dos Acidentados da Segurança Pública do Rio Grande do Sul (Abaspe-RS). Um grupo de trabalho foi constituído para discutir aspectos que serão acrescentados à minuta do projeto de lei que será encaminhado ao Piratini. Entre eles, quais serão os postos de trabalho aos quais os policiais serão realocados. Continue lendo no G1

sexta-feira, 13 de julho de 2012

A discussão sobre deficientes na Polícia Federal


Peculiaridades da carreira
Polícia Federal deve recorrer, através da AGU, à decisão de Ayres Britto, que suspendeu o concurso público da instituição devido ao edital não contemplar vagas para deficientes físicos.

A Polícia vai sustentar a tese de que as “peculiaridades da atividade policial” não admitem a contratação de deficientes.

Por Lauro Jardim/Veja

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Exemplo de superação, veja o vídeo

Mãe-atleta realiza sonho de correr com filho deficiente.


Sábado foi dia de realizar sonhos no Circuito de Corridas. Na segunda etapa, que ocorreu em Uberlândia, a história de uma mãe-atleta, que dedica todo o seu tempo ao filho, emociou a todos que participaram do evento. 

Karolina Cordeiro correu com Pedro no percurso dentro do Parque do Sabiá. O pequeno, de cinco anos de idade, tem a síndrome de Aicardi–Goutières, que afetou os movimentos do corpo.

Essa foi a primeira vez que mãe e filho competiram. A dupla percorreu cinco quilômetros em 34 minutos. Na chegada, a emoção de Karolina pelo dever cumprido.

- Foi muito emocionante. Foi a primeira corrida dele e minha juntos em uma prova onde tinha gente. E cada minuto foi um parto. Eu lembrei da vida dele toda. E ele é um vencedor. Eu falei que a medalha dele o estava esperando. Disse que ele já é um campeão e disse: "Pedro não precisa chegar primeiro. O importante é chegar". E ele vai chegar lá. Isso é pra ele, eu corro por ele. Não importa o tempo. O tempo é o tempo dele. O meu tempo é o tempo dele. Assista o vídeo emocionante no G1 Triângulo, clique aqui>

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Brasileiro faz história na ciência mundial



Experimento de cientista brasileiro devolve a macacos sensação de tato


Os experimentos do neurocientista Miguel Nicolelis, mais uma vez, são destaque na mídia especializada mundial. O brasileiro teve estudo publicado na revista Nature, uma das mais respeitadas do segmento científico do mundo. No experimento de Nicolelis publicado pela revista, houve pela primeira vez na história uma ligação bidirecional entre cérebro e avatar que permitiu que macacos explorem textura de superfície sem haver o contato.

De acordo com declaralções de Miguel Nicolelis à mídia nacional e internacional, a ideia principal do estudo é criar um sexto sentido que possibilite aos pacientes a sensação do tato ao utilizar uma veste robótica. No caso específico, os cérebros de dois macacos foram treinados e aprenderam um novo código para reconhecer as texturas.

"O nosso experimento provou pela primeira vez que é possível criar uma interface cérebro-máquina-cérebro, possibilitando que criemos um exoesqueleto robótico para que pacientes paralisados possam receber feedbacks do mundo exterior e com isso recobrarem a sensação táctil através de sensores", disse Nicolelis ao Estadão.

O cientista acredita que, com o avanço nos estudos, será possível que pessoas com tetraplegia voltem a andar. Para a continuidade dos projeto, Nicolelis diz que trará para o Rio Grande do Norte os meios para completar os experimentos. "Lá (Campus do Cérebro) nós já temos um avatar realístico do corpo completo de um macaco, agora teremos que criar um modelo igual para o ser humano. Com ele poderemos e treinar os pacientes quadriplégicos a interagir com um avatar do corpo. Será como o 'Flight Simulator' (jogo de simulação e treino para pilotos de avião) do avatar que será usado depois pela pessoa", disse Nicolelis em entrevista ao Estadão.
 
tribunadonorte.com.br

Nota do blog: Com esse feito, está para a neurociência, o que Santos Dumont representou para a aviação. Ele é um revolucionário sem armas e que pretente na abertura da Copa de 2014, fazer o experimento em pessoas tetraplégicas, tentando fazê-las entrar em campo, sob o aparato tecnológico. Esse nos dá orgulho do Brasil e de ser brasileiro.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

RENOVAÇÃO DA CARTEIRA DE MOTORISTA PODE SER GRATUITA PARA IDOSO E DEFICIENTE

A Câmara analisa o Projeto de Lei 432/11, do deputado Walter Tosta (PMN-MG), que torna gratuita a renovação da Carteira Nacional de Habilitação para idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida que tenham renda mensal inferior a dois salários mínimos.

“A proposição promove meio hábil para uma efetiva melhoria na qualidade de vida dos idosos, caracterizando um verdadeiro incentivo para que se orgulhem da bagagem adquirida durante a vida”, disse Tosta.

A proposta altera o Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03).

Tramitação

A proposta foi apensada ao PL 5383/09, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que torna gratuita a renovação do Exame de Aptidão Física e Mental para os condutores com mais de 65 anos. Os projetos tramitam em caráter conclusivo e serão analisados pelas comissões de Seguridade Social e Família; Viação e Transportes; Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Postado por SGT HÉLIO
Blog Falando em Trânsito