Seguidores

Mostrando postagens com marcador estatistica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador estatistica. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 29 de abril de 2014

NO BRASIL MENOS DE 10% DOS CRIMES SÃO ESCLARECIDOS

CLIQUE E ASSISTA NO JORNAL DA GLOBO

MAPA DA VIOLÊNCIA - O mapa da violência no Brasil faz uma comparação chocante. Em 2011, último ano com informações disponíveis, foram assassinadas 52.198 pessoas no país. São números de guerra. De 2008 a 2011, foram 206 mil, quase o mesmo número de vítimas dos 62 maiores conflitos do planeta nos últimos quatro anos. A fonte é o Mapa da Violência 2013, elaborado pelo Centro Brasileiro de Estudos Latinoamericanos. As primeiras horas são as mais importantes para a polícia desvendar um crime. Os investigadores costumam dizer que a cena do crime fala, desde que ninguém destrua as evidências: relatos de testemunhas, a posição do corpo, as cápsulas das balas disparadas, impressões digitais e marcas no chão. Por isso, o local precisa ficar isolado até ser analisado por peritos bem treinados e equipados. Todo mundo já viu isso em filmes policiais. Mas o que acontece nas ruas brasileiras é bem diferente.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Domingo com estatística de guerra na Capital do Brasil


O domingo (02) foi extremamente violento DF, com registros de homicídios
 e tentativas em Samambaia, São Sebastião, Ceilândia, Planaltina, Estrutural,
 Santa Maria, Asa Sul, Recanto das Emas e Arniqueiras, confira: 

Um flanelinha conhecido por  Átila Talmo de Sousa, de 36 anos foi esfaqueado 
as 14:05 e morreu na quadra 308 da Asa Sul.

No Recanto das Emas um homem morreu horas depois de ter sido socorrido
 ao Hrsam, ele foi alvejado por disparo de arma de fogo na quadra 415.

Em Santa Maria foi registrado as 17:55 um duplo homicídio, dois homens
 morreram na hora baleados na quadra 208,  foram disparados cerca de 40
 disparos de diversos calibre, uma das vítimas foi identificada como  André 
Pereira Lopes 29 anos, o outro tinha o apelido de "Kiki". 

Por voltas das 18:48 um homem identificado por Rubens Pereira Rodrigues de
 aproximadamente 39 anos foi baleado 4 vezes na chácara 79 da Arniqueiras,
 próximo ao lava a jato do "Vitão.

Na estrutural uma criança foi socorrida em estado grave atingida por uma "bala
 perdida".

Por volta das 20:30 uma pessoa foi assassinada a tiros na QNN 07 Conjunto B de
 Ceilândia Norte. 

Em Samambaia foi registrado também um duplo homicídio as 16:48.

Por volta das 21:03 três pessoas foram socorridas ao hospital baleadas na 
QC 01 de Santa Maria, entre elas, uma criança.

Por volta das das 22:00 um homem foi vítima de disparo de arma de fogo
 em São Sebastião, a vítima foi identificada como Fábio, dono de um lava
 a jato do residencial vitória.

Estatística dos homicídios:

06h42 - Ceilândia - 15ª DP
06h44 - Santa Maria - 33ª DP
10h18 - Recanto das Emas - 27ª DP
14h05 - Asa Sul - 1ª DP
16h48 - Samambaia (Duplo) - 32ª/26ª DP
17h55 - Santa Maria (Duplo) - 33ª DP
18h18 - Samambaia - 32ª/26ª DP
18h25 - São Sebastião - 30ª DP
18h48 - Areal - 21ª DP
20h03 - Ceilândia - 15ª DP

As tentativas não foram contabilizadas aqui, são muitas.

Não acreditam? Procurem as delegacias responsáveis pelas áreas. 
Fonte: http://www.blogdoprotazio.com.br/2014/02/domingo-violento-no-df.html#more

ComentoEm respeito aos leitores, e com a compreensão do colega
 Douglas Protázio, não divulgarei as fotos chocantes das vítimas de homicídios.

Com certeza a imprensa convencional e parcial não divulgará os números,
 já que a moda agora é denegrir os integrantes da Polícia Militar, jogá-los contra
 a população e isso vende jornal.
O que dirá agora o governo à sociedade já que a OPERAÇÃO TARTARUGA que
 tanto o incomodou foi encerrada através de determinação judicial, a qual foi 
prontamente cumprida (mesmo sendo uma operação que determinava aos policiais
 trabalharem na LEGALIDADE)? Ah, já sei: Foi acerto de contas!

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Balanço da violência nos últimos anos em Uberlândia


  Enquanto o governador de Minas não escolhe quem será o novo coronel a comandar a 9ª RPM - Região de Polícia Militar situada em Uberlândia, é necessário fazer um breve balanço dos últimos anos. Infelizmente com índices terríveis em algumas modalidades criminosas. Ainda que algumas estatísticas possam demonstrar o contrário, (já dizia alguém que a melhor maneira de mentir é através de estatísticas), percebemos uma sensação de insegurança, nunca antes sentida em Uberlândia. Crimes como latrocínio, homicídios, roubos à fazenda, estupros, arrombamento a caixas eletrônicos, roubos à ônibus interestaduais que passam na região; mostraram um crescimento assustador. Sem falar na quantidade policiais militares que foram presos por desvio de conduta, presos em outras regiões ou por outros órgãos como a Polícia Federal.

   Especialmente os homicídios é o maior desafio do futuro comando regional, haja vista a dificuldade de se antever essa modalidade criminosa, que geralmente está associada ao tráfico de drogas. Se projetarmos os números de mortes em Uberlândia, calculado a densidade demográfica comparada a outros estados, teremos índices ainda mais preocupantes.
  
       Um militar inclusive chegou a ser ameaçado por presos e foi executado quando se deslocava para o serviço. Outro agente penitenciário foi igualmente ameaçado e assassinado quando saia do do trabalho. Em ambos os casos esses profissionais estavam fardados. Ou seja, o respeito acabou, a afronta é total!!!

    Uberlândia é a segunda maior cidade das Minas Gerais, e por conta disso também assume o ônus desse feito. Apesar do esforço do governo estadual em mandar mais viaturas, equipamentos e efetivo, não foram suficientes para devolver a tranquilidade aos seus moradores.

     Desejamos ao futuro comandante regional que ele tenha mais sorte nas suas ações, que tenha um serviço de inteligência mais operacional, (menos virtual) e que a tropa se sinta prestigiada e motivada.
   
       Quem sabe com o apoio do novo prefeito Gilmar Machado (PT), que prometeu trazer o SAMU, criar a Guarda Municipal, o efetivo operacional aumente?! Quem sabe tenhamos enfim a  inauguração do Colégio Tiradentes...

       Abaixo algumas estatísticas aleatórias de Uberlândia:

Taxas de homicídios em Uberlândia
Taxas de homicídio 2012, clique e leia no Correio de Uberlândia
Mortes em Uberlandia

https://www.seds.mg.gov.br/images/seds_docs/estatistnovo/maio_revisto.pdf
http://uipi.com.br/destaques/destaque-2/2012/11/30/indice-de-mortes-violentas-cresce-a-cada-ano-em-uberlandia/
https://www.deepask.com/goes?page=uberlandia/MG-Confira-a-taxa-de-homicidios-no-seu-municipio

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Cresce o índice de crimes violentos no interior de Minas Gerais


A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) divulgou nesta segunda-feira (15) o balanço de crimes violentos em Minas Gerais. Das três cidades do Triângulo Mineiro, presentes no relatório, duas apresentaram aumento nos índices. No Alto Paranaíba e no Centro-Oeste do Estado o número também teve acréscimo.
A Seds considera como crimes violentos homicídio tentado e consumado, sequestro e cárcere privado, roubo, extorsão mediante sequestro, estrupo tentado e consumado. No Estado, 29 municípios tiveram os números divulgados e somados registraram 42.049 ocorrências. A pesquisa reflete os seis primeiros meses de 2013.
O Triângulo Mineiro representou quase 8% de ocorrências em todo o Estado. Araguari apareceu com 108 registros, uma redução de 27,02% nos crimes violentos se comparado ao mesmo período do ano passado. Já em Uberlândia, o número chegou a 2.284 e em Uberaba, 819.

Em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, os registros somaram 192, um aumento de 0,52% em relação a 2012. No Centro-Oeste, Divinópolis apresentou um aumento de 30,95% fazendo os números chegarem a 605.

Confira os dados detalhadamente:
Crimes violentos até junho de 2013: 108
Em 2012 (no mesmo período): 148
Redução: 27,02%

Divinópolis
Crimes violentos até junho de 2013: 605
Em 2012: 462
Aumento: 30,95%

Crimes violentos até junho de 2013: 192
Em 2012: 191
Aumento: 0,52%

Crimes violentos até junho de 2013: 819
Em 2012: 748
Aumento: 9,49%

Crimes violentos até junho de 2013: 2.284
Em 2012: 1.762
Aumento: 29,62%

Fonte: G1