Seguidores

Mostrando postagens com marcador estudante. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador estudante. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 10 de julho de 2012

Dois soldados do Exército são presos suspeitos de estuprar adolescentes

Dois soldados do Exército Brasileiro estão presos no quartel de Quaraí, na Fronteira Oeste. Eles são suspeitos de estuprar duas adolescentes de 11 e 14 anos na sexta-feira.

Segundo a polícia, os dois homens, ambos de 19 anos, passaram em um carro em frente à escola onde as jovens estudam. Eles desceram do veículo e teriam amarrado as vítimas, levando até uma casa, onde praticaram o ato. De acordo com o delegado Roger Tavares, os soldados teriam estuprado as adolescentes e soltado as duas a cerca de 200 metros do lugar onde capturaram.

Atendendo chamado de testemunhas, a Brigada Militar chegou ao local e prendeu os dois em flagrante. Na delegacia, os soldados preferiram falar apenas em juízo. Procurado por Zero Hora, o 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado informou que se manifestará nesta terça-feira.


Rafael Diverio

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Alunas do Colégio Militar postam video de "striptease" na web

Matéria divulgada hoje na internet mostra um vídeo feito no Colégio Militar Tiradentes de Imperatriz.

No vídeo, duas garotas se deixam filmar  fazendo poses sensuais e tirando a roupa, no banheiro da Escola.

O vídeo original foi publicado no dia 2 de janeiro de 2012 (veja o vídeo).

A matéria divulgada hoje relaciona o vídeo, de forma equivocada, à Escola Tiradentes na cidade de Bacabal. 

Apuração do caso

O Blog apurou que o fato ocorreu em setembro de 2011 e que a escola de Imperatriz puniu as alunas com a transferência do colégio. 

Outro fato. Até o piso do banheiro mostrado no vídeo ( vermelho) é diferente daquele existente na Escola Tiradentes de Bacabal ( lajota branca). As paredes do banheiro da escola de Bacabal são de granito, enquanto as de Imperatriz são de alvenaria.

sábado, 7 de abril de 2012

MÃE É PRESA POR COMPRAR VIBRADOR PARA FILHA DE 13 ANOS

Em Divinópolis, município do interior de Minas Gerais, Sara Silva Oliveira Rios, de 42 anos foi presa na tarde de ontem por violação do artigo 224 do Código Penal. O referido artigo trata como estupro presumido quando menores de 14 anos são expostos a situações de natureza sexual, mesmo que aja consentimento por parte do menor.

Sara é mãe da menor P.S.O.R., estudante do oitavo ano do Ensino Fundamental da Escola Presidente Itamar Franco, e atleta da seleção juvenil de futebol feminino de Divinópolis. A menor havia pedido de presente de aniversário um vibrador para a mãe, que por ser adepta da sexualidade sem tabus comentou na loja com as vendedoras que era “pra embrulhar de presente, pois ela daria a filha”.

A vendedora da Sex-Shop que é professora no turno matutino, ministra aulas de Ensino Religioso para a filha de Sara, achou aquilo um absurdo e denunciou para o conselho tutelar a intenção da mãe. O Conselho Tutelar investigou o caso e flagrou a menor levando o presente para mostrar as amigas na escola.
Sara quando perguntada na delegacia se ela não se sentia responsável pela precocidade da iniciação sexual da filha, disse que a filha já possui vida sexual ativa desde os 12 anos e que o vibrador “seria apenas um plus a que toda mulher tem direito”.

Quando o delegado insistiu em questioná-la sobre a precocidade a resposta foi ainda mais assombrosa. Dr. Carlos Almeida Sobrinho perguntou: “O que você acha da sua filha aos 12 anos já ter vivido experiências sexuais com tantos homens?” Sara se resumiu a dizer: “Que bom que ela gosta do babado, né? Deus me livre ter uma filha que gosta de ‘lamber bife’. Deus me livre”.

Sara pode ser condenada a quatro anos de detenção e perder a guarda da filha. O pai preferiu não se manifestar sobre o caso. Disse apenas que não sabia sobre a vida sexual da filha e que acha estranho “uma menina que ainda brinca de bonecas pedir um presente tão estranho para a própria mãe”.

Fonte: Jornal Estado de Tocantins
Blog da Força Tática 

sexta-feira, 23 de março de 2012

ESTUDANTES DA BAHIA SERÃO MONITORADOS POR CHIP

Vitória da Conquista (BA) vai ser a primeira cidade do País a monitorar seus estudantes por meio de chips eletrônicos, que vão avisar pais e responsáveis sobre a frequência dos estudantes nas escolas. Os Uniformes Escolares Inteligentes foram apresentados terça-feira pela Secretaria de Educação do município. Eles trazem o chip instalado no escudo da escola ou na manga da camisa.
Com a tecnologia de Rádio-Frequência de identificação (RFID), os chips serão identificados por sensores instalados na entrada das escolas. Imediatamente, o sistema da escola e os celulares cadastrados pelos pais ou responsáveis pelos estudantes receberão uma mensagem, comunicando a chegada ou saída do aluno da instituição.
Segundo o secretário de Educação do município, Coriolano Moraes, o investimento na tecnologia foi de R$ 1,2 milhão e contemplará, a partir da próxima semana, alunos de 25 escolas municipais, das 203 da rede. A expectativa é que todos os 43 mil estudantes da rede, de entre 6 e 14 anos, tenham os novos uniformes até o ano que vem. "Além de promover o melhor controle da frequência escolar, este é um projeto que reaproxima os pais do ambiente escolar", acredita o gestor.
"Notamos ao longo dos anos que muitos pais ficavam surpresos quando as escolas informavam a baixa frequência de seus filhos às aulas", afirma Moraes. "Com o novo sistema, vamos intensificar o controle sobre os estudantes, evitando que eles fiquem nas ruas", acrescentou.