Seguidores

Mostrando postagens com marcador exercício. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador exercício. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 25 de março de 2013

Governo federal inicia Exercício de Mobilização Nacional


Assessoria de Comunicação Social (Ascom) Ministério da Defesa


Brasília, 25/03/2013 – Com o objetivo de preparar os pontos 
estratégicos do país diante de um possível ataque às suas 
infraestruturas, o governo federal promoveu hoje 
o 1º Exercício de Mobilização Nacional. Concentrado no 
Ministério da Defesa, representantes de diversos 
ministérios, empresas estatais e agências reguladoras 
tomaram contato com as diretrizes de logística e preparação 
doutrinária com vistas à elaboração do planejamento das 
próximas etapas que culminarão, entre os dias 12 e 21 de 
novembro, na Operação Charrua, que reunirá cerca de 
10 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica
na região Sul. Continue lendo no Blog Notícias Militares
clique no link amarelo >>>Postado por 

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Exército apura denúncia de corrupção envolvendo oficiais

Em junho do ano passado, a presidente Dilma Rousseff lançou um programa bilionário com o objetivo de modernizar o aparelho estatal e, de quebra, estimular a economia, que já caminhava a passos lentos àquela altura. Batizado de PAC Equipamentos, esse pacote previa a liberação de 8,4 bilhões de reais para a compra de materiais e maquinário pelos ministérios – incluindo a pasta da Defesa e as forças militares a ela vinculadas, sempre queixosas de um quadro de sucateamento a que estariam submetidas. Ao contrário do que ocorre em outras modalidades do PAC, o novo projeto saiu do papel. Só o Exército gastou 1,8 bilhão de reais em caminhões, veículos blindados e até lançadores de mísseis. Mas, como é, infelizmente, praxe nas empreitadas civis, a corrupção parece ter encontrado uma brecha na esfera militar. Oficiais do Exército estão sendo investigados por terem sido acusados de achacar empresários que venceram licitações para fornecer equipamento à força terrestre. Eles teriam exigido propina em troca da assinatura dos contratos. Reproduziram, assim, um modelo de desvio de verba pública que foi consagrado recentemente nos ministérios dos Transportes e do Trabalho. Resta saber se, como os ministros demitidos daquelas duas pastas, os oficiais corruptos serão responsabilizados. A presidente Dilma Rousseff já determinou a abertura de uma sindicância para apurar o caso, que está sendo investigado sigilosamente pelo alto-comando do Exército.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Munições do Exército foram furtadas em Pirassununga SP

Na madrugada deste domingo (1) o depósito do 13º Regimento de Cavalaria Mecanizada do Exército foi invadido e teve munições de diversos calibres roubadas, no centro da cidade de Pirassununga. O local é vigiado 24 horas por dia e armazena armas e munições das forças armadas brasileiras.

De acordo com a Polícia Militar, ainda não se tem informações de quantas munições e de quais calibres foram furtados. A assessoria de comunicação do Exército confirmou o crime e disse que abriu uma operação de pente fino em todas as unidades do Estado para localizar os responsáveis

Durante toda a tarde de domingo, todas as entradas e saídas da cidade foram fechadas e buscas foram feitas em diversos bairros. Ninguém foi preso e a Polícia Civil irá investigar o caso.

sábado, 9 de junho de 2012

Militares adestrados para carregamento de MALAS na Rio +20!

 Os visitantes que chegarão ao rio na semana que vem para a Rio +20 contarão com o auxílio de militares das forças armadas para carregar suas malas. Os militares, acostumados a manusear armas, pilotar navios e realizar operações de alta complexidade terão que, desta vez, se submeter a uma tarefa "diferente" e não tão perigosa.  
As comitivas internacionais que chegarão para a Conferência Rio+20 pelas bases militares da Ilha e da Zona Oeste e seguirão em carros oficiais por dentro da Base Aérea de Santa Cruz passarão por casas das vilas de oficiais com pintura nova. Os telhados, limpos por nada ecológicos jatos de água, terão as telhas com aparência de novas. “É vila militar para ecologista e chefe de estado ver”, ironiza oficial ouvido pela Coluna, queixando-se que o retoque na aparência se limitou a unidades que ficarão sob observação dos visitantes internacionais que virão para conferência sobre o meio ambiente.
Hangar da mesma base de Santa Cruz também está estalando de novo para receber os visitantes. “Foi uma reforma em tempo recorde. Coisa de 15 dias”, conta militar, também queixoso de reformas em outras áreas da base.
   Praças-maleiros - Praça abordado pela Coluna reclamou ainda de um treinamento pelo qual passou: carregamento de malas. “Somos adestrados para qualquer atividade, mas carregar malas de toda a comitiva internacional, e não só das autoridades, é tarefa que desperdiça nosso treinamento”, reclama o praça.
O treinamento dos praças-maleiros foi coordenado por servidores da Anvisa, Receita Federal e Polícia Federal. Um deles chegou a ficar irritado com a gentil funcionária da cantina que funciona na base porque ela não tinha explicação para a lata de lixo próxima ao local onde fazem os lanches.
“Deve estar acostumado com cantinas bem melhores e bem mais caras”, disparou um dos praças da base.

domingo, 3 de junho de 2012

Mais de 140 MIL assinaturas no site do Senado pedem aumento para as Forças Armadas


"Se o Senado não levar isso em consideração alguém poderá dizer que os pleitos dos cidadãos militares tem menos importância do que dos outros cidadãos brasileiros" (Leitor).


Imagine uma fila com milhares de pessoas, em que 26 individuos se acotovelassem para dar um jeito para assinar seu nome em apenas um minuto, ou seja, cada cada um teria que assinar em menos de 3 segundos. Absurdo? Se assustou? Pois é, assim é que anda a “fila virtual” para assinar a proposta de discussão no Senado para avaliar os SALÁRIOS dos militares das Forças armadas. A proposta "apareceu" esta terça na grande rede, inicialmente divulgada por três grandes sites voltados para os militares, sociedademilitar.com, militar.com.br e montedo.blogspot.com, e logo teve enorme aceitação e visibilidade entre os militares das forças armadas.


Desde terça (30/05) as 20:00hs até o dia seguinte (31/05) as 08:30 a lista já tinha recebido mais de 14.000 adesões. Não temos notícia de outra “fila” virtual que tenha corrido tão rápido. Em menos de 48 horas ja contava com cerca de 50.000 assinaturas, alguns assinantes apostaram, pela situação por que passam os militares, que a relação chegaria a mais de100.000 apoios em menos de sete dias, acertaram. Eles também acreditam que se o Senado colocar a proposta em discussão os militares poderão receber um reajuste ainda em 2012.

Todos sabemos que as propostas para reajustes partem do executivo, mas a voz de um grupo tão grande de pessoas não pode ser ignorada e o governo parece que vai ter que discutir a questão no senado, diante dos verdadeiros representantes da sociedade.

O Senado brasileiro possui essa ferramenta interessante, chamada e-representação, ela possibilita a participação e propostas de debates por parte de cidadãos comuns. Observando o portal percebe-se um fato inusitado, a proposta que tem de longe o maior número de adesões é uma solicitação de discussão sobre os salários dos militares. É uma proposta simples, não tão elaborada, logica e inegavelmente direta, feita por uma pessoa comum, provavelmente um inativo. Sem citar leis e referências legais o pequeno texto expressa exatamente o que passam os militares nesse momento.  "Não há aumento há mais de onze anos e a classe se vê obrigada a fazer empréstimo consignado para sobreviver e não passar por privações".

Não é necessario a identificação, porém para que seja válido, por verificação de IP, só pode-se clicar uma vez.


segunda-feira, 14 de maio de 2012

Exército censura artigo de general sobre Comissão da Verdade

Um artigo publicado pelo Estado de São Paulo no sábado, assinado pelo general de Exército Rômulo Bini, pede o fim do silêncio pelos militares. O texto do general Bini – que convoca os militares da reserva e até os chefes para suspenderem o silêncio que se impuseram, para questionarem a Comissão da Verdade, que chama de revanchista, e pede que reajam aos insultos que a categoria vem recebendo – desagradou ao comandante do Exécito, general Enzo Peri. Há preocupação de que um artigo de um oficial general como Bini, que sempre esteve longe de qualquer radicalismo, sirva de incentivo para outros oficiais, até mesmo da ativa, se manifestem, desencadeando um problema interno com várias vertentes, que começa com a Comissão da Verdade e passa, obrigatoriamente, pela insatisfação salarial, que é imensa. Justamente para evitar a propagação das ideias do general Bini, o artigo dele não foi incluído na resenha do Exército, nem de sábado, nem de domingo, que chega a todas as unidades militares do País. (Com informações do Estadão)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

General do Exército que comanda o cerco na greve da Bahia, se emociona com o presente dos manifestantes

No Rio não vai ser diferente.
O general Gonçalves Dias, comandante da 6ª região do Exército Brasileiro, e que está à frente da operação na greve dos policiais militares, recebeu um bolo e saudações dos manifestantes que estão do lado de fora da Assembleia Legislativa em comemoração ao seu aniversário, que é nesta terça-feira (7).




domingo, 2 de outubro de 2011

Agulhas Negras: cadete em coma após exercícios

Um cadete da Academia Militar das Agulhas Negras está em coma no Hospital Samer, de Resende (RJ), com rins e pâncreas paralisados. Renan Mendonça Borges Gama, o cadete Gama, passou mal durante exercícios, pediu ajuda médica, mas o instrutor, um capitão, negou-lhe o socorro, acusou-o de “corpo mole” e atirou nele um cantil d’água. Obrigado a seguir nos exercícios, desmaiou com parada cardíaca.

Culpa de bactérias

Em nota, o comandante da Aman diz que “os médicos trabalham com três hipóteses: “Leptospirose, Febre Maculosa ou Rabdomiólise”. Anrã.

Clima de terror

Todos têm medo de falar sobre o cadete da Aman em coma, inclusive no hospital. Um pai disse ter medo de represálias contra o filho dele.

Dois exemplos

Em 2008, o cadete Maurício Silva Dias morreu em treinamento avaliado como cruel. Em abril último, 60 passaram mal e foram hospitalizados.
 
Jornal do Brasil