Seguidores

Mostrando postagens com marcador fantasia sexual. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fantasia sexual. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 11 de março de 2014

Toda nudez será castigada

Toda nudez será castigada

Protagonista de encontro ‘caliente’ com casal vidrado em fantasias sexuais, dentro do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros, na Posse, em Nova Iguaçu, o cabo Anderson Luiz Santana Machado, 34 anos, foi castigado. Ele foi condenado a sete meses e seis dias de detenção em regime aberto pela Auditoria de Justiça Militar. Mas, como a punição é pequena, a juíza Ana Paula Figueiredo concedeu a suspensão condicional da pena por dois anos, benefício previsto em lei. Neste período, o militar não pode deixar o Rio sem autorização judicial; tem que comparecer em juízo todo mês para informar sua atividade profissional e comunicar qualquer alteração de endereço. A história digna de conto do famoso escritor Nelson Rodrigues aconteceu dia 22 de junho de 2012. Com o codinome ‘Bombeiro Dotado’, Machado atraiu o casal para o quartel em conversa pela internet.

ESCADA MAGIRUS
A festinha do cabo com o casal teve direito a fotos na escada magirus e a estripulias do trio em uma viatura. A mulher usou até camisa da corporação como acessório do fetiche. O sargento Vagner da Silva, acusado de ter permitido a ‘brincadeira’, foi absolvido pelo Conselho da Auditoria.
Protagonista de encontro ‘caliente’ com casal vidrado em fantasias sexuais, dentro do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros, na Posse, em Nova Iguaçu, o cabo A. L. S. M., 34 anos, foi castigado. Ele foi condenado a sete meses e seis dias de detenção em regime aberto pela Auditoria de Justiça Militar. Mas, como a punição é pequena, a juíza Ana Paula Figueiredo concedeu a suspensão condicional da pena por dois anos, benefício previsto em lei. Neste período, o militar não pode deixar o Rio sem autorização judicial; tem que comparecer em juízo todo mês para informar sua atividade profissional e comunicar qualquer alteração de endereço. A história digna de conto do famoso escritor Nelson Rodrigues aconteceu dia 22 de junho de 2012. Com o codinome ‘Bombeiro Dotado’, Machado atraiu o casal para o quartel em conversa pela internet.
ESCADA MAGIRUS
A festinha do cabo com o casal teve direito a fotos na escada magirus e a estripulias do trio em uma viatura. A mulher usou até camisa da corporação como acessório do fetiche. O sargento V. da S. acusado de ter permitido a ‘brincadeira’, foi absolvido pelo Conselho da Auditoria.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Bombeiro usa quartel como fantasia sexual de casal que conheceu na internet

Montagem de bombeiros descendo de rapel foram feitas na foto em que a mulher aparece nua no quartel | Foto: Reprodução
Bombeiro faz ‘ménage’ com casal em escada Magirus dentro de quartel em Nova Iguaçu


Um cabo do Corpo de Bombeiros transformou o quartel da corporação no bairro da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, em palco das fantasias sexuais de um casal que conheceu na internet. A denúncia foi publicada na coluna “Justiça e Cidadania” do jornal “O Dia”. Segundo o promotor Paulo Roberto Mello Cunha, da 2ª Promotoria da Auditoria Militar, o bombeiro abriu as portas do batalhão para o casal e fez sexo com os dois. A “estripulia” não poupou nem mesmo a escada Magirus de uma viatura.

Fotos da festinha sexual - ocorrida em junho do ano passado - foram parar na internet e teriam sido vistas por uma tenente. A militar teria denunciado o cabo. Além dele, foi denunciado pelo promotor à Auditoria de Justiça Militar um sargento. Ele estava de serviço, permitiu a entrada do casal no quartel e não impediu que eles fizessem sexo nas instalações. Os dois respondem pelo crime de praticar, ou permitir que com ele se pratique ato libidinoso, homossexual ou não, em lugar sujeito à administração militar. A pena varia entre seis meses e um ano de detenção.

Em nota, a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros informou que, ao tomar conhecimento dos fatos, a corregedoria da corporação instaurou um inquérito e prendeu os militares administrativamente. Leia a íntegra do informe:

"No primeiro trimestre de 2012, a Corregedoria Interna do CBMERJ teve ciência de um site de conteúdo erótico e que relatava o envolvimento de militares do 4º GBM – Nova Iguaçu. Imediatamente foi instaurado o Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar os fatos. Em seguida os militares foram sancionados com vinte e trinta dias de prisão. Quanto ao crime militar, os autos do Inquérito foram remetidos à Promotoria de Justiça junto à Auditoria de Justiça Militar do Estado do Rio de Janeiro que ofertou denúncia contra os militares."

 Extra


Como a festinha foi marcada

Embalados para fazer sexo dentro do quartel do Corpo de Bombeiros, com o cabo, o casal desdenha até sobre possibilidade de pedido de socorro, em conversa na internet. Depois postam postam detalhes da aventura em blog.
 
Ksal fetiche: Tem algum horário mais tranquilo? Que esquema é esse (...) Se der errado vc se ferra kkkkk. Chegamos na portaria e avisamos que vamos dar umazinha com vc aí dentro. Kkkkkkk.  

Bombeiro dotado: Carro filmado. Vamos partir para a garagem. 24 de serviço.

Ksal fetiche: Então, vamos entrar e sair sem os 23 perceberem ? kkkkkk. Sim. Tudo bem. Kkkkkkk, se acontecer algum chamado f..... Vamos passar a noite no carro. Tu não sai de lá para nenhum tipo de socorro?
Bombeiro dotado: Não.

Ksal fetiche: Amanhã ligamos para confirmar, mas... vamos sim. Kkkkk, ela falou que tu vai ter que se virar pq agora vai querer a foto do caminhão. Achamos que a máquina fotográfica atrapalharia. O flash.
Bombeiro dotado: Atrapalharia. Tem que ter cuidado com o flash.

Kasal fetiche: O flash. Sim...lá vemos. Já é e até amanhã, então. Boa noite!

Bombeiro dotado: Fechado. Boa noite!