Seguidores

Mostrando postagens com marcador flanelinha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador flanelinha. Mostrar todas as postagens

sábado, 23 de novembro de 2013

Policial atira e mata dois guardadores de carro, zona sul do Rio


Flanelinha foi morto na manhã deste sábado na Avenida Ataulfo de Paiva (Foto: Mariucha Machado / G1)
Um policial civil da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) atirou em dois flanelinhas na Avenida Ataulfo de Paiva, altura do número 1.235, no Leblon, Zona Sul do Rio, por volta das 6h deste sábado (23). Um dos homens não resistiu aos ferimentos e morreu no local e Adilson Peçanha, de 27 anos, foi levado para o Hospital Municipal Miguel Couto.

Segundo informações da Divisão de Homicídios (DH), o policial teria visto os dois guardadores brigando por espaço na rua e abordando um motorista de forma agressiva. Ele se aproximou e chegou a revistar os homens, quando teria sido ameaçado por um dos flanelinhas com uma garrafa de vidro quebrada.
De acordo com o delegado Clemente Brauner, as primeiras informações dão conta de que o policial teria dado tiro de advertência nas pernas dos flanelinhas e como um dos flanelinhas continuou caminhando na direção do agente, ele teria efetuado outro disparo no peito do guardador de carros. Segundo o perito criminal Ayres, nove cápsulas deflagradas foram encontradas no local e o corpo da vítima tinha cinco marcas de tiros, uma delas no pulso. O policial se apresentou à delegacia após os disparos.
Segundo Wagner Ramos da Silva, que trabalha como guardador há 27 anos, o flanelinha Adilson, que foi levado para o hospital e era conhecido na região como Piolho, não era legalizado pela Prefeitura e trabalhava no local há 10 anos. “Eu escutei o barulho e quando cheguei o cara ainda estava agonizando”, contou Wagner, destacando que é comum briga entre flanelinhas na região.
Por volta das 8h50, duas faixas da Avenida Ataulfo de Paiva estavam interditadas. O caso foi registrado no 14ª DP (Leblon).
Mariucha MachadoDo G1 Rio