Seguidores

Mostrando postagens com marcador gate. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador gate. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 13 de março de 2013

ME CHUPA...




sexta-feira, 15 de junho de 2012

Devagar,,,

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Policial do Gate reage a suposta tentativa de assalto, mata um e fere outros dois na Savassi

Suspeitos teriam tentado roubar carro do policial, que estava à paisana e acompanhava os pais no momento do crime


Tiros em plena Savassi assustaram moradores da região e transeuntes que passavam pelo local (Jackson Romanelli/EM/D.A Press)
Tiros em plena Savassi assustaram moradores da região e transeuntes que passavam pelo local

Uma suposta tentativa de assalto terminou com um homem morto e dois baleados na noite desta terça-feira, em Belo Horizonte. Quem atirou foi um soldado do Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate), que teria reagido à abordagem de quatro homens no cruzamento das ruas Santa Rita Durão e Rio Grande do Norte, na Savassi.

De acordo com a polícia, o policial estava com os pais quando foi surpreendido pelos quatro homens, que estavam em duas motos. Uma pessoa que passou pelo local disse que o soldado conseguiu se soltar de uma 'gravata' aplicada por um dos suspeitos e tomou a arma dele, atirando contra os quatro. No entanto, um policial afirmou que a pistola calibre 40 pertence ao próprio soldado. A polícia também não informou quantas e quais armas foram apreendidas.

Segundo informações do 1º Batalhão da Polícia Militar, um dos homens morreu no local e outro ficou gravemente ferido, sendo levado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O terceiro suspeito, mesmo baleado, conseguiu fugir com o quarto comparsa. No fim da noite havia informação de que um homem baleado deu entrada no HPS, mas a polícia não soube informar se ele seria o terceiro baleado pelo militar.

No prédio em frente ao local do crime, moradores e funcionários disseram que apenas ouviram os tiros e não viram a ação. A polícia não informou se há imagens da ocorrência registradas por câmeras de segurança dos imóveis próximos.

O estudante A., de 23 anos, disse que subia a Rua Santa Rita Durão, em direção à Avenida Getúlio Vargas, quando passou por um dos motociclistas rodando em baixa velocidade em atitude suspeita. “Continuei andando e, ao ouvir os tiros, percebi uma confusão, com pessoas correndo. Retornei e uma senhora que estava num carro disse que alguns homens agrediram seu marido, o que levou seu filho, que é policial, a reagir a tiros”.

Publicação: 18/10/2011

EM.COM.BR

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Abuso: Comando do Gate é suspeito de desvios

Considerado o grupo de elite da Polícia Militar de Minas, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) é alvo de graves denúncias de improbidade administrativa e assédio sexual. As suspeitas recaem sobre o comandante do Gate, o tenente-coronel Marcelo Vladimir Correia, e o subcomandante major Ledwan Salgado Cotta.

Os dois foram ouvidos na manhã de ontem durante uma audiência pública na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas. De acordo com o deputado sargento Rodrigues (PDT), que convocou a reunião, as ações de improbidade teriam sido praticadas por Cotta e incluem a contratação da obra de reforma de um banheiro e da cozinha do Gate no valor de R$ 50 mil. A reforma, no entanto, não teria sido realizada. Outra suspeita é de que os militares tenham feito a transferência irregular de 14 homens para outras unidades, além de terem assediado sexualmente outros dois militares.

Na audiência, foi aprovado um requerimento pedindo o afastamento de Cotta. O documento foi encaminhado ao Ministério Público Estadual. Os militares não foram encontrados para comentar o caso. O corregedor da Polícia Militar, coronel Hebert Fernandes Souto Silva, prometeu apurar as denúncias.
 
RICARDO VASCONCELOS
OTEMPO em 23/09/2011