Seguidores

Mostrando postagens com marcador homicidio uberlandia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador homicidio uberlandia. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Uberlândia: 19° homicídio de jovem executado tiros e pauladas

Um jovem de apenas 21 anos foi executado a pauladas e tiros, na rua Mississipi, bairro Mansour, zona oeste de Uberlândia. O crime aconteceu neste domingo, dia 2 de Fevereiro de 2014. 

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima Maycon Rodrigues de Andrade estava caminhando pela rua, quando foi abordada por suspeitos que chegaram e não satisfeitos, golpearam a vítima com pauladas e depois efetuaram diversos disparos de arma de fogo. 

Ainda de acordo com a PM, a vítima foi socorrida para o Pronto Socorro da Universidade Federal de Uberlândia (PS-UFU), onde acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. 

Com este homicídio, a cidade de Uberlândia, já contabiliza 19 assassinatos neste ano de 2014.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Médico morre baleado em ação criminosa com explosão de caixa em Uberlândia


Durante uma ação criminosa com explosão de caixa eletrônico ocorrida nesta madrugada de quinta-feira (18), um médico de 52 anos foi baleado e morto, na avenida Fernando Vilela, bairro Martins, região central de Uberlândia. Marcos Vinícius Galante Buissa, dermatologista e atendia na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do mesmo bairro da ocorrência, foi atingido por um tiro no peito. Buissa era irmão da vereadora Gláucia Buissa, a Gláucia da Saúde. A ocorrência configura o homicídio de número 115 na cidade este ano.
 
A Polícia Militar foi acionada para mais uma ocorrência de ataque a banco, mas ao chegar no local, encontrou a vítima ferida. Durante a fuga, os bandidos tinham atirado no homem, que estava passando pela rua. Os militares prestaram socorro até a UAI, que fica a 100 metros do caixa e os próprios colegas de trabalho de Buissa o atenderam. O médico ainda chegou a ser levado para Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, mas ele não resistiu. Nas imagens, muita fumaça e o cenário de destruição. Os bandidos entraram pela frente da agência onde funciona o auto-atendimento. Um caixa foi estourado. A gaveta de dinheiro não foi atingida e os bandidos fugiram sem levar nada e deixando o saldo de uma morte. Uma testemunha disse à Polícia ter visto um carro preto com pelo menos quatro indivíduos. Ninguém foi preso. 

Esta é a primeira vez que uma pessoa morre em função desse tipo de crime. De janeiro de 2012 até o começo de julho desse ano foram registrados 89 casos de explosões a caixas eletrônicos na região, de acordo com a Polícia Militar. Em Minas Gerais, só em 2012, foram 274 ocorrências.

 Ainda durante essa madrugada, outra agência bancária foi alvo dos bandidos, na avenida José Fonseca e Silva, bairro Jardim Patrícia, cerca de 10 minutos depois da primeira ocorrência no Martins. De acordo com testemunhas, cinco homens chegaram em dois carros, um Pálio branco e um Peugeot vermelho, e cometeram o crime. Dois caixas foram estourados. Não se sabe sobre a quantia levada e a polícia não descarta a possibilidade de ser a mesma quadrilha agindo em Uberlândia e região. A polícia não tem outras pistas dos autores deste crime.

*Texto de Carolina Vilela e Flávio Soares, Portal UIPI

Comento: Bravo trabalho da Polícia Militar, que chegou a trocar tiros com os marginais. Lembrando que no começo do ano, alguns criminosos, que se escondiam na farda foram presos em flagrante no cometimento do mesmo crime. Coincidência ou não, assim como na cidade de Guimarania, os autores alvejaram um transeunte para desviar as atenções e conseguir desta vez, êxito na fuga.